Carregando... aguarde
LANÇAMENTO DE COLEÇÕES EM NFT - NON FUNGIBLE TOKEN- Guia das Artes
LANÇAMENTO DE COLEÇÕES EM NFT - NON FUNGIBLE TOKEN
LANÇAMENTO DE COLEÇÕES EM NFT - NON FUNGIBLE TOKEN
ARTISTAS VISUAIS MONICA RIZOLLI E VAMOSS FIRMAM PARCERIAS COM OS MÚSICOS LAN LANH, DJ DEEPLICK E CLAUDIO DAUELSBERG PARA LANÇAMENTO DE COLEÇÕES EM NFT - NON FUNGIBLE TOKEN
inserido em 2021-07-06 18:16:13
Conteúdo

 

As criptoartes estarão disponíveis a partir do início de julho

Dois artistas consagrados no mundo das artes visuais, Monica Rizzolli e Vamoss (Carlos de Oliveira), representados pela Metaverse Agency - primeira agência de criptoarte do Brasil -, acabam de anunciar parcerias com os músicos de renome como Lan Lanh, DJ Deeplick e Claudio Daueslberg para lançamento de coleções artísticas inéditas criadas especialmente em versão digital. As obras serão comercializadas em NFT ("Non-fungible token" - "Token não-fungível", em tradução livre), uma nova tecnologia de autenticação de obras que permite comercialização de trabalhos desmaterializados, as criptoartes. O NFT é um negócio que tem movimentado milhões, impulsionado sobretudo pela economia das criptomoedas e a mudança cultural durante a pandemia.

O lançamento nas plataformas Portion e Makersplace  está marcado para a segunda-feira, dia 12 de julho, e as criptoartes ficarão disponíveis em formato único e não replicável, seguindo as regras do NFT e serão leiloados em criptomoeda Ethereum.

MONICA RIZZOLLI, LAN LANH E DJ DEEPLICK

A artista-programadora Mônica Rizzolli e a percussionista Lan Lanh apresentam a série  Raining in the Cerrado (Chovendo no Cerrado). A obra traz como tema central representações botânicas em ambientes geométricos ao som de uma trilha sonora desenvolvida por Lan Lanh e o DJ Deeplick. A coleção em NFT começa com valor aberto para lances na plataforma Portion, viabilizada pela Metaverse Agency. 

"As flores sempre foram o tema das minhas pinturas desde o início, em 2008. Em 2012, comecei com a programação e os padrões geométricos assumiram o meu trabalho visual. A série Raining in the Cerrado (Chovendo no Cerrado) me permitiu unir processos e narrativas. Adoro representações botânicas em um ambiente geométrico e a diversão de gerar um padrão ornamental contínuo, experimentando o comportamento e a morfologia das flores. Desenhar as flores em vetores e manipulá-las com Processing, usando algorítmos de Pixel Sort associados a outros processos de manipulação de imagens são uma de minhas paixões", explica Rizzolli.

Monica Rizzoli é artista-pogramadora e se formou no Instituto de Artes da UNESP e na Kunsthochschule Kassel (Alemanha). Participou de projetos internacionais importantes, como MAK Center Artists and Architects (EUA), Creatives in Residence (China), Sweet Home (Espanha) e A.I.R. DRAWinternational (França). Rizzolli ganhou o prêmio MAK Schindler, do MAK - Museum of Applied Arts Vienna.
É co-fundadora da Noite de Processing e co-organizadora do Processing Community Day São Paulo de 2019, evento anual da Processing Foundation. Também é sócia da type foundry Just in Type e do estúdio de design Contrast - programação, tipografia e design, inspirando muitos outros artistas pelo mundo.

Para conhecer mais o trabalho de Mônica Rizzolli, clique aqui: 

https://opensea.io/collection/tropical-garden

https://rarible.com/monicarizzolli?tab=created

https://foundation.app/MonicaRizzolli

 

VAMOSS E CLAUDIO DAUESLBERG 

No mesmo momento, os artistas Vamoss Claudio Dauelsberg lançam a criptoarte intitulada "Sacred Masculine" (O Sagrado Masculino), composta de três obras (Integração, Natureza e Cosmos) em que o Vamoss aborda o significado da existência da palavra homem. Dauelsberg criou uma trilha sonora imersiva que integra as obras que começam com valor aberto e serão lançadas pela plataforma Makersplace, viabilizada pela Metavarse Agency.

            “O que significa ser um homem contemporâneo? Como homem cis hétero e branco venho me fazendo essa pergunta em busca de encontrar meu lugar no mundo e as possibilidades de explorar as questões que surgem desse lugar. Encontrei no sagrado masculino uma possibilidade de explorar conceitos que buscam responder a essa pergunta. "Sacred Masculine" é sobre a integração das energias internas: masculino e feminino, artificial e natureza, eu e cosmos são apenas alguns exemplos das dicotomias do eu interior que subdividem nossas forças. Ao integrar essas forças, somos mais fortes, estamos em paz, somos um novo tipo de homem. Um homem preparado para viver em uma sociedade onde a diversidade e equidade importa”, sublinha Vamoss.

Vamoss (Carlos de Oliveira) é artista-programador e Diretor de Tecnologia na SuperUber desde 2011. Ele integra conteúdo, hardware, software, design e arquitetura para desenvolver projetos únicos. Na SuperUber participou de projetos interativos para exposições e eventos, como o Museu do Amanhã, Museu da Língua Portuguesa, Frost Science Museum e Cerimônias de Encerramento das Olimpíadas. E criou experiências para marcas como Tesla, SpaceX, Intel, Microsoft, Nike, Coca-Cola, entre outras. Graduado em Design pela ESPM-Rio, trabalha com mídia interativa desde 2004, desenvolvendo projetos para espaços físicos, celular e web. E Mestre em Economia Criativa na ESPM-Rio, onde se engajou com a comunidade de programação criativa no Brasil para criar o EncontrosDigitais.com.br, uma plataforma colaborativa para compartilhar conhecimento entre programadores criativos e a sociedade. Como parte da comunidade de programação criativa, ele desenvolve experimentos diariamente, onde compartilha ideias que combinam técnicas de computação gráfica, visão computacional, inteligência artificial, processos autônomos e arte generativa. Estes experimentos fluem para os protótipos dos projetos da SuperUber. Carlos foi professor do Istituto Europeo di Design, Universidad Internacional SEK, e o Hyper Templo Maratona de Linguagens, escola que ele ajudou a criar numa favela do Rio de Janeiro em 2015, com a missão de ensinar programação para profissionais e estudantes a colaborar com seus processos criativos.

 

Para conhecer mais o trabalho de Vamoss, clique aqui: 

https://vamoss.com.br

https://opensea.io/collection/tekhne

https://www.hicetnunc.xyz/tz/tz1XuKatiqM9nY94nUZDY6fhkVkK9nRMRMmj

 

METAVERSE AGENCY

 

De acordo com o fundador e CEO Byron Mendes, da Metaverse Agency, primeira agência de criptoarte do Brasil, "o apoio a artistas tão emblemáticos da primeira geração do NFT no Brasil é fundamental para que experimentem outros formatos de viabilizar suas obras de trabalho colaborativo, representando modelos diferenciados de criação artística. Isso tudo é possível graças às inúmeras possibilidades da tecnologia blockchain e da características únicas dos NFTs", conclui. 

 

CRIPTOARTE

Os criptoartistas produzem suas artes digitais em diversos arquivos de imagem. As obras são assinadas com um Certificado de Propriedade Intelectual e registradas por uma tecnologia de segurança, a chamada blockchain. Alguns exemplos de obras vendidas na internet atestam o mercado em expansão. A coleção completa do design digital Beeple (Mike Winkelman) foi comprada por US$ 777.777.77 que teve direito a uma placa de titânio numerada e assinada e uma amostra de cabelo do autor. O mesmo Beeple foi o primeiro NFT a ser vendido na famosa casa de leilões Christie's. A obra de arte "Everydays: The First 5000 Days", uma compilação de cinco mil peças, foi vendida por US$ 69 milhões.

Outro exemplo famoso de NFT é o meme do Nyan Cat, vendido como NFT por quase US$ 600 mil. Na mesma linha dos memes encontra-se um dos mais clássicos da internet: a foto de uma garotinha com cara de debochada em frente a incêndio, vendida por R$ 2,5 milhões. A menina da foto, hoje com 21 anos, recebe 10% de comissão a cada vez que o NFT é revendido. 

SERVIÇO:

LANÇAMENTO DE COLEÇÕES DE CRIPTOARTISTAS EM NFT PELA METAVERSE AGENCY

Dia: segunda-feira, 12 de julho 

Monica Rizzolli, Lan Lanh e DJ Deeplick - Raining in the Cerrado (Chovendo no Cerrado) - plataforma Portion (https://portion.io/)

Visualização:https://docs.google.com/document/d/1FLmu7zsUNJFQV40wtdERB_DZK1XhbAYfTkVpUTvSDRc/edit

 

Vamoss e Claudio Daueslberg - Sacred Masculine (O Sagrado Masculino)- plataforma Makersplace (https://makersplace.com/)

Visualização: https://makerplace.com/vamoss/

Fotos
Compartilhe
Comente
Últimos eventos
Qua
27/Jul
Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
Dom
31/Jul
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
Sáb
29/Mai
Mostra sobre 'Arte Italiana na Pandemia' será inaugurada em 29/5 - Exposição inédita será realizada na MAC USP até 22 de agosto
Saiba mais
Sáb
05/Jun
Exposição-
Saiba mais
Qui
01/Jul
EXPOSIÇÃO “NOSSA HISTÓRIA” DA ARTISTA SIMONE RIBEIRO -
Saiba mais
Qui
15/Jul
Sanagê Pele e Osso -
Saiba mais
Qui
15/Jul
O Círculo e seus Significados -
Saiba mais
Sáb
24/Jul
Exposição: A arte entre o sagrado e o profano -
Saiba mais