Carregando... aguarde
Match-2024-06-12 - Guia das Artes
Match
amanhã às 12:00h
Match
Quando acontece
Quarta, 12 Junho até Sexta, 09 Agosto
dom
seg
12:00
18:00
ter
12:00
18:00
qua
12:00
18:00
qui
12:00
18:00
sex
12:00
18:00
sab
Local
Galeria de Arte Geraldo Queiroz - Casa da Cultura
Praça Coronel Carneiro, 89 – Fundinho - Uberlândia (MG)
Conteúdo

 

Galeria de Arte Geraldo Queiroz em Uberlândia apresenta a exposição "Match!", de Júnia Azevedo. Mostra apresenta série inédita de retratos inspirados em plataformas online de namoro.Com texto crítico de Renato Rezende, obras podem ser vistas de 12 de junho a 9 de agosto, com entrada franca.

 

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, por meio da Diretoria de Artes e Culturas Integradas de Uberlândia (MG), apresenta a exposição “Match!”, da artista carioca Júnia Azevedo. Com texto crítico de Renato Rezende, a mostra fica em cartaz de 12 de junho a 9 de agosto, na Galeria de Arte Geraldo Queiroz. “Match!” apresenta dez retratos inéditos em grafite sobre papel, onde a artista registra como homens de meia-idade, em sua maioria brancos, héteros e urbanos, se apresentam em um site de paquera virtual. Entre o singelo e o irônico, o conjunto acaba por revelar aspectos simbólicos da nossa sociedade. Realizada por meio de edital, a exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, com entrada franca. O projeto foi aprovado por meio de edital da Secretaria de Cultura e Turismo de Uberlândia.

Num aplicativo de encontros, um candidato tem poucos segundos para se vender: uma boa foto, um par de frases e é tudo. Em um arrastar de dedos, o pretendente pode ser sumariamente descartado. “Com base nessa mecânica, comecei a pesquisar como homens de meia idade se apresentam. Que fotos escolhem, o que dizem de si, o que eles acham que pode ser atrativo para uma mulher? Assim nasceram os retratos da série Match!”, revela a artista.

Segundo Renato Rezende, o resultado são obras que nos provocam, desestabilizando-nos entre o repúdio e o terno, entre o estético e o ético, entre o trágico e o risível. “Esse é o grande trunfo da artista. A obra de Júnia é feminista, sem ser moralista; é crítica, sem ser simplória; é perversa, sem ser sádica. Apenas aparentemente simples, as obras expostas são maduras, complexas. Abalam o patriarcado, com sua abordagem irônica, mas ao mesmo tempo funcionam como um espelho, causando-nos incômodo ao dar a pensar nosso próprio ridículo”, explica.

Com a exposição, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Uberlândia pretende oferecer espaço e visibilidade à produção de artistas de artes visuais de outras localidades, promovendo o intercâmbio artístico-cultural com a comunidade local.

 

Sobre Júnia Azevedo

Natural do Rio de Janeiro, formou-se em Comunicação Social pela PUC-RJ. Atuou por 11 anos na área de criação, em agências de publicidade. Foi gerente de marketing e trabalhou com comunicação corporativa. Sua vivência no campo da arte visual repercute sua experiência profissional nesse universo. Em 2014, lançou o romance O Ser-se (Ed. Circuito), cujas reflexões desdobraram-se em um trabalho de arte tridimensional. Realizou o curso intensivo Processo Criativo, com Charles Watson, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (RJ), em 2013. Em, 2018, iniciou o programa de acompanhamento de projeto com a artista e curadora Lia do Rio, e entrou para a oficina de arte em 3D, coordenada por João Carlos Goldberg, no Parque Lage. Expôs no Espaço Cultural Correios de Niterói, no Midrash Centro Cultural, participou da Casa Tato (SP) e da oficina de arte da Galeria Oma (SP), entre outros. Sua pesquisa artística é uma reflexão sobre os estereótipos ligados ao feminino, incluindo questões ligadas a corpo, comportamento e imaginário. Compõem seu repertório temas como a idealização de um mundo cor de rosa e o estímulo ao desejo e ao consumo por meio da infantilização do adulto, da erotização precoce e da imposição de padrões de beleza e de comportamento. Match! é a segunda individual da artista.

Sobre Renato Rezende

Teórico da arte e curador independente, é mestre e doutor em Arte e Cultura Contemporânea pelo Instituto de Artes da UERJ. Entre suas curadorias mais importantes estão Artevismo hoje (mesa, 2015), Glossário dos nomes próprios (Alex Cerveny, 2015), Cassino (Heleno Bernardi, 2017) e Flávio de Carvalho expedicionário (com Amanda Bonan, 2018).

Sobre a Galeria de Arte Geraldo Queiroz - Casa da Cultura

A Galeria de Arte Geraldo Queiroz recebeu este nome em homenagem ao artista uberlandense, pintor, autodidata e exímio muralista. Sua obra é constituída de desenhos, pinturas e painéis feitos em mosaicos instalados em diversas residências de São Paulo e de Uberlândia. Alguns deles estão tombados pelo Patrimônio Histórico e Cultural da cidade. A utilização da Galeria é feita por meio de edital, realizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. O edital é lançado anualmente para artistas locais e de outros centros.

Serviço

Exposição de arte contemporânea
Título: Match!
Artista: Júnia Azevedo
Texto crítico: Renato Rezende
Local: Galeria de Arte Geraldo Queiroz - Casa da Cultura
Horário: segunda a sexta-feira, das 12h às 18h
Período expositivo: de 12 de junho a 9 de agosto de 2024
End: Praça Coronel Carneiro, 89 – Fundinho - Uberlândia (MG)
Entrada franca

* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "Minas Gerais"
Match -
Saiba mais
Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
Galeria Paiva Frade - 2023-02-09 - O modernismo do inicio de século XX
Saiba mais
Museu de Biodiversidade do Cerrado - O Museu de Biodiversidade do Cerrado nasceu da iniciativa de pesquisadores do Instituto de Biologia da Universidade Federal de Uberlândia que desejaram expor os animais e plantas do Bioma Cerrado para a sociedade.
Saiba mais
Museu de Urbelância - O prédio, grandioso à época, é ainda hoje um dos marcos históricos de Uberlândia. Impõe-se em sua forma, arquitetura e espaço implantado, revelando a sensibilidade e habilidade do projetistaCypriano D’el Fávero.
Saiba mais
Museu Universitário de Arte - Acervo de obras modernas e contemporâneas, espaços expositivos, reserva técnica, sala de conservação e restauro, oficina de ação educativa e auditório com 60 lugares.
Saiba mais