Carregando... aguarde
Brincando no Parque em Pindamonhangaba-2023-03-26 - Guia das Artes
Brincando no Parque em Pindamonhangaba
Evento encerrado
Brincando no Parque em Pindamonhangaba
Quando aconteceu
Domingo, 26 Março até Domingo, 26 Março
Local
Parque da Cidade de Pindamonhangaba
Av. Geraldo José Rodrigues Alckmin, 460
Conteúdo

 

No dia 26/03, a partir das 10h, Brincando no Parque leva a Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, espetáculos gratuitos de teatro, circo, dança e música.

O projeto já passou por Porto Alegre e São Paulo entre outubro e novembro de 2022.

 

Serão 10 atrações que passeiam por arte de rua, folclore, fantasia, carnaval, mímica e contação de histórias. Para acolher o evento, o Parque da Cidade receberá um picadeiro circense e uma grande tenda. A ideia é trazer com essa estrutura uma reminiscência afetiva, proporcionando um local confortável e seguro. Pais, mães e responsáveis poderão levar suas crianças e jovens para espetáculos que convidam para a reflexão e intervenções, permitindo que a criança interaja e seja agente do aprendizado.

 

Mafalda Pequenino, atriz e diretora, será a Mestre de Cerimônias do evento que, pelo encontro do lúdico com a diversão, busca promover diálogos com temas importantes como ecologia e sustentabilidade, educação, equidade social, racial e de gênero. “Buscamos a valorização da cultura e do trabalho de artistas que são capazes de trazer à pauta discussões relevantes na contemporaneidade de maneira sensível ao público-alvo. Produzir atividades culturais para crianças e jovens é uma grande responsabilidade; por isso, além de promover entretenimento, as companhias e coletivos de artistas selecionados desenvolvem pesquisa continuada e trazem à cena obras de relevância cultural, artística e social”, comentam Julia Pires e Lu Monteiro, curadoras do projeto. “A curadoria valorizou produções que trouxessem essas temáticas a partir da celebração da cultura popular brasileira, com ênfase em atrações que gratificam a efervescência artística do Vale do Paraíba. Dessa forma, trouxemos artistas de São José do Campos, Taubaté, Jacareí, São Luiz do Paraitinga e, sobretudo, da própria cidade de Pindamonhangaba, que enaltecem histórias, lendas, brincadeiras, músicas e saberes únicos da nossa cultura”, completam.

 

Como proposta de contrapartida social, Brincando no Parque realizará também ações formativas em ONGs ou escolas públicas da cidade de Pindamonhangaba.

 

A programação começará às 10h com a apresentação de dança Baque Mulher Taubaté, grupo de 15 batuqueiras que, além de um grupo percussivo e de dança, atua na luta contra o machismo, o racismo e a intolerância religiosa. Depois, seguem Trupe do Fuxico, Grupo Teatro do Imprevisto, Mímico Andarilho Carlos Javkin, Grupo Ziriguidum, NEXDT, Cia Teatral La Trapera, Pequena Trupe de Circo e Banda Despirocadas. Cada apresentação tem entre 30 minutos e 1 hora de duração. 

 

“Até o momento, o Brincando no Parque espalhou muita alegria e atrações artísticas: foram três dias de festival em duas cidades (São Paulo e Porto e Alegre), com 24 performances para um público de mais de 3 mil pessoas. Tudo isso de graça! E também tivemos três dias de atividades em escolas públicas e organizações sociais com o objetivo de formar novos públicos para as artes cênicas. A expectativa para a programação em Pindamonhangaba é a melhor possível, já que contamos com o apoio da Prefeitura e estaremos no parque mais importante da cidade para seguir oferecendo diversão de forma gratuita”, conclui Ítalo Azevedo, gestor da Muda Cultural.  

 

Brincando no Parque em Pindamonhangaba é viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura e patrocinado pela Novelis, líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio, com apoio da Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba. A realização é de Muda Cultural, Ministério da Cultura e Governo Federal, União e Reconstrução.

