Carregando... aguarde
Vida Arte e Sustentabilidade -2023-11-06 - Guia das Artes
Vida, Arte e Sustentabilidade
Evento encerrado
Vida, Arte e Sustentabilidade
Quando aconteceu
Segunda, 06 Novembro até Sábado, 06 Janeiro
Local
CENTRO CULTURAL CORREIOS DO RIO DE JANEIRO
Rua Visconde de Itaboraí, 20 - Centro, Rio de Janeiro - RJ
Conteúdo
 
BELA - Bienal Europeia e Latino-Americana de Arte Contemporânea abre sua 6ª edição, nos Correios do Rio e de Niterói, com o tema 'Arte, Vida e Sustentabilidade'
 
Com curadoria do conceituado Edson Cardoso, a mostra traz artistas brasileiros e finlandeses, e de outros países europeus, para falar sobre a diversidade da arte.
 
 
 
BELA - Bienal Europeia e Latino-Americana de Arte Contemporânea abre sua 6ª edição, no Centro Cultural Correios RJ (dia 06.11) e no Espaço Cultural Correios Niterói (dia 18.11),  com o tema 'Arte, Vida e Sustentabilidade' , com curadoria do visionário Edson Cardoso (leia-se Ava Galleria), mostrando que a arte é uma atividade fundamental ao ser humano, pois quando o homem produz, ele interage com o mundo em que vive e consigo mesmo. Ela é necessária para que o ser humano se torne capaz de conhecer e assim poder mudar algo, expressando sentimentos.  

Confirmando a importância de um evento internacional desse porte, a mostra apresenta obras de artistas brasileiros e finlandeses em sua maioria, ao lado de artistas portugueses, dinamarquês, sueco, alemão, norueguês, mexicano, italiano, francês, além de um colombiano e três argentinos. 

Os trabalhos apresentam estilos  diferentes, contemporâneos, que promovem um diálogo cultural entre a arte européia e a arte latino-americana, mostrando que a distância continental convive em um mesmo espaço, especialmente quando se fala de manifestações humanas em forma de arte.
 
Edson Cardoso é um dos curadores mais considerados no Brasil e no exterior, tendo saído de uma comunidade do Rio para carreira na Finlândia, e é o responsável pela famosa Bela Biennal, entre outras exposições.
 
Sobre a Bela Bienal
 
A Bela Bienal (Bienal Europeia e Latina Americana de Arte Contemporânea) foi lançada em 2010 no Palácio de Cristal, na Cidade do Porto, em Portugal. Apresentaram-se artistas provenientes da Europa e da América Latina.  

Em 2023, está em sua VI Edição. Já expuseram em todas as edições, mais de 500 artistas.  O tema conceitual deste ano é “Arte, Vida e Sustentabilidade”.  Inaugurou-se a primeira fase no Poleeni Cultural Center, no último dia 25 de maio, na Cidade de Pieksamaki, na Finlândia. Continuará nas cidades de Varkaus e finalmente, no dia 09 de agosto, realizou a abertura em Helsinki, num dos mais importantes centros de arte e cultura finlandês - Cable Factory - espaço que abriga 2 museus, 5 galerias de arte e mais de 100 ateliês dos mais renomados artistas plásticos finlandeses.  A Bienal chega ao Brasil, entre os dias 06/11/2023 a 04/02/2024,  onde será apresentada no Centros Cultural Correios Rio de Janeiro e no Espaço Cultural Correios Niterói. Além disso, haverá alguns trabalhos  também na Ava Galleria Rio (Fábrica Bhering), no Parque das Ruínas - Espaço Glória Maria e no Shopping Cassino Atlântico (Galeria 221 Melinda Garcia).
 
A BELA Bienal foi idealizada para ser realizada na Europa e na América Latina, reunindo obras artísticas de diferentes culturas de ambos os continentes num mesmo espaço. A ideia que move a BELA Bienal pressupõe, acima de tudo, uma atitude de inquietação e ousadia com relação à criatividade, permitindo que o público possa perceber o resultado do olhar diferenciado e inovador de cada artista. Dessa forma, viabiliza-se a abertura de uma discussão sobre o que realizam no cenário da arte contemporânea. Culturas tão distantes geograficamente, porém, próximas do ponto de vista da força criativa. 
 
Dentro do objetivo de promover o diálogo cultural entre as artes europeia e latino-americana, o conjunto de trabalhos selecionados para participar da VI Edição da mostra, irá oferecer um panorama representativo das principais tendências da arte contemporânea, concebidas sob técnicas distintas, praticada nos dois continentes. O tema dos trabalhos será destacado na perspectiva de mostrar o que está sendo produzido na arte contemporânea, tendo a natureza como base de criação. A exposição tem como público-alvo empresários, profissionais liberais, colecionadores, professores, estudantes e público em geral.
 
 
Sobre os artistas
 
Artistas Brasileiros
 
CENTRO CULTURAL CORREIOS RJ
 
Adriano Antoine, Alemão Art, Aline Pageno, Almost Art, Alzira Chaloub, Amanda Padovani, Ana Lúcia Procopiak,  Analu Prestes, Angela Vielitz, Antonia Célia Barros, Antonia Philippsen, Carlos Artencio, Carol Couri, Carol Reis, César Coelho, Christiana Guinle, Claudia Arantes, Daniele Bloris, Deborah Netto, Diego Mendonça, Dorys Daher, Douglas Knesse, Eda Miranda, Elisabeth Wortsman, Ewerton Domingos, Favoretto, Fernando Grilli, Gê Orthof, Georgiana Vidal, Gloria Chan,  Hanne Graice Hansel, Helenita Teixeira, Henrique Hammler, Isabella Leme, Itamar Xavier,  Jeime Andreia Davalo, Jonas Tikerpe, John Erick Rocha,  Jose Antonio de Lima, Julia Dalcastagné, Juliana Araujo, Kinkas Caetano, Liana Gonzalez, Lincoln Costa Nogueira, Lorenzo, Lu Galdenzi, Lucas Esteves Ururahy, Lucia Guim, Luciana Barros, Mara Estela, Mara N Machado, Marcelo Cortes, Marcelo Duprat, Marcelo Galvão, Marcus Frade, Marí S, Marilu Andrasan, Marina Costa, Mario Marques, Mario Schuster, Marlene Blois,  Melinda Garcia, Michel Muller, Moni Carmo, Mônica Toniato, Noé Klabin, Norberto Noschang, Paula Loraine, Paula Queiroz, Paulo Pino, Petra Kollmannsberger, Renata Hoffmann, Roger Monteiro, Rosa de Jesus (in memoriam) , Salete Venzon, Samantha Quintans, Silvio Ferraz, Solange Greco, Tavinho Paes, Wal Andrade, Xana Boarotto.
 
 
ESPAÇO CULTURAL CORREIOS NITERÓI/RJ
 
Adriana Marques, Adriano Antoine, Alemão Art, Aline Pageno, Alzira Chaloub, Amanda Padovani, Antonia Philippsen, Bere, Carlos Artencio, Carol Couