Carregando... aguarde
Amelia Amorim Toledo principais obras - Guia das Artes
Amelia Amorim Toledo
Informações
Nome:
Amelia Amorim Toledo
Nasceu:
São Paulo, SP (07/12/1926)
Faleceu:
São Paulo (07/11/2017)
Biografia

Amelia Amorim Toledo (São Paulo, São Paulo, 1926). Escultora, pintora, desenhista, designer. Freqüenta o ateliê de Anita Malfatti (1889 - 1964), em São Paulo, no fim dos anos 1930. Entre 1943 e 1947, estuda com Yoshiya Takaoka (1909 - 1978) e, em 1948, com Waldemar da Costa (1904 - 1982). Nesse mesmo ano, trabalha com desenho de projetos no escritório do arquiteto Vilanova Artigas (1915 - 1985). Em 1958, freqüenta a London County Council Central School of Arts and Crafts, em Londres. De volta ao Brasil, em 1960, estuda gravura em metal com João Luís Oliveira Chaves (1924), no Estúdio/Gravura. Obtém, em 1964, o título de mestre pela Universidade de Brasília (UNB). Desde a metade dos anos 1960, leciona na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Mackenzie e na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), em São Paulo, e na Escola Superior de Desenho Industrial (Esdi), no Rio de Janeiro. A artista dedica-se também à pintura a óleo e aquarela e ao design de jóias. Realiza obras para espaços públicos, como o projeto cromático, 1996/1998, para a estação Arcoverde do metrô do Rio de Janeiro. Em 1999, é realizada exposição retrospectiva de sua obra na Galeria do Sesi, em São Paulo, e, em 2004, é publicado o livro Amélia Toledo: As Naturezas do Artifício, de Agnaldo Farias.

Cronologia

1957 – Exposição individual na Galeria Ambiente, São Paulo.

1960 – Exposição individual na Galeria Ambiente, São Paulo.

1961 – Exposição individual na Oca, Rio de Janeiro.

1969 – Exposição individual na Galeria Bonino, Rio de Janeiro.

1970 – Produz a série de “Poços”: o “Poço”, o “Poço da Memória” e a “Paisagem Brasileira”; a série “A Onda” ou “A Piscina Refrescante pode ser um Abismo” Resumo JB – MAM RJ (Melhor exposição do ano).

1976 – Produz “Gambiarra”, “Paisagens”, “Arquivos de Achados”, “O Avesso da sua Orelha”, “Limites do Dentro”, “Frutos do Mar” e “Micropêndulos”. Produz aquarelas “Caligrafias” resultado da observação de conchas e caramujos. Exposição individual “Emergências” – MAM RJ.

1982 – Exposição individual “Frutos do Mar” – Galeria Paulo Figueiredo, São Paulo.

1983 – Exposição individual “Frutos do Mar”- Funarte – RJ e participa da 17ª Bienal de São Paulo.

1984 – Exposição individual na Galeria Luiza Strina; Realiza a série dos “Fiapos”, trabalhos em papel. Participa das exposições “Panorama do Papel” – MAM SP e “Tradição e Ruptura” – Bienal de São Paulo.

1986 – Exposição individual “Pintura” – Espaço Capital, Brasília; MARGS, Porto Alegre. Exposição individual “Fiapos” – Galeria Tina Presser, Porto Alegre.

1989 – Exposição Individual Pintura e Escultura – Galeria Espaço Capital, Brasília; Participa do “Panorama da Pintura” – MAM SP.

1991 – Exposição Individual “O Todo na Parte” – Museu da Fundação Gulbenkian, Lisboa. Prossegue com as séries de aquarelas “Ideogramas do Acaso” que expõe juntamente com pinturas na Galeria Paulo Figueiredo, São Paulo.

1992 – Realiza nova pintura sobre linho e juta. Desenvolve planos para a exposição do MASP. Projeta as “Sete Ondas” e novas idéias para os “Indícios de Sinergia”. Constrói, com apoio das Indústrias Villares e de outras empresas, “O Grande Labirinto de Azul”.

1993 – Com apoio da Acesita, constrói as esculturas que integram a mostra “Caminhos para Olhar” – MASP, uma visão panorâmica de 40 anos de produção artística em 2000m² de exposição. Neste mesmo ano, realiza o painel “Festa” para o SESC Ipiranga SP e participa das exposições “Ultramodern Brazil”, Washington e “Brasil, Segni D’Arte” em Veneza, Milão e Florença. Viaja aos Estados Unidos e Alemanha.

1994 – Mostra esculturas e nova versão das “Sete Ondas” na exposição individual “Estação Amelia” – Centro Cultural São Paulo. Realiza a exposição individual da série “Lightweight” – BACI, Washington, DC.

1996 – Executa a série de esculturas “Labirinto de Horizonte” e realiza a instalação “Horizontes” – Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro. Exposição individual “Light Weight” – Galeria São Paulo; “Organicus”, Berlin / Dresden; “Arcos da Lapa – Laboratoire de Sculpture Urbaine”, Rio de Janeiro; “O Único, o Mesmo, o Afundamento”, Galeria Valú Oria, São Paulo. Inicia os estudos para o Projeto Cromático e de Indicação dos Materiais de Acabamento da Estação Arcoverde do Metrô do Rio de Janeiro, realizado pela Tria Design para o Departamento de Arquitetura da Promon Engenharia, responsável pelo projeto da estação.

1999 – Instalação do conjunto de esculturas “Caleidoscópio”, na Estação Brás do Metrô de São Paulo. “Cotidiano/Arte”, Itaú Cultural, São Paulo. Exposição individual “Entre, a obra está aberta” na Galeria de Arte do SESI/SP, mostra visitada por 37.000 pessoas.

2000 – Projeto Cromático do Complexo Viário João Jorge Saad, São Paulo. “Rosa, Rosas”, exposição em homenagem a Guimarães Rosa, Casa das Rosas, São Paulo.

Outras imagens
Colaboradores com informações sobre este artista

http://ameliatoledo.com/artista/curriculum/

 

AMELIA Toledo. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa9129/amelia-toledo>. Acesso em: 08 de Ago. 2017. Verbete da Enciclopédia.
ISBN: 978-85-7979-060-7

Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar
Peças sendo leiloadas, compre agora
iArremate leilões
12 de Dezembro às 20:30

Amélia Toledo. A obra apresenta um estudo aprofundado da obra de Amelia Toledo. "Este livro aborda as temáticas: 'espaço', 'tempo' e 'matéria e cor'. A partir desses três temas, analisa cada obra ou conjunto de obras da artista, mostrando as diversas relações que é possível estabelecer com elas". Livro amplamente ilustrado, em 320 páginas de papel couché, capa dura com sobrecapa, medidas 30 x 24 cm
iArremate leilões
12 de Dezembro às 20:30

Amelia Toledo - "Movimentos I" - Litogravura 8/46 - Medidas 38 x 52 cm - Assinado e datado de 1985
Obras deste artista