Carregando... aguarde
Arte Subdesenvolvida e A R L Vida e Obra-2024-07-12 - Guia das Artes
Arte Subdesenvolvida" e "A.R.L Vida e Obra
Arte Subdesenvolvida" e "A.R.L Vida e Obra
Quando acontece
inicia na Sexta, 12 Julho
dom
seg
ter
qua
qui
sex
sab
Local
Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico – SP
Conteúdo
 
CCBB São Paulo destaca programação de férias com visitas educativas nas exposições "Arte Subdesenvolvida" e "A.R.L Vida e Obra"
 
oficininha-4 (2).jpg
Foto: Divulgação
 

O CCBB Educativo – Arte e Cultura propõe, para o mês de férias no CCBB São Paulo, uma série de visitas mediadas que trarão, uma a uma, enigmas que apresentam chaves de leitura para compreender as mostras em cartaz, destacando, entre elas, "Arte Subdesenvolvida" e "A.R.L Vida e Obra".

Os elementos da agenda são dicas para os participantes lerem e interpretarem as obras expostas tanto no Prédio Histórico quanto no Prédio Anexo do CCBB. A cada descoberta, as narrativas emergem, desvelando fatos que ajudam a interpretar o tempo presente.

Todas as atividades, gratuitas, acontecem diariamente. Na programação, pensada para pais e filhos, outras atividades fazem a festa: "Primeiro Brincar - Tropicália", "Oficininha de Parangolés", “Som em Cena: O tropical eterno”, "Que Livro é Esse?", "Conto um Conto", "InsPiraAção". Nas sextas-feiras, das 17h às 18h, e domingos, das 12h às 13h, visitas educativas em Português e Libras.


Confira a programação completa em: www.bb.com.br/cultura
 
Acesse AQUI as fotos de divulgação :)

SERVIÇO
Local: Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
Endereço: Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico – SP  
Funcionamento: Aberto todos os dias, das 9h às 20h, exceto às terças 
Entrada acessível: Pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e outras pessoas que necessitem da rampa de acesso podem utilizar a porta lateral localizada à esquerda da entrada principal.
 
Visitas educativas – Agendadas
Segunda a sexta-feira (exceto terças e feriados), das 9h30 às 10h30 e das 14h às 15h (às quartas, a visita será das 15h às 16h). Espaços expositivos do Prédio Histórico do CCBB.
Até 45 pessoas.

Visitas educativas – Espontâneas
Segunda a sexta-feira (exceto terças-feiras), das 12h às 13h e das 17h às 18h e sábados e domingos, das 17h às 18h. Espaços expositivos do Prédio Histórico do CCBB e do Prédio Anexo. Até 15 pessoas por sessão.

Visitas educativas em Libras
Sextas-feiras das 17h às 18h e domingos, das 12h às 13h. Espaços expositivos do Prédio Histórico do CCBB e do Prédio Anexo. Até 15 pessoas por sessão.

Sensorial Estúdio - Tem gente com fome
Todos os dias, exceto às terças-feiras, das 10h às 12h30 e das 14h às 18h.
1o andar do Prédio Histórico. Classificação: livre. Até 20 pessoas por hora.

Oficina Integrada - Você tem fome de quê?
Todos os dias, exceto às terças-feiras. Horário: das 10h às 18h. 1º andar do Prédio Histórico
Classificação: Livre. Até 08 pessoas por hora.

Som em Cena - O tropical eterno
Segundas, Quintas, Sextas, Sábados e Domingos. Horário: das 13h às 13h30, exceto feriados.
Rotunda do Prédio Histórico. Classificação: Livre.

Contação de histórias - Conto um Conto
Dias: Segundas, sextas, sábados e domingos. Horário: das 14h às 15h.Prédio Histórico.
Classificação: Livre.

Mediação de leitura - Que Livro é esse?
Sábados e domingos, das 11h às 12h. Prédio Histórico. Classificação: Livre.
 
Primeiro Brincar - Tropicália
Sábados e domingos, das 15h às 16h. Mezanino do Prédio Histórico. Até 15 pessoas.

Famílias com crianças de 0 a 3 anos.
Oficininha  - Oficininha de Parangolés
Sábados e domingos, das 16h às 16h40. Mezanino do prédio histórico. Até 15 pessoas.
Famílias com crianças de 4 a 7 anos.

Mediação Poética "InsPiraAção"
Quintas, às 16h. Espaços expositivos do Prédio Histórico e Prédio Anexo do CCBB.
Classificação: Livre.
 
_________________________________
 
Sobre CCBB educativo – Arte e Cultura

O projeto CCBB educativo – Arte e Cultura, parte integrante do CCBB São Paulo, tem como missão proporcionar uma experiência inclusiva e diversificada aos públicos visitantes, conectando-os de maneira mais profunda com as exposições e a programação cultural oferecida. Ele visa expandir o conhecimento, fomentar o pertencimento, estimular a interação e compartilhamento em arte e cultura, além de formar um público engajado por meio da apreciação e reflexão artística. Através de mediação, a criação de ações autorais, debates sociais, e a adaptação às necessidades e vivências do público, o projeto busca promover um ambiente acolhedor e representativo, estimulando a criatividade e expressão pessoal por meio de oficinas de arte e atividades interativas.

Sobre Arte Subdesenvolvida - com curadoria de Moacir dos Anjos, propõe uma reflexão sobre a produção artística brasileira entre meados da década de 1930 e início de 1980 a partir de seu embate com a ideia de subdesenvolvimento, que seria tanto uma condição para aqueles que viviam no Brasil como algo a ser superado a partir de suas contradições. Articulando trabalhos de mais de 20 artistas de épocas distintas, documentos históricos, fotografias e escritos, a mostra incorpora manifestações também nos campos da literatura, cinema, teatro e da educação, com obras que adensam a pluralidade artística brasileira, tensionando a relação entre a arte vibrante presente nas paredes e a escassez de recursos, com obras de diversas partes, da urbanidade, dos litorais ao interior.

Sobre A.R.L. Vida e Obra - A exposição A.R.L. Vida e Obra é uma oportunidade única para o público conhecer a produção de Antônio Roseno de Lima, artista outsider descoberto no final da década de 1980 pelo professor doutor do Instituto de Artes da UNICAMP, Geraldo Porto, que também assina a curadoria da mostra. Semianalfabeto, o fotógrafo e pintor tirou da dura realidade de favelado a inspiração para criar uma obra que é reflexo da mais pura e encantadora arte bruta, onde autorretratos, onças, vacas, galos, Santos Dumont, bêbados, mulheres e presidentes foram seus temas principais.

Sobre Gilberto Trindade - idealizador do projeto Circo da Trindade, é ator, arte educador, sociólogo, artista circense e pesquisador apaixonado pelo Circo. O Circo da Trindade nasceu há 20 anos, e hoje o espaço que abriga o circo se converteu em um Complexo Cultural de Arte e Meio Ambiente, pois identificou as várias dimensões que os encontros promoveram ao longo destes anos. A trupe conta com artistas versáteis com múltiplas habilidades artísticas e profissionais de formações diversas que atuam nas frentes de Arte, Cultura e Meio Ambiente. 

Sobre 
Cristina Maria Andrade - Professora de Geografia Formada em Licenciatura Plena em Geografia, com especialização em Geoprocessamento e Geotecnologias, pós-graduação em Neurociência e Comportamento. Atuou como Coordenadora do Projeto de Educação Ambiental - Virada Ambiental no município de São Paulo. Possui publicações na área de Geografia e ensino. Professora de geografia na Escola Waldorf Rural Turmalina em Paudalho - PE. É co-idealizadora da Expo Turmalina, tendo a primeira edição ocorrida em 2023.
* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "São Paulo"
"Tempos Fraturados" - MAC-USP completa 60 anos com nova exposição
Saiba mais
Ars Sonora – Hermeto Pascoal-
Saiba mais
Arte Infinita - Nascida em uma família de colecionadores, cuja mãe manteve durante 25 anos uma galeria dedicada a incentivar a escultura, Viviane Teperman inaugurou em 2001 a Arte Infinita Galeria.
Saiba mais
Casa Amarela Leilões de Arte - Casa Amarela Leilões de Arte" atuando no mercado de arte de São Paulo desde 1989 e no Distrito Federal desde 1994, especializada em leilões de arte e residenciais.
Saiba mais
CORAÇÃO DE VIDRO-
Saiba mais
DemocrArt -
Saiba mais
Galeria Cia Paulista -
Saiba mais
Galeria Leme - Desde a sua abertura em novembro de 2004, a Galeria Leme apresenta um programa inovador na cena da arte Brasileira, representando artistas brasileiros e internacionais, frequentemente convidados a criar e produzir novos e ambiciosos projetos no prédio de
Saiba mais
Galeria Luisa Strina - A história da Galeria Luisa Strina, a mais antiga galeria de arte contemporânea de São Paulo, se mistura com a trajetória profissional de Luisa Strina.
Saiba mais
Galeria Millan - Quando de sua fundação, em 1986, a Galeria Millan buscava apresentar relações entre a produção dos artistas contemporâneos que representava e os artistas modernos que influenciaram sua formação.
Saiba mais
Galeria Vermelho - Após treze anos de existência, a Vermelho estabeleceu-se como uma alternativa à rigidez dos espaços comerciais dedicados à arte, ao incentivar novas ideias e discursos desenvolvidos por artistas emergentes e já estabelecidos.
Saiba mais
História Errada -
Saiba mais
Lélia em nós: festas populares e amefricanidade -
Saiba mais
Luciana Brito Galeria - Quinze anos depois de inovar a cena artística paulistana com seu espaço na Vila Olímpia – um dos primeiros a ser projetado por um escritório de arquitetura já tendo em vista as necessidades de uma galeria de arte contemporânea –, a Luciana Brito Galeria s
Saiba mais
O VISON VOADOR -
Saiba mais
Quase Circo, de Carmela Gross -
Saiba mais
Von Brusky Escritório de Arte -
Saiba mais
“MARGS URGENTE: Corpo e Alma” -
Saiba mais