Carregando... aguarde
Bracher encontra Portinari - Guia das Artes
Bracher encontra Portinari
Bracher encontra Portinari
inserido em 2021-11-01 18:02:26
Conteúdo

 

Em 1º de novembro, pintor mineiro Carlos Bracher e João Candido Portinari conversam ao vivo e on-line nos canais do Ateliê Casa Bracher

 

Dando continuidade à programação do projeto Ateliê Casa Bracher, no dia 1º de novembro, o pintor mineiro Carlos Bracher e João Candido Portinari vão conversar sobre a pintura de Candido Portinari, além de debaterem sobre desafios e importância do resgate e preservação da vida e obra de artistas brasileiros. Filho de um dos grandes mestres da pintura, Candido Portinari, João Candido é fundador e diretor do Projeto Portinari, que há 42 anos zela e divulga a obra de seu pai. O bate-papo, on-line e ao vivo, será transmitido pelo canal no YouTube e Instagram do Ateliê Casa Bracher a partir das 20h. O Ateliê Casa Bracher tem patrocínio do SESI.

“Não se pode falar de Carlos Bracher sem pensar em emoção. Isso me faz lembrar de um texto de um grande intelectual e amigo do meu pai, Otto Maria Carpeaux, no qual escreveu que ‘Portinari é um homem emocionado. Emocionaram-no os homens e as mulheres do Brasil, trabalhadores e sofredores’. Quando relacionamos esse texto com Bracher, ele ganha atualidade”, diz João Candido.

Retratado por Bracher em 2015, João Candido relembra a emoção que foi ter tido a sua pintura feita numa performance às vistas do público, ao vivo, no CCBB Rio. “Você passa por uma explosão de emoções. O Bracher pinta com tudo, a alma, as mãos, os pés. Ele parece um maestro regendo a si próprio. É muito afetivo e amoroso o que ele coloca no retrato.”

Em 1928, Candido Portinari conquistou o “Prêmio de Viagem ao Exterior” – concedido pelo Salão Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro – com o quadro “Retrato de Olegário Mariano”. Trinta e seis anos depois, em 1964, Carlos Bracher foi agraciado com a mesma láurea, tendo permanecido em residência artística por dois anos na Europa. Ambos foram os pintores mais jovens a receber o prêmio, considerado o mais importante do nosso país.  Curiosidades como estas, além das trajetórias artísticas dos pintores, serão abordadas no encontro virtual. O bate-papo estará aberto para perguntas do público.

O projeto Ateliê Casa Bracher (www.ateliecasabracher.com) foi lançado em 19 dezembro de 2020, data do aniversário de 80 anos de Carlos Bracher. Pela primeira vez, mais de 150 obras da coleção pessoal do casal de artistas Carlos e Fani Bracher estão disponíveis online, em site, tour virtual e redes sociais. O acervo fica localizado anexo ao casarão onde ambos residem há cinco décadas, em Ouro Preto. Ao longo deste ano, uma série de eventos com a participação de artistas e de convidados vêm acontecendo nas redes sociais do Ateliê. Este evento será o penúltimo do projeto Ateliê Casa Bracher em rede. 

SOBRE CARLOS BRACHER

Mineiro de Juiz de Fora e descendente de suíços, Carlos Bracher nasceu em 1940, fruto de uma família de artistas. Autodidata, fez sua primeira exposição na cidade natal em 1960, com seus irmãos Nívea e Décio, também pintores. Em 1964, em temporada de viagens para estudos artísticos com Nívea, Carlos descobre Ouro Preto, cidade que elege para viver e retratar. Com apenas 27 anos, ganha o disputado “Prêmio de Viagem ao Exterior” – concedido pelo Salão Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro e considerado a láurea máxima a um pintor brasileiro. Casa-se com Fani Bracher e partem juntos para dois anos de residência na Europa. Em viagens de estudos artísticos vão a Lisboa, São Petersburgo e Moscou.

Em 1980, Bracher foi um dos escolhidos para o importante “Prêmio Hilton de Pintura” como um dos artistas que mais se destacaram na década de 70 (ao lado de João Câmara, Siron Franco, Tomie Ohtake e outros). Intitulada “Pintura Sempre” e com curadoria de Olívio Tavares de Araújo, sua primeira retrospectiva ocorreu em 1989, ocupando em temporadas, significativos espaços de cultura em sete capitais do país. Realizou grandes séries de pinturas: “Do Ouro ao Aço”, “Brasília”, “Petrobras” e “Tributo a Aleijadinho”.

Entre 2014, a mostra “Bracher – Pintura & Permanência” percorreu as quatro unidades do CCBB (Rio, São Paulo, Brasília e BH). No CCBB de Belo Horizonte, a mostra bateu recorde de público de um artista nacional, recebendo ao todo quase 600 mil visitantes. A exposição foi contemplada com Destaque Especial no Prêmio Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) – 2015. Sobre seu trabalho já foram publicados sete livros e realizados dezenas de filmes e documentários. Bracher é um dos artistas brasileiros mais citados em publicações de pintura no país.

 

FICHA TÉCNICA ATELIÊ CASA BRACHER

Artistas: Carlos Bracher e Fani Bracher

Coordenação Geral: Larissa Bracher | Sergio Saboya | Silvio Batistela

Coordenação ACB, pesquisa, arquivo, acervo, curadoria, filmes, produção executiva de eventos e textos do site: Blima Bracher

 

Ateliê Casa Bracher

www.ateliecasabracher.com

Bate-papo ao vivo com Carlos Bracher e João Candido Portinari

Dia 1º de novembro (segunda), às 20h. Gratuito.

Transmissão nos canais do Ateliê Casa Bracher:

Instagram: @ateliecasabracher

YouTube: Casa Bracher https://youtu.be/cofNde5ypkA

 

Fotos
Compartilhe
Comente
Últimos eventos
Qua
27/Jul
Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
Dom
31/Jul
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
Sáb
18/Set
Buffoni, Desenhos Para A Modernidade -
Saiba mais
Qui
14/Out
Samsung Rock Exhibition Rita Lee - Exposição histórica sobre Rita Lee leva panorama da carreira e da vida da artista ao MIS
Saiba mais
Sex
22/Out
EXPOSIÇÃO- Autora do monumento em homenagem a Ayrton Senna convida o público a repensar a vida através de seus trabalhos.
Saiba mais
Sex
22/Out
"IMORTAL: ARTE, ALMA E FUTURO" - Criado como uma obra de arte, traz duas capas, enfatizando o movimento e a liberdade de escolha
Saiba mais
Sáb
30/Out
Exposição Ema e a Moda no século XX -
Saiba mais
Sex
05/Nov
“A Natureza na Arte” -
Saiba mais
Qua
10/Nov
Exposição Jean Guillaume e Hugo Rodriguez -
Saiba mais
Qui
11/Nov
“O próximo, o longe, o horizonte” -
Saiba mais