Carregando... aguarde
Roberto Burle Marx exposicao - Guia das Artes
Roberto Burle Marx
Informações
Nome:
Roberto Burle Marx
Nasceu:
São Paulo - SP - Brasil (04/08/1909)
Faleceu:
Rio de Janeiro - RJ - Brasil (04/07/1994)
Sobre o artista

“Todas as áreas são importantes para mim: paisagismo, tapeçaria, design de joias, desenho, pintura, botânica. Uso todos como um poeta buscando palavras. E é com isso que me esforço mais. Eu não vou fazer uma pintura que é um jardim. Sem dúvida a pintura e as outras expressões artísticas influenciaram todo meu conceito de arte. Mas eu tento sempre evitar fórmulas. Eu odeio fórmulas. Eu amo os princípios”. 

-Roberto Burle Marx

 

“Já decidi o lugar da minha sepultura: no sítio, debaixo de uma árvore frondosa. Quero me transformar em árvore, na qual cada dedo terá uma floração violenta e sentirei o vento, a tempestade e os relâmpagos a me iluminar. Assim minha perpetuação se fará”.

-Roberto Burle Marx

 

Biografia

Paisagista, arquiteto, desenhista, pintor, gravador, litógrafo, escultor,tapeceiro, ceramista, designer de jóias, decorador. Durante a infância vive no Rio de Janeiro. Vai com a família para a Alemanha, em 1928. Em Berlim, estuda canto e se integra à vida cultural da cidade, freqüenta teatros, óperas, museus e galerias de arte. Entra em contato com as obras de Vincent van Gogh (1853-1890), Pablo Picasso (1881-1973) e Paul Klee (1879-1940). Em 1929, freqüenta o ateliê de pintura de Degner Klemn. Nos jardins e museus botânicos de Dahlen, em Berlim, entusiasma-se ao encontrar exemplares da flora brasileira. De volta ao Brasil, faz curso de pintura e arquitetura na Escola Nacional de Belas Artes (Enba), Rio de Janeiro, entre 1930 e 1934, onde é aluno de Leo Putz (1869-1940), Augusto Bracet (1881-1960) e Celso Antônio (1896-1984). Em 1932, realiza seu primeiro projeto de jardim para a residência da família Schwartz, no Rio de Janeiro, a convite do arquitetoLucio Costa (1902-1998), que realiza o projeto de arquitetura com Gregori Warchavchik (1896-1972). Entre 1934 e 1937, ocupa o cargo de diretor de parques e jardins do Recife, Pernambuco, onde passa a residir. Nesse período, vai com freqüência ao Rio de Janeiro e tem aulas com Candido Portinari (1903-1962) e com o escritor Mário de Andrade (1893-1945), no Instituto de Arte da Universidade do Distrito Federal. Em 1937, retorna ao Rio de Janeiro e trabalha como assistente de Candido Portinari. O final da década de 1930 arca a integração de sua obra paisagística à arquitetura moderna, época em que o artista experimenta formas orgânicas e sinuosas na elaboração de seus projetos. Sua paixão por plantas remonta à juventude, quando se interessa por botânica e jardinagem, mas é em 1949 que Roberto Burle Marx organiza uma grande coleção, quando adquire um sítio de 800.000 m², em Campo Grande, Rio de Janeiro. Em companhia de botânicos, realiza inúmeras viagens por diversas regiões do país, para coletar e catalogar exemplares de plantas, reproduzindo em sua obra a diversidade fitogeográfica brasileira.

Principais Obras

Jardins do Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, Paisagismo do Eixo Monumental em Brasília, Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

Cronologia
  • 1909 - nasce Burle Marx em 4 de agosto, em São Paulo.
  • 1913 - Muda-se com a família para o Rio de Janeiro, onde fixam domicílio.
  • 1928 a 1929 - Vive período na Alemanha com a família.
  • 1930 a 1934 - Ingressa e frequenta a Escola Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro.
  • 1932 - Primeiro projeto de paisagismo para a residência da família Schwartz no Rio de Janeiro.
  • 1934 - Assume a Diretoria de Parques e Jardins do Recife, projeta praças e jardins públicos.
  • 1937 - Cria o primeiro Parque Ecológico do Recife.
  • 1949 - Adquire um sítio de 365.000 m2, em Guaratiba, RJ, onde abriga uma grande coleção de plantas.
  • 1950 - Projeta o Parque Generalisimo Francisco
  • 1953 - Projeta os Jardins da Cidade Universitária da Universidade do Brasil, Rio de Janeiro.
  • 1953 - Projeta o Jardim do Aeroporto da Pampulha,
  • 1954 - Projeta o paisagismo do Balneário Municipal de Águas de Lindóia-SP.
  • 1954 - Realiza o projeto paisagístico para o Parque Ibirapuera, em São Paulo, SP (não executado).
  • 1955 - Projeta o paisagismo do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM/RJ.
  • 1961 - Projeta o paisagismo para o Eixo Monumental de Brasília.
  • 1961 - Paisagismo do Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro.
  • 1968 - Projeta o paisagismo da Embaixada do Brasil em Washington, D.C. (Estados Unidos).
  • 1970 - Projeta o paisagismo do Palácio Karnak, sede oficial do Governo do Piauí.
  • 1971 - Projeta o paisagismo do aterro da Bahia Sul em Florianópolis.
  • 1971 - Recebe a Comenda da Ordem do Rio Branco do Itamaraty em Brasília.
  • 1982 - Recebe o título Doutor honoris causa da Academia Real de Belas Artes de Haia (Holanda).
  • 1982 - Recebe o título Doutor honoris causa do Royal College of Art em Londres (Inglaterra).
  • 1985 - Doou seu sítio de Guaratiba com seu acervo ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN (na ocasião se chamava Fundação Nacional Pró Memória).
  • 1990 - Projeta o paisagismo do Parque Ipanema, em Ipatinga/MG.
  • 1994 - Morre no Rio de Janeiro, em 5 de junho, tendo projetado mais de 2.000 jardins ao longo de sua vida. O falecimento foi no dia 4 (quatro) de junho.
Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar
Peças sendo leiloadas, compre agora
iArremate leilões
26 de Maio às 20:00

BURLE MARX
Retrato. Desenho a caneta sobre papel. Assinado e datado de 1974 no lado superior. 21 x 13 cm.
iArremate leilões
03 de Junho às 20:30

Roberto Burle Marx A figura humana na obra em desenho. Livro da exposição realizada no Museu Nacional dos Correios em Brasília em 2012. Publicação que revela uma das facetas do mais conhecido paisagista brasileiro. Amplamente ilustrado, medidas 25 x 24 cm, 120 páginas.
iArremate leilões
03 de Junho às 20:30

Roberto Burle Marx. O gravador no Atelier Ymagos. Livro catálogo da exposição "O gravador Roberto Burle Marx no Atelier Ymagos" realizado na Caixa Cultural, em São Paulo, de 14 de março a 26 de abril e, na Caixa Cultural, em Brasília, de 05 de maio a 7 de junho de 2009. A obra reúne a coleção de gravuras de Burle Marx (1909-1994) que realizou no Atelier Ymagos, demonstrando a energia aliada às técnicas sofisticadas de gravação e inmpressão. As obras realizadas pelo artista e arquiteto somam mais de cem entre litografias, gravuras em metal e serigrafias executadas de 1984 a 1993. Esta publicação, assim com a mostra reuniu 71 deste acervo que representam todas as suas fases e sutilezas. Destaque para as obras "Canudos", "Itaituba Azul", "Girandola" e "Luzes da Noite". A publicação acompanha ainda breve biografia do artista. Obra amplamente ilustrada, medidas 18 x 22 cm
iArremate leilões
03 de Junho às 20:30

Roberto Burle Marx - Clambônia - Litografia PA assinada e datada de 1984 - Medidas 60 x 80 cm - Finamente emoldurada
Obras deste artista