Carregando... aguarde
Salman Toor: Como vou saber - Guia das Artes
Salman Toor: Como vou saber
Salman Toor: Como vou saber
A primeira exposição individual de Salman Toor em um museu - originalmente programada para inaugurar em março de 2020, mas adiada devido à pandemia - é apresentada pelo Whitney Museum of American Art de 13 de novembro de 2020 a 4 de abril de 2021.
inserido em 2021-01-12 14:11:00
Conteúdo

 

Principalmente fazendo trabalhos íntimos de óleo sobre painel , Toor expande a tradição da pintura figurativa ao fundir imediatismo semelhante a um esboço com detalhes desarmadores para criar vistas comoventes de homens jovens queer Brown que vivem na cidade de Nova York e no sul da Ásia.

Salman Toor: How Will I Know faz parte do programa de artistas emergentes do Whitney, que mais recentemente incluiu mostras individuais de Kevin Beasley e Eckhaus Latta, e estará em exibição na John R. Eckel, Jr. Foundation Gallery, no primeiro andar, que está acessível ao público gratuitamente.

“Nos últimos anos, o campo da pintura figurativa foi reinventado mais uma vez, desta vez por artistas que descrevem francamente vidas e culturas que eram muitas vezes esquecidas”, disse Scott Rothkopf, vice-diretor sênior e curador chefe da família de Nancy e Steve Crown. “Salman Toor é um dos mais emocionantes desses jovens talentos, evocando belas histórias em suas telas com um toque sensível e elegante.”

 

Considerando que as figuras que pinta são versões imaginárias de si mesmo e de seus amigos, Toor retrata seus súditos com empatia para se opor aos julgamentos que ele sente que muitas vezes lhes são impostos pelo mundo exterior. Alusões à história da arte - notadamente a pintura clássica europeia e a pintura indiana moderna - aparecem em toda a obra do artista, dotando suas narrativas, que são extraídas da experiência, com elementos de fantasia. Paletas de cores recorrentes, especialmente verdes suaves usados para evocar uma atmosfera noturna, aumentam a emoção e o drama das composições de Toor. Nessas vinhetas de sonho, os personagens dançam em apartamentos apertados, assiste a dramas de época, brincam com cachorrinhos e arrumam o cabelo dos amigos. Enquanto isso, outro conjunto de obras, de tom mais sombrio, destaca momentos de nostalgia e alienação. Uma pintura retrata um jantar familiar taciturno; em uma série de trabalhos, homens desamparados ficam com seus pertences em exibição para o escrutínio dos oficiais de imigração. Rica em detalhes pessoais e situada dentro de uma comunidade diaspórica queer, as pinturas de Toor evocativamente consideram como a vulnerabilidade aparece na vida pública e privada.

A assistente curatorial Ambika Trasi diz: “As ternas representações de amizade e solidão de Toor durante o lazer refletem sobre nosso presente hiperconectado e ainda assim parecem incrivelmente atemporais. Pintando suas personagens como auréolas de luz divina ou como dândis bem vestidos, sua obra homenageia a 'família escolhida' e a importância que tem para as comunidades que faz referência ”.

“Suas pinturas estão tão sintonizadas com as nuances sutis da vida pré-pandêmica”, disse o curador de Nancy e Fred Poses, Christopher Y. Lew. “Toor captura as celebrações silenciosas e ansiedades do dia a dia; e é emocionante compartilhar sua visão comovente com nossos visitantes. ”

 

Fonte: https://www.artandobject.com/press-release/salman-toor-how-will-i-know

Fotos
Compartilhe
Comente
Últimos eventos
Qua
27/Jul
Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
Dom
31/Jul
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
Qui
15/Out
OSGEMEOS: Segredos - Abre ao público hoje, a esperadíssima exposição de Os gêmeos na Pinacoteca de São Paulo.
Saiba mais
Sex
11/Dez
10 ANOS DA MUL.TI.PLO - Galeria celebra seu 10º aniversário com exposição até 16 de fevereiro.
Saiba mais
Sáb
12/Dez
MAM recebe exposição com obras de Hélio Oiticica - Mostra conta com cem obras relacionadas ao ritmo, música e dança
Saiba mais
Sex
18/Dez
Obra de Beatriz Milhazes é exposta no Itaú Cultural e no Masp - Simultaneamente nos dois espaços, a exposição ocorre até 30 de maio de 2021. A visitação deve ser agendada nos sites de ambas as instituições
Saiba mais
Qui
21/Jan
CATARSIS - Abertura: dia 21 de janeiro, quinta-feira, às 18h
Saiba mais
Sex
22/Jan
5º Art Show Room - A INN GALLERY Inaugura o 5º Art Show Room
Saiba mais