Carregando... aguarde
Museu Divino Dias Maciel - Guia das Artes
Museu Divino Dias Maciel
aberto agora
Museus
Museu Divino Dias Maciel
Horários de funcionamento
dom
seg
12:00
18:00
ter
12:00
18:00
qua
12:00
18:00
qui
12:00
18:00
sex
12:00
18:00
sab
Local
Praça Ibraim Abrão, 35. Centro
Conteúdo

O Museu Histórico de Campo Belo surgiu da necessidade de organização do acervo documental, histórico e artístico do município. A idéia de criar o Museu surgiu em 1978, quando a cidade vivia o clima de euforia para a comemoração do Centenário, 1979. O Senhor Divino Dias Maciel, juntamente com a professora Eva Victória Rios, começaram a juntar algumas peças e passaram a divulgar a idéia através da imprensa e a procurar pessoas que os apoiassem. Mas não aconteceu no Ano do Centenário... Após alguns anos, com o apoio da professora Marli Carvalho Pacheco, então presidente da Academia Campo-Belense de Letras, e outros membros e por intermédio do Dr. Romeu Tarcísio Cambraia, eficiente funcionário do Banco do Brasil S/A, na época, conseguimos o espaço no 2º andar da antiga Agência à Rua João Pinheiro nº 290, onde passaria a funcionar com a Academia Campo-Belense de Letras.

O Museu Municipal foi criado pelo Projeto da Lei nº 067/90 de 31 de agosto de 1990, na administração do Prefeito João Rodrigues Trindade, e sancionada pela Lei nº 1419 de 18 de setembro, sendo inaugurado no dia 25 de setembro de 1990. Seu primeiro presidente foi o Sr. Divino Dias Maciel que permaneceu no cargo até meados de 1996. Corria o ano de 1997, já na administração do Prefeito Geovani José de Sousa, sentindo necessidade de um apoio maior à entidade e, com base no art. 171 da Lei Orgânica, teve suas diretrizes traçadas para assegurar políticas preservacionistas, modernas e eficazes, e garantir o acesso de todos os cidadãos à cultura e às informações. Instala-se assim a Fundação Museu e Arquivo Público Municipal, a qual manterá sob sua custódia, recuperará e preservará a documentação histórica do município, assegurando a transparência administrativa que deve presidir a gestão dos negócios públicos, através do Projeto de Lei nº 60/97 de 25/08/1997 e da Lei nº 2002 de 23/05/1997, sendo eleita sua primeira Presidente Sra. Vanda Maria Vilela de Sousa.

A Fundação continuou a funcionar no antigo prédio da ex-Minas Caixa, a Rua João Pinheiro nº 101, e, no dia 25/06/2000 passou para seu espaço próprio, antiga estação da Rede Ferroviária Federal, à Praça Ibraim Abrão nº 35, onde vem desempenhando seu importante papel de órgão consultivo, fiscalizador e controlador das políticas de proteção, conservação e acessamento do patrimônio museológico e arquivístico do município de Campo Belo. O prédio constitui o primeiro e mais importante acervo histórico da cidade. O edifício restaurado e adaptado para abrigar a Fundação Museu e Arquivo Público foi criteriosamente projetado para servir aos objetivos da mesma, respeitando suas características de estilo. Em sua constituição e distribuição, o acervo foi classificado de forma temática, agrupando os diversos elementos que compõem a história Campo-Belense de sua origem aos dias atuais. Consta do acervo atual peças indígenas encontradas na região, inúmeras fotografias, equipamentos agropecuários do início do século XX, teares, rocas, instrumentos musicais, indumentárias de época, armas e objetos usados pela F.E.B, peças sacras, móveis e utensílios coloniais, mobiliário escolar, instrumentos de uso médico e dentário, peças da rede ferroviária.

Seguindo suas diretrizes de tratar o espaço como um Museu vivo, interativo e dinâmico, a equipe de funcionários tem proporcionado à comunidade, especialmente às escolas, a oportunidade de participar de eventos ricos e interativos, como semanas pedagógicas, comemorações cívicas e outros.A administração do Museu está a cargo de um Conselho Curador formado por voluntários sob a presidência da Sra. Alexa Bastos Gambogi Meireles.

Surgiu a partir da sensibilidade de organização de seu acervo documental, histórico, artístico, que representa a memória cívica do passado e do presente para todas as gerações. Para sua nova sede, a concepção museográfica partiu de uma nova Museologia, tratando o espaço como um museu vivo, interativo e dinâmico, onde a comunidade passasse a participar diretamente da construção e elaboração periódica do seu acervo. Em sua constituição e distribuição, o acervo foi classificado de forma temática e agrupou os diversos elementos que compõem a história campo-belense, desde sua origem aos dias atuais.

Contato
telefone: (35) 3832-5753

fax: (35) 3832-5753

e-mail: museuarquivo@tpnet.psi.br/museuarquivo@gmail.com
* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "Minas Gerais"
48,3Km - Museu de História Natural da UFLA - O acervo é constituído de fragmentos e amostras relacionadas com as inúmeras áreas da Ciência. Alguns objetos são ilustrativos e foram confeccionados pela equipe técnica do Museu.
Saiba mais
48,3Km - MUSEU BI MOREIRA - O acervo histórico continuava a crescer, num catálogo de milhares de peças das mais variadas.
Saiba mais
51,0Km - Museu Histórico Francisco Fonseca - O acervo é bastante heterogêneo e é formado por peças históricas, objetos artísticos e etnográficos, fotografias e documentos que abrangem diversas categorias, livros, revistas e jornais datados desde 1910.
Saiba mais
58,6Km - Museu do Café - A idéia de criação de um museu surgiu do interesse e da preocupação de preservação do patrimônio histórico, por parte de Isaura Maria de Resende, herdeira de uma fazenda de café, erguida pelo avô, no princípio do século passado. A proprietária da fazenda
Saiba mais
69,2Km - Museu Arqueológico do Carste do Alto São Francisco - Reúne achados arqueológicos descobertos em oito municípios da região. Os artefatos expostos ajudam a contar a história ainda pouquíssimo conhecida da ocupação humana regional, que remonta há 12 milênios.
Saiba mais
72,7Km - Museu Histórico e Artístico de Cláudio - Acervo que está sendo formado a partir da percepção comunitária da importância de preservar a história da cidade e de seus personagens, por intermédio da doação de peças esquecidas em porões e depósitos, várias campanhas têm sido promovidas, visando despe
Saiba mais
75,7Km - Museu Municipal de Varginha - O acervo hoje, composto por discos, moedas, utensílios domésticos, documentos, fotografias, aparelhos eletro – eletrônicos e outros, conta com mais de 7 mil peças.
Saiba mais
87,5Km - Museu Municipal Alferes Belisário - O acervo é composto pela mais variada tipologia: consultório dentário, máquinas de costura, máquinas de escrever, máquinas fotgráficas, de calcular, utilidades domésticas, peças agropecuárias, objetos sacros, vestidos, instrumentos musicais e aparelhos de
Saiba mais
89,2Km - Casa da Cultura Godofredo Rangel - A Casa da Cultura possui um rico acervo histórico formado por documentos, fotografias, gravações em vídeo, jornais e depoimentos.
Saiba mais
91,9Km - Museu da Memória e Patrimônio da Universidade Federal de Alfenas - A intenção é a de ressaltar a importância da preservação de sua memória e de seus patrimônios, desde os seus tempos de Escola de Farmácia e Odontologia até o presente, através de suas manifestações materiais e imateriais.
Saiba mais
138,1Km - Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
308,4Km - Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais