Carregando... aguarde
Exposição Di Cavalcanti Brasileirismos-2019-03-20 - Guia das Artes
Exposição Di Cavalcanti - Brasileirismos
Evento encerrado
Exposição Di Cavalcanti - Brasileirismos
Quando aconteceu
Quarta, 20 Março até Sábado, 20 Abril
Local
Galeria Ruptura SP
Oscar Freire, 565, segundo andar
Conteúdo

Segundo Einstein: “A definição de Insanidade é fazer a mesma coisa repetidamente e esperar resultados diferentes”. “É necessário um toque de Gênio – e muita coragem para ir na direção oposta.”, e ainda “Tudo é energia e isso é tudo o que há.” Se assim é, tudo se faz de pulso e contra pulso, de zero a um, ou positivo e negativo. Essa energia, faz o mundo, faz os softwares funcionarem e faz a vida pulsar em nosso coração, que contrai e retrai! Me parece que, se não fosse o incerto, o inconseqüente, o irresponsável, o inconformado, certamente estaríamos na idade das pedras! Aquele que não está disposto a arriscar, está disposto a uma vida comum. Imagine se o Império Romano, Napoleão Bonaparte, Alexandre o Grande, Moisés, Jesus “Não quisessem confusão”, buscassem apenas a estabilidade e equilíbrio, o que seria o mundo hoje?
Imagine se todos fôssemos mornos e equilibrados, o quão chato seria a arte, a ciência, a filosofia e os esportes! Pra quê as Olimpíadas? Por quê do pensamento grego? Por quê da busca científica, que em grandes partes se desenvolveu no campo bélico e na busca natural de superioridade do homem? Por quê da arte que sempre propõe e se torna ícone registrando o tempo e o pensamento do homem e sua busca pelo desconhecido. Pois é, o que seria de Emiliano, se não se transformasse em Di Cavalcanti? O que seria, ainda hoje, da brasilidade sem suas retratações? Por meio da arte de Di, se fez presente em quase todas as paredes aristocráticas as suas favelas, mulheres, alagados e brasileirismos. Era o antagonismo da arte, do belo, do provocativo, e do pensamento contraditório em uma mesma parede. O boêmio e sarcástico Emiliano, que freqüentava a lapa e os rendez-vous de Paris, faz-se o primeiro legítimo embaixador da brasilidade, junto à aristocracia da época. Sua obra se torna um manifesto que desperta a percepção de beleza para nossa miscigena raça. A brasileira nunca mais foi vista da mesma forma, após ser retratada por Di Cavalcanti. Mas Di Cavalcanti, pintou temáticas outras e criou em sua técnica, dentro do espírito momento, a volumetria. Suas figuras, exuberantes “Naturezas Mortas”, favelas, alagados, casarios, samba, carnaval, e até sacras, dotadas de um fantástico volume, primorosa composição e cores tropicais são um compêndio do rico momento artístico brasileiro. Momento esse que afirmava o samba e a bossa nova como identidade nacional. Como ver uma obra de Di Cavalcanti e não acreditar no poder do incerto, do inconsequente, do irresponsável, do inconformado, na criação de uma nova estética? Ou seja, Di Cavalcanti é o criador de uma estética temática, nunca antes retratada no mundo. Di Cavalcanti é o único e, como na frase de Einsten, com “Um toque de Gênio – e muita coragem para ir na direção oposta”. Assim transformou-se num ícone da arte brasileira.

Por Alexandre Paiva Frade

* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Fotos
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "São Paulo"
Arte Infinita - Nascida em uma família de colecionadores, cuja mãe manteve durante 25 anos uma galeria dedicada a incentivar a escultura, Viviane Teperman inaugurou em 2001 a Arte Infinita Galeria.
Saiba mais
Casa Amarela Leilões de Arte - Casa Amarela Leilões de Arte" atuando no mercado de arte de São Paulo desde 1989 e no Distrito Federal desde 1994, especializada em leilões de arte e residenciais.
Saiba mais
Democrart -
Saiba mais
ESCULTURAS NO PARQUE DA LUZ- O Parque da Luz, também conhecido como Jardim da Luz, conta com área de aproximadamente 113 mil m² . Foi criado como horto botânico por uma Ordem Régia da Coroa Portuguesa em 19 de novembro de 1798 foi aberto ao público em 1825 como Jardim Botânico já no
Saiba mais
Exposição "Flávio de Carvalho: o antropófago ideal" - Flávio de Carvalho ganha exposição individual na Galeria Almeida e Dale
Saiba mais
Galeria Cia Paulista -
Saiba mais
Galeria Leme - Desde a sua abertura em novembro de 2004, a Galeria Leme apresenta um programa inovador na cena da arte Brasileira, representando artistas brasileiros e internacionais, frequentemente convidados a criar e produzir novos e ambiciosos projetos no prédio de
Saiba mais
Galeria Luisa Strina - Em 2014 a Galeria Luisa Strina completou 40 anos de atividade Luisa abriu sua galeria em 1974.
Saiba mais
Galeria Millan - Quando de sua fundação, em 1986, a Galeria Millan buscava apresentar relações entre a produção dos artistas contemporâneos que representava e os artistas modernos que influenciaram sua formação.
Saiba mais
GALERIA TÁTIL- A Pinacoteca do Estado apresenta exposição com 12 esculturas táteis, em bronze, que fazem parte do acervo do museu. A seleção das obras foi realizada considerando a indicação do público com deficiências visuais que participou de visitas orientadas ao acer
Saiba mais
Galeria Tatil na Pinacoteca de Sâo Paulo - A Pinacoteca do Estado apresenta exposição com 12 esculturas táteis, em bronze, que fazem parte do acervo do museu
Saiba mais
Galeria vermelho -
Saiba mais
Luciana Brito Galeria -
Saiba mais
Nelson Screnci, artista paulistano, expõe na Galeria Arte Aplicada - Artista apresenta obras inéditas na exposição As Cinco Estações, a partir do dia 14 de setembro
Saiba mais
Von Brusky Escritório de Arte -
Saiba mais
“MÁQUINA OLHO” - Exposição interativa na Estação Cultura usa ciência e arte para explicar o funcionamento do olho humano
Saiba mais