Carregando... aguarde
ARTISTA URBANA AFOLEGO REALIZA EXPOSIÇAO ArMADA NAGALERIA ALMA DA RUA I-2024-03-09 - Guia das Artes
ARTISTA URBANA AFOLEGO REALIZA EXPOSIÇÃO “A(r)MADA” NAGALERIA ALMA DA RUA I
Evento encerrado
ARTISTA URBANA AFOLEGO REALIZA EXPOSIÇÃO “A(r)MADA” NAGALERIA ALMA DA RUA I
Quando aconteceu
Sábado, 09 Março até Quarta, 10 Abril
Local
Alma da Rua I
Rua Gonçalo Afonso, 96
Conteúdo

 

ARTISTA URBANA AFOLEGO REALIZA EXPOSIÇÃO “A(r)MADA” NA

GALERIA ALMA DA RUA I

Exposição começa dia 09/03 e vai até 10/04

 

A(r)MADA é um convite a uma jornada pela riqueza e desafios das
experiências femininas contemporâneas. Aqui, cada obra é uma porta
para a dualidade intrínseca de ser mulher, onde Amada e Armada
dançam em uma expressão artística que desafia e desconstrói
estereótipos. Cada peça é uma poderosa ode à luta, à resiliência, à
transformação pessoal e à celebração autêntica, impulsionada pelo amor
próprio e auto conhecimento.


Na sociedade atual, ainda enfrentamos desafios significativos em relação à
igualdade de gênero e ao empoderamento das mulheres. No entanto, a
arte tem sido um meio poderoso de expressão e reflexão sobre essas
questões. Uma grande ferramenta na defesa dos direitos das mulheres,
um meio de expressão e resistência, permitindo compartilhar experiências
de luta contra a opressão e conscientização.


Aqui, podemos desafiar estereótipos, narrativas dominantes e normas de
gênero prejudiciais. E quando se trata de defender-se daqueles que nos
odeiam, nós, mulheres, temos um poder extraordinário ao longo da
história. Em face do ódio, da discriminação, do machismo, da violência,
temos que erguer a nossa voz e enfrentar com coragem e força.


Carolina conhecida como AFolego, é uma artista urbana de 39 anos,
natural de Mauá, São Paulo. Bacharel em Arquitetura e Urbanismo, com
licenciatura em Artes, traz uma perspectiva única e multifacetada para
suas criações. Iniciou a trajetória no mundo do graffiti em 2013 e desde
então tem espalhado suas obras tanto no coração da metrópole
paulistana, quanto em suas periferias, além de alcançar outros estados do
Brasil.


Suas criações são um testemunho da experiência feminina em meio a um
contexto social patriarcal, explorando como isso molda a identidade e
influencia a vida das mulheres. Participante ativa em exposições coletivas
e eventos de arte urbana, AFolego também desempenha um papel crucial
como educadora artística, conduzindo oficinas em instituições, ONGs

coletivos independentes, enriquecendo assim o cenário cultural e
educacional da comunidade.

Serviço: Alma da Rua I: Rua Gonçalo Afonso, 96. Das 10h às 18h, todos os
dias. @galeriaalmadarua

* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "São Paulo"
"Tempos Fraturados" - MAC-USP completa 60 anos com nova exposição
Saiba mais
ÁGUA PANTANAL FOGO -
Saiba mais
Arte Infinita - Nascida em uma família de colecionadores, cuja mãe manteve durante 25 anos uma galeria dedicada a incentivar a escultura, Viviane Teperman inaugurou em 2001 a Arte Infinita Galeria.
Saiba mais
Casa Amarela Leilões de Arte - Casa Amarela Leilões de Arte" atuando no mercado de arte de São Paulo desde 1989 e no Distrito Federal desde 1994, especializada em leilões de arte e residenciais.
Saiba mais
DemocrArt -
Saiba mais
Galeria Cia Paulista -
Saiba mais
Galeria Leme - Desde a sua abertura em novembro de 2004, a Galeria Leme apresenta um programa inovador na cena da arte Brasileira, representando artistas brasileiros e internacionais, frequentemente convidados a criar e produzir novos e ambiciosos projetos no prédio de
Saiba mais
Galeria Luisa Strina - A história da Galeria Luisa Strina, a mais antiga galeria de arte contemporânea de São Paulo, se mistura com a trajetória profissional de Luisa Strina.
Saiba mais
Galeria Millan - Quando de sua fundação, em 1986, a Galeria Millan buscava apresentar relações entre a produção dos artistas contemporâneos que representava e os artistas modernos que influenciaram sua formação.
Saiba mais
Galeria Vermelho - Após treze anos de existência, a Vermelho estabeleceu-se como uma alternativa à rigidez dos espaços comerciais dedicados à arte, ao incentivar novas ideias e discursos desenvolvidos por artistas emergentes e já estabelecidos.
Saiba mais
GEOPRÓPOLIS -
Saiba mais
Gravadas no Corpo -
Saiba mais
Luciana Brito Galeria - Quinze anos depois de inovar a cena artística paulistana com seu espaço na Vila Olímpia – um dos primeiros a ser projetado por um escritório de arquitetura já tendo em vista as necessidades de uma galeria de arte contemporânea –, a Luciana Brito Galeria s
Saiba mais
Quase Circo, de Carmela Gross -
Saiba mais
Renato Rios: O Elefante e a Safira -
Saiba mais
Von Brusky Escritório de Arte -
Saiba mais