Carregando... aguarde
'Arte é alimento para o pensamento', diz diretora de 'Fale com as abelhas' - Guia das Artes
'Arte é alimento para o pensamento', diz diretora de 'Fale com as abelhas'
'Arte é alimento para o pensamento', diz diretora de 'Fale com as abelhas'
Ao Correio, Annabel Jankel fala sobre o longa estrelado por Anna Paquin, que aborda feminismo, violência sexual e racismo
inserido em 2021-01-29 12:04:33
Conteúdo

 (crédito: Arquivo Pessoal)

Oportunidades perdidas e que subjugaram talentos femininos numa vala comum de desprezo rendem histórias latentes, à espera para serem contadas, e “um público faminto por essas perspectivas”, avalia a cineasta britânica Annabel Jankel, que tem um filme em cartaz nos cinemas da cidade: Fale com as abelhas. O longa estrelado por Anna Paquin (a talentosa menina de O piano, vista ainda na série True Blood) e Holliday Grainger trata de feminismo, violência sexual e racismo, tendo por base um romance de Fiona Shaw.

No título, Annabel percebe uma forma de oração. “É uma comunhão privada e tranquila com outra forma de pensamento, em que pesa a conexão diversificada entre você, a natureza e o universo”, argumenta. Ambientado numa Escócia de 1952, adversa à emancipação e ao romance entre a desempregada Lydia e a médica Jean, Fale com as abelhas contrapõe a hostilidade dos humanos ao acolhimento das colmeias — reservado, no filme, ao personagem Charlie (Gregor Selkirk), filho de Lydia.

“Gregor tem uma personalidade adorável, sensível e aberta desde a etapa dos testes de elenco. Ele foi engajado e muito sério em relação ao trabalho. Conversamos longamente sobre como o jovem personagem se modifica”, explica a diretora. A delicadeza de Charlie é um incômodo para o pai Robert (papel de Emun Elliot).

Mudanças

Toda arte carrega um efeito verdadeiramente poderoso na alma, destaca a diretora de 65 anos, que já dirigiu videoclipes dos Talking Heads e de Miles Davis, além de ser lembrada pela criação (com dois colegas) de Max Headroom, personagem moderno que, em meados dos anos de 1980, teve projeção em quadrinhos de fundo político e foi difundido, em massa, na tevê.

“Sou impactada pela arte, diariamente. Temos que dançar música, sermos hipnotizados no escuro com um filme, nos vermos transportados pelos personagens de romances e nos emocionar com as apresentações no palco. Arte é alimento para o pensamento e, por meio dela, nos relacionamos, livremente, com nosso próprio interior”, avalia.

Pertinente ao tema de Fale com as abelhas, a discriminação visitou, no passado, Annabel Jankel. “Em uma brutal experiência, numa agência de publicidade, certa vez, disseram, na minha cara, que não contratavam diretoras mulheres”, conta. Transportado para realidade, o peso discriminatório segue pesando. “No tempo de covid-19, para as mulheres, em todo o mundo, em todos os países, desde ricos e pobres, há uma época terrivelmente desafiadora — e especialmente para mães solteiras. Há a responsabilidade adicional de manter a si e a seus filhos seguros”, conclui.

 
 
Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/diversao-e-arte/2021/01/4902771-arte-e-alimento-para-o-pensamento-diz-diretor-de-fale-com-as-abelhas.html
Compartilhe
Comente
Últimos eventos
Qua
27/Jul
Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
Dom
31/Jul
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
Sáb
12/Dez
MAM recebe exposição com obras de Hélio Oiticica - Mostra conta com cem obras relacionadas ao ritmo, música e dança
Saiba mais
Sex
18/Dez
Obra de Beatriz Milhazes é exposta no Itaú Cultural e no Masp - Simultaneamente nos dois espaços, a exposição ocorre até 30 de maio de 2021. A visitação deve ser agendada nos sites de ambas as instituições
Saiba mais
Qui
21/Jan
CATARSIS - Abertura: dia 21 de janeiro, quinta-feira, às 18h
Saiba mais
Seg
25/Jan
ArTeMs - Exposição coletiva - Em cartaz até 23 de março de 2021 em São Paulo
Saiba mais
Qua
27/Jan
Encontros Culturais do Ecomuseude Santa Cruz (virtual) - Encontros Culturais do Ecomuseu de Santa Cruz
Saiba mais
Qua
27/Jan
Véxoa: nós sabemos (ou o que não sabemos) - Mostra na Pinacoteca é uma reescrita das artes e deve ser vista para além do marco de primeira dedicada às produções indígenas
Saiba mais
Dom
31/Jan
Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro– Espaço Vivo - Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro– Espaço Vivo
Saiba mais
Qui
04/Fev
GESTUALIDADE - Abertura: dia 3 de fevereiro, quarta-feira, às 18h
Saiba mais