Carregando... aguarde
Museu da Maré - Guia das Artes
Museu da Maré
amanhã às 09:00h
Museus
Museu da Maré
Horários de funcionamento
dom
seg
09:00
17:00
ter
09:00
17:00
qua
09:00
17:00
qui
09:00
17:00
sex
09:00
17:00
sab
10:00
14:00
Local
Av. Guilherme Maxwel, 26
Conteúdo
O Museu da Maré é um museu social, criado por um grupo de jovens moradores integrantes do CEASM - Centro de Ações Solidárias da Maré, com o objetivo de criar uma auto-representação da favela da Maré, fortalecendo uma imagem positiva da favela, bem como a autoestima de seus moradores. O Museu foi inaugurado em 2006 com a presença do então Ministro da Cultura Gilberto Gil e passou a representar um exemplo de uma nova experiência de museu voltado para a inclusão cultural e social das populações marginalizadas no espaço urbano.Os tempos da maré Foi concebido a partir de um calendário onde os "tempos" da vida na favela são narrados em 12 módulos: Tempo da Água, Tempo da Casa, Tempo da Migração, Tempo da Resistência, Tempo do Trabalho, Tempo da Festa, Tempo da Feira, Tempo da Fé, Tempo do Cotidiano, Tempo da Criança, Tempo do Medo e Tempo do Futuro.O museu pode ser visitado em visitas individuais ou visitas coletivas, como visitas escolares. É um museu singular, único no gênero no sentido de apresentar a história do Rio de Janeiro do ponto de vista da zona norte e das favelas da periferia. Os objetos de seu acervo foram reunidos a partir da doação dos moradores e o projeto expográfico foi concebido como em permanente transformação como a própria arquitetura da favela, conhecida pelos urbanistas como lugar dinâmico de alterações e mudanças, no sentido de incluir cada vez mais moradores no seu interior.Espaço Físico: prédio, território e entornoO Museu da Maré ocupa o prédio de uma antiga fábrica de transportes marítimos, a Cia Libra de Navegação. O local, cedido ao Centro de Estudos e Associações Solidárias da Maré - Ceasm, por 10 anos, possuiuma área de aproximadamente 800 m2 e uma área construída de 668m2. Localizado próximo ao entrocamento da Avenida Brasil com as linhas Amarela e Vermelha.Instituição: trajetória e natureza jurídicaA história do processo que resultou no Museu da Maré se inicia na fundação do Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré – CEASM, uma organização não-governamental, fundada em 1997.Jovens moradores da comunidade, que romperam com as precárias condições de educação da região e chegaram a Universidade, organizaram o CEASM com o objetivo de modificar a realidade da favela. A primeira iniciativa do grupo foi um Pré-Vestibular com o objetivo de estimular a entrada dos jovens na Universidade. Outros projetos surgiram, como o Corpo de Dança da Maré, o jornal Cidadão, o grupo Maré de Histórias, a Biblioteca, o Laboratório de Informática, o ateliê de moda Marias da Maré e a Rede de Memória da Maré. O encontro dos organizadores da Rede de Memória da Maré com alguns membros da Universidade Federal do Rio de Janeiro –UNIRIO, possibilitou a troca de saberes e a organização de oficinas de museologia na sede do CEASM.Destes encontros resultou a inauguração do acervo Dona Orosina, em 2001; a realização de exposições temporárias no Museu da República, em 2004, e no Castelinho do Flamengo, em 2004, e no Centro Cultural do Tribunal de Contas do Estado, em 2004.No ano de 2006 é inaugurado o Museu da Maré.AcervoAcervo Orosina Vieira - O acervo do Museu da Maré é constituído de documentação que vem sendo reunida desde 1989, com o trabalho de pesquisa realizado junto à comunidade.No acervo consta material variado sobre a história local, composto por fotografias, publicações, fitas de vídeo e áudio, jornais e mapas. São documentos que tratam do processo de formação e da luta pela titulação da ocupação da região. Há farto material fotográfico sobre a ocupação da região, com imagens anteriores à realização dos aterros e remoções.O acervo está disponível à consulta de moradores, professores e alunos das escolas públicas do bairro e de pesquisadores das diversas instituições da cidade.Exposição de longa duração – Os tempos da Maré - É possível ver o cotidiano dos moradores, suas tradições, suas festas, seus medos, suas esperanças, seus projetos e suas crenças.ReferênciasABREU, R. M. R. M.; CHAGAS, M. S. Museu da Maré: Memórias e narrativas a favor da dignidade social. Musas (IPHAN), v. 3, p. 130-152, 2007.SILVA, Claudia Rose Ribeiro da. Maré a invenção de um Bairro. Dissertação (Mestrado em Bens Culturais e Projetos Sociais) – Programa de Pós-Graduação em História Política e Bens Culturais, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2006. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/2122VIEIRA, Antonio Carlos Pinto. Da memória ao Museu: a experiência da Favela da Maré. In: Simpósio Nacional de História ANPUH, XXIV, 2007, São Leopoldo – RS. Anais. São Leopoldo: Universidade do Vale dos Sinos, 2007. 10p. Disponível em: http://www.rj.anpuh.org/resources/rj/Anais/2006/conferencias/Antonio%20Carlos%20Pinto%20Vieira.pdf
Contato
Telefone: (21) 3868-6748
contato@museudamare.org.br
* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "Rio de Janeiro"
1,4Km - Museu da Química Professor Athos da Silveira Ramos - O acervo do Museu é apresentado em eventos, em exposições itinerantes (em média, sete por ano) e em locais em que um grande número de pessoas possa conhecer a trajetória da Ciência e da Química em nosso país.
Saiba mais
1,4Km - Museu da Escola Politécnica - Conta com um acervo de mais de 600 itens que revelam a história da mais antiga escola de engenharia do País e seu desenvolvimento científico e tecnológico.
Saiba mais
1,5Km - Museu D.João VI - Ao longo dessa trajetória, a Escola reuniu uma extensa coleção de obras de arte, que, em 1937, foi dividida em dois conjuntos.
Saiba mais
1,5Km - Museu da Vida - o museu surge como polo de lazer aliado à cultura e à educação sobre temas ligados a ciências, saúde e tecnologia, de forma lúdica e criativa.
Saiba mais
2,0Km - MUSEU D. JOÃO VI - O Museu Dom João VI da Escola de Belas Artes/UFRJ tem sua história iniciada no século XIX.
Saiba mais
4,0Km - Museu de Astronomia e Ciências Afins - MAST - "História da Ciência e Tecnologia no Brasil; Museologia e Patrimônio; Educação em Ciências em espaços Não formais."
Saiba mais
4,1Km - Centro Cultural Maçônico do Supremo Conselho do Brasil - "[...] marco no fortalecimento da identidade e dos valores maçons junto à sociedade contemporânea."
Saiba mais
4,1Km - Centro Cultural Cartola - desenvolve diversas atividades voltadas à capacitação profissional e artística por meio de oficinas de teatro, dança e música.
Saiba mais
4,7Km - Teatro Miguel Falabella - É um teatro localizado na cidade do Rio de Janeiro.
Saiba mais
4,8Km - Museu Nacional - UFRJ - "[...] mais de 20 milhões de itens distribuídos por coleções que servem de base para a pesquisa desenvolvida pelos Departamentos de Antropologia, Botânica, Entomologia, Geologia e Paleontologia, Vertebrados e Invertebrados."
Saiba mais
11,8Km - Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
203,5Km - Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
355,0Km - ESCULTURAS NO PARQUE DA LUZ- O Parque da Luz, também conhecido como Jardim da Luz, conta com área de aproximadamente 113 mil m² . Foi criado como horto botânico por uma Ordem Régia da Coroa Portuguesa em 19 de novembro de 1798 foi aberto ao público em 1825 como Jardim Botânico já no
Saiba mais