Carregando... aguarde
DESENHO DE HENRY MOORE CONFUNDIDO COM IMPRESSÃO PODE VALER US$ 37 MIL EM LEILÃO - Guia das Artes
DESENHO DE HENRY MOORE CONFUNDIDO COM IMPRESSÃO PODE VALER US$ 37 MIL EM LEILÃO
DESENHO DE HENRY MOORE CONFUNDIDO COM IMPRESSÃO PODE VALER US$ 37 MIL EM LEILÃO
inserido em 2023-11-27 19:20:18
Conteúdo

 

DESENHO DE HENRY MOORE CONFUNDIDO COM IMPRESSÃO PODE VALER US$ 37 MIL EM LEILÃO

 

Um desenho redescoberto do proeminente artista britânico Henry Moore, comprado há duas décadas em um brechó, chegará ao leilão em uma venda de arte britânica em 14 de dezembro no Forum Auctions de Londres, com uma estimativa elevada de £ 30.000 (cerca de US$ 37.000). Com base na sua raridade, “pode conseguir muito mais”, disse a casa de leilões.

O vendedor acreditou que a obra fosse uma gravura, mas foi revelado durante avaliação na casa de leilões que se trata de um desenho assinado, com outro desenho no verso. Após dois anos de pesquisa com a Fundação Henry Moore, a Forum Auctions autenticou a obra, que aparecerá em um próximo catálogo raisonné.

O tema de mãe e filho está entre os favoritos de Moore e, em raros casos, aparece nos desenhos de ambos os lados da folha.

“Temos o prazer de oferecer este maravilhoso desenho frente e verso recém-descoberto, de cerca de 1947 a 1949, representando um dos temas mais conhecidos de Henry Moore: ‘Mãe e filho sentados’”, disse Alexander Hayter, chefe internacional de arte moderna e contemporânea do Fórum.

“Descoberta durante uma avaliação, a atual proprietária presumiu que a obra que possuía era ‘apenas uma impressão’ e ficou chocada quando lhe foi informada que se tratava de um desenho original. Desconhecido para os estudiosos da arte, a Fundação Henry Moore conduziu quase dois anos de pesquisa e recentemente confirmou que a obra é de fato do artista”.

Os trabalhos em ambos os lados empregam uma mistura característica de tinta, aquarela e giz de cera. Um lado apresenta quatro imagens fortemente modeladas do motivo, enquanto o outro apresenta uma representação mais delicada e única da imagem em azul e amarelo.

 

Após o serviço militar na Primeira Guerra Mundial, Moore frequentou a Leeds School of Art com a ajuda de uma bolsa de ex-militar, mais tarde frequentando o Royal College of Art em Londres. Na década de 1930, ele era um dos escultores mais proeminentes da Europa, mas voltou-se para o desenho quando perdeu sua casa e estúdio em Hampstead em um bombardeio da Segunda Guerra Mundial.

Moore voltou seu foco consideravelmente para o assunto durante o período da guerra. A morte de sua mãe em 1944 e o nascimento de sua única filha em 1946 alimentaram um maior interesse pelo assunto.

 

Compartilhe
Comente
Últimos eventos
Qua
27/Jul
Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
Dom
31/Jul
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
Ter
08/Nov
MAAT: ORDEM E EQUILÍBRIO NO EGITO ANTIGO - O símbolo da ordem, do equilíbrio e da justiça está representado na nova exposição do Museu Egípcio e Rosacruz Tutankhamon que revela o modo como os egípcios entendiam o funcionamento do mundo, pois, para eles, dependia diretamente da deusa Maat.
Saiba mais
Qui
09/Fev
Galeria Paiva Frade - 2023-02-09 - O modernismo do inicio de século XX
Saiba mais
Dom
19/Mar
"Tempos Fraturados" - MAC-USP completa 60 anos com nova exposição
Saiba mais
Qui
31/Ago
Araetá – A Literatura dos Povos Originários - Exposição Araetá: A Literatura dos Povos Originários traça panorama sobre a produção literária de autores indígenas
Saiba mais
Sáb
27/Jan
Ser Mulher: um Percurso de Papéis -
Saiba mais
Qui
22/Fev
Mulheres por Mulheres -
Saiba mais
Qui
22/Fev
Polo Cultural ItalianoRio – arte, design e inovação -
Saiba mais
Sex
23/Fev
À Margem -
Saiba mais