 

Além da gratuidade, a acessibilidade do festival se dará também por interpretação em Libras das atrações, classificação etária livre, acessibilidade arquitetônica para pessoas com necessidades especiais e fácil localização do local do evento. A partir de uma parceria com a Moreira Cesar Recicla, cooperativa de reciclagem, haverá a gestão sustentável dos resíduos sólidos do evento.


SERVIÇO


Brincando no Parque em Pindamonhangaba


Dia: 26/03 (domingo)

Horário: a partir das 10h

Local: Parque da Cidade de Pindamonhangaba (Av. Geraldo José Rodrigues Alckmin, 460 - Pindamonhangaba, SP)

Classificação livre

Gratuito


Programação completa:


10h00 Baque Mulher Taubaté (dança)

11h00 Gran Cirque de Duá - Lê Classique Show | Trupe do Fuxico (circo)

11h30 Miragens na Caixa | Grupo Teatro do Imprevisto (teatro)

12h00 Eu Não Quero Um Mundo Imundo | Grupo Ziriguidum (teatro - contação de histórias)

12h30 A Menina do Riacho | Núcleo Experimental de Dança e Teatro de São José dos Campos (NEXDT SJC) (dança)

13h30 Piragui | Cia Teatral La Trapera (teatro)

14h00 Ação Brincante com o Mímico Andarilho | Carlos Javkin (circo)

14h30 Variedades Variadas | Pequena Trupe de Circo (circo)

15h30 No Quintal do Mundaréu | Grupo Teatro do Imprevisto (teatro)

17h00 Despiroquei | Banda Despirocadas (música)



SOBRE A MUDA CULTURAL


Muda Cultural, agência especializada na criação de estratégias, gestão de patrocínios e realização de projetos culturais financiados por leis de incentivo, é a responsável pela realização do projeto. Há mais de dez anos no mercado cultural, a empresa tem como missão qualificar a experiência de vida das pessoas e expandir suas potencialidades ao promover contatos de diferentes comunidades com a arte e a cultura. Sob esse propósito, a Muda conecta marcas a seus públicos de interesse, seja na gestão de investimentos sociais privados ou na concepção e desenvolvimento de projetos. Com uma extensa rede de colaboradores e parceiros, a agência navega entre os universos artístico, de produção e de gestão cultural, o que engloba concepção, curadoria artística, produção de conteúdo, planejamento e execução de iniciativas culturais.


SOBRE A NOVELIS AMÉRICA DO SUL


No Brasil, a Novelis possui atividades de laminação de alumínio em Pindamonhangaba e Santo André/SP. A operação local envolve cerca de 1.600 profissionais e alcançou receita da ordem de R$ 13.9 bilhões no FY22. Em 2021, a empresa finalizou investimentos de R$ 750 milhões para ampliar sua capacidade de produção de chapas de alumínio para 680 mil toneladas/ano e sua capacidade de reciclagem para 490 mil toneladas/ano. Em 2022, a Novelis anunciou novos investimentos que aumentarão a capacidade de laminação para 750 mil toneladas/ano até 2024. A companhia mantém 14 centros de coleta de sucata espalhados pelo país.?

* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Fotos
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "São Paulo"
"Tempos Fraturados" - MAC-USP completa 60 anos com nova exposição
Saiba mais
Alma da Rua I -
Saiba mais
Alma da Rua I -
Saiba mais
Araetá – A Literatura dos Povos Originários - Exposição Araetá: A Literatura dos Povos Originários traça panorama sobre a produção literária de autores indígenas
Saiba mais
Lordello Escritório de Arte - 2024-02-27 -
Saiba mais
Mulheres por Mulheres -
Saiba mais
Museu Histórico e Pedagógico D. Pedro I e Dona Leopoldina - Seu acervo é composto de peças e documentações históricas.
Saiba mais