Carregando... aguarde
Maria Leontina - Guia das Artes
Maria Leontina
Informações
Nome:
Maria Leontina
Nasceu:
São Paulo, SP (22/07/1917)
Faleceu:
Rio de Janeiro, RJ (06/07/1984)
Biografia

Inicia estudos de desenho com Antônio Covello, em São Paulo, em 1938, e na primeira metade da década de 1940 estuda pintura com Waldemar da Costa (1904-1982). Em 1946, no Rio de Janeiro, freqüenta o ateliê de Bruno Giorgi (1905-1993) e faz curso de museologia no Museu Histórico Nacional (MHN), entre 1946 e 1948. Em 1947, participa da exposição 19 Pintores, na Galeria Prestes Maia, em São Paulo. Em 1951, é convidada pelo psiquiatra e crítico de arte Osório César (1895-1983) para orientar o setor de artes plásticas do Hospital Psiquiátrico do Juqueri. No mesmo ano, organiza uma mostra dos internos no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP). Em 1952, com bolsa de estudo do governo francês, viaja para a Europa, acompanhada pelo marido, o pintor Milton Dacosta (1951-1988). Em Paris, entre 1952 e 1954, frequenta o ateliê de gravura de Johnny Friedlaender (1912-1992). Na década de 1960, realiza painel de azulejos para o Edifício Copan e vitrais para a Igreja Episcopal Brasileira da Santíssima Trindade, ambos em São Paulo. Inicialmente, sua obra é pautada no figurativismo de cunho expressionista, mas paulatinamente passa ao abstrato, sem seguir o rigor da geometria pura. Em 1960, em Nova York, recebe o prêmio nacional da Fundação Guggenheim e, em 1975, o prêmio pintura da Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA).

Cronologia

Realizou diversas mostras individuais, entre as quais as seguintes: 1950 – Instituto dos Arquitetos do Brasil, Rio de Janeiro. 1955 – Petite Galerie, Rio de Janeiro. 1957 – Galeria Ambiente, São Paulo. 1959 – Museu de Arte de São Paulo. 1960 – Galeria São Luís, São Paulo. 1963 – Galeria Relevo, Rio de Janeiro. 1966 – Museu de Arte Moderna, São Paulo. 1973 – Galeria Uirapuru, São Paulo. 1975 – Galeria de Arte Ipanema, Rio de Janeiro. 1977 – Grifo Galeria de Arte, São Paulo. 1982 – Retrospectiva, Instituto de Arquitetos do Brasil, Rio de Janeiro. 1983 – Galeria GB Arte, Rio de Janeiro; Galeria Arco, São Paulo. Participou de um número expressivo de exposições coletivas, como as que se seguem: 1942 – Salão Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro. 1947 – 19 Pintores, Galeria Prestes Maia, São Paulo (ao lado de Marcelo Grassmann, Flavio-Shiró, Lothar Charoux e Luiz Sacilott, entre outros). 1950, 52, 56 – Bienal de Veneza, Itália. 1951, 55, 57, 61-67, 79 – Bienal de São Paulo. 1952 – Salão de Maio, Paris. 1955 – Salão Nacional de Arte Moderna. Rio de Janeiro, Prêmio viagem ao país. 1960 – Guggenheim International Award, Fundação Guggenheim, Nova York. 1972 – Arte/Brasil/Hoje: 50 anos depois, Galeria da Collectio, São Paulo. 1977 – Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro. 1979 – Galeria Aktuel, Rio de Janeiro. 1982 – Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão, Lisboa, Portugal. 1984 – Salão Nacional de Artes Plásticas, Fortaleza; Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro; Museu de Arte Moderna, São Paulo.

Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar
Obras deste artista