Carregando... aguarde
Base submarina da 2ª Guerra é transformada no maior centro de arte digital do mundo - Guia das Artes
Base submarina da 2ª Guerra é transformada no maior centro de arte digital do mundo
Base submarina da 2ª Guerra é transformada no maior centro de arte digital do mundo
O que, no passado, era uma arma de destruição, agora foi reinventado em uma arma pela construção do futuro.
inserido em 2019-12-17 13:12:29
Conteúdo

 

O que, no passado, era uma arma de destruição, agora foi reinventado em uma arma pela construção do futuro.

Essa é a história do Les Bassins de Lumières, um novo museu digital a ser inagurado em abril de 2020 como o maior centro de arte digital do mundo, mas que, durante a Segunda Guerra, foi um imenso bunker para frotas de submarinos alemães e italianos em Bordeaux, na França. O espaço possui 13 mil metros quadrados, e será literalmente coberto por exposições digitais dos maiores mestres da história da arte.


A construção do bunker se deu em durante a ocupação nazista na França, como uma das cinco maiores estruturas construídas no país durante a guerra. Em agosto de 1944 os nazistas deixaram Bordeaux, e uma parte da imensa estrutura – que, em sua dimensão original, tinha 42 mil metros quadrados construídos com mais de 600 mil metros cúbicos de concreto – foi destruída.

A base principal, porém, se manteve de pé, e se tornou um espaço ocupado por empresas mas também por artistas, para filmagens e experimentos visuais.


Desde 2018, porém, a empresa Culturespaces assumiu a gestão do espaço para transforma-lo no imenso centro de arte digital que será inaugurado no ano que vem. A inauguração se dará em quatro galerias, com 100 metros de extensão, 22 metros de largura e 12 metros de altura, receberá a maior instalação artísticas multimídia do planeta, recebendo a obra do grande pintor austríaco Gustav Klimt. A obra do artista alemão Paul Klee também em breve será “exposta” no Les Bassins de Lumières, com projeções em 360º sobre todo o espaço em altíssima qualidade, permitindo que as pessoas – que no passado entravam no bunker para guerrear – agora possam mergulhar na melhor arte dos últimos tempos.

 

 

Fonte:https://www.hypeness.com.br/2019/12/base-submarina-da-2a-guerra-e-transformada-no-maior-centro-de-arte-digital-do-mundo/?utm_source=facebook&utm_medium=hypeness_fb&fbclid=IwAR23ekkLUFh7lYWwVDbEKtRMS5W8hRSaq_wEr-zsOiTgctUX0O4jDuN0mQ4

Fotos
Compartilhe
Comente
Últimos eventos
Qua
01/Jan
ESCULTURAS NO PARQUE DA LUZ- O Parque da Luz, também conhecido como Jardim da Luz, conta com área de aproximadamente 113 mil m² . Foi criado como horto botânico por uma Ordem Régia da Coroa Portuguesa em 19 de novembro de 1798 foi aberto ao público em 1825 como Jardim Botânico já no
Saiba mais
Qua
27/Jul
Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
Dom
31/Jul
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
Qua
05/Ago
Galeria Paiva Frade - 2020-08-05 -IMPORTANTE: Esse leilão será apregoado A VISTA. MODALIDADES: DEPÓSITO BANCÁRIO. Entre em contato: (35) 3332 4150. No caso de arrematação os valores deverão ser quitados, em até 72 horas, após recebimento do E-MAIL DE COBRANÇA. O não cumprimento do prazo
Saiba mais