Carregando... aguarde
Não é claro antes que a noite caia-2017-09-30 - Guia das Artes
Não é claro antes que a noite caia
Evento encerrado
Não é claro antes que a noite caia
Quando aconteceu
Sábado, 30 Setembro até Domingo, 25 Março
Local
Museu Oscar Niemeyer
Rua Marechal Hermes, 999 – Centro
Conteúdo

Juliana Stein define a mostra como “uma tentativa de articular espaços da fotografia em torno do sentido opaco das coisas que escapam e que nos inscrevem mais do que podemos escrever sobre elas.”

As imagens captadas pelas lentes de Juliana situam-se num terreno de experimentação e leitura poética, que conduz naturalmente a uma reflexão sobre os processos de produção e de leitura da imagem fotográfica.

As obras expostas analisam as relações entre as palavras e as imagens a partir de indagações como: existe uma imagem para cada palavra? Existe uma palavra para cada imagem?

– A fotografia tem este caráter de traço, de ter estado na frente do objeto e, apesar disto, de funcionar dentro de um circuito enquanto algo lhe falta – argumenta Juliana. – A imagem fotográfica é o registro de algo, mas do quê? – provoca.

Entre a noite das coisas e o visível dentro do invisível

Para Juliana Stein, falar e querer dizer não são a mesma coisa. – Nas minhas palavras há sempre mais do que quero dizer, e sempre outra coisa. É como acompanhar a noite das coisas, especialmente daquelas em que o sentido é um risco e não pode ser muito bem previsto, pois está sempre mais além. Falamos para dizer a verdade, que não se diz toda porque as palavras faltam – conclui.

No entender da crítica de arte, escritora e curadora independente Adriana Almada, do Paraguai, “a abordagem de Juliana Stein transcende a condição visual para criar uma zona de silêncio que outorga à fotografia um caráter de indício: mostra a partícula visível de um grande invisível – reflete. – Para ela (Juliana), fotografar é uma prática de indagação, de exploração em uma sorte de descontrole produtivo, nesse “deixar-se levar” por personagens e situações que, uma vez traduzidos em imagens, estimulam a percepção desde os tons graves até os sem cor – interpreta Adriana.

Informações adicionais
Venda de ingressos e acesso às salas de exposição até 17h30
Preços e pagamento
Entrada franca às quartas-feiras
* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "Paraná"
0,0Km - MUSEU OSCAR NIEMEYER - O MON foi inaugurado em 2002. O projeto é de autoria do reconhecido arquiteto brasileiro que leva seu nome. O Museu Oscar Niemeyer já realizou ao longo deste período mais de 300 mostras nacionais, internacionais e itinerantes.
Saiba mais
0,6Km - Museu da Justiça - Museu localizado na cidade de Curitiba.
Saiba mais
0,6Km - Sala do Artista Popular - Espaço cultural localizado em Curitiba, no Paraná.
Saiba mais
0,9Km - Memorial da Imigração Polonesa - É um museu localizado na cidade de Araucária.
Saiba mais
1,5Km - Museu Guido Straube - Museu localizado no CEP, em Curitiba, Paraná.
Saiba mais
1,5Km - Memorial Árabe - Museu de Curitiba que preserva a cultura árabe.
Saiba mais
1,5Km - Planetário Prof. Francisco José Gomes Ribeiro - Planetário localizado no Colégio Estadual do Paraná.
Saiba mais
1,7Km - Museu Alfredo Andersen - A instituição visa preservar e divulgar as obras do pintor, escultor, decorador, cenógrafo, desenhista e professor norueguês radicado no Brasil, Alfredo Andersen, além de promover novos praticantes ao mundo das artes através de cursos e seminários.
Saiba mais
1,9Km - Casa Romário Martins - Espaço cultural que promove e divulga a história de Curitiba
Saiba mais
1,9Km - Memorial Alemão - Bosque Alemão- Parque localizado em Curitiba, no Paraná.
Saiba mais
334,7Km - HISTÓRIAS AFRO-ATLÂNTICAS - Ao longo de todo o ano de 2018, o MASP dedica seu programa de exposições e atividades às histórias e narrativas afro-atlânticas.
Saiba mais
334,7Km - Acervo em Transformação - A volta dos radicais cavaletes de cristal de Lina Bo Bardi à exposição do acervo apresenta uma seleção de obras provenientes de diversas coleções do museu, abrangendo um arco temporal que vai do século 4 a.C. a 2008. Os cavaletes tiveram sua estreia na ab
Saiba mais
337,9Km - Galeria Tatil na Pinacoteca de Sâo Paulo - A Pinacoteca do Estado apresenta exposição com 12 esculturas táteis, em bronze, que fazem parte do acervo do museu
Saiba mais
337,9Km - ESCULTURAS NO PARQUE DA LUZ- O Parque da Luz, também conhecido como Jardim da Luz, conta com área de aproximadamente 113 mil m² . Foi criado como horto botânico por uma Ordem Régia da Coroa Portuguesa em 19 de novembro de 1798 foi aberto ao público em 1825 como Jardim Botânico já no
Saiba mais
338,3Km - Galeria José e Paulina Nemirovsky - Arte Moderna - A mostra é uma reorganização e ampliação da exposição sobre o Modernismo.
Saiba mais
338,4Km - GALERIA TÁTIL- A Pinacoteca do Estado apresenta exposição com 12 esculturas táteis, em bronze, que fazem parte do acervo do museu. A seleção das obras foi realizada considerando a indicação do público com deficiências visuais que participou de visitas orientadas ao acer
Saiba mais
338,4Km - Arte no Brasil: Uma história na Pinacoteca de São Paulo. Vanguarda brasileira dos anos 1960 - Coleção Roger Wright - A mostra de longa duração celebra o comodato de 178 obras estabelecido em março de 2015 entre a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, a Pinacoteca e a Associação Cultural Goivos, responsável pela Coleção Roger Wright.
Saiba mais
338,4Km - Galeria José e Paulina Nemirovsky - Arte moderna - Essa é uma exposição única e especial, que percorre grande parte do cenário histórico-cultural brasileiro do século XX. Sem contar que ampliamos de 49 para 110 obras essa mostra, todas emblemáticas e de reconhecimento internacional. Estamos muito satisfei
Saiba mais
563,9Km - Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
665,1Km - Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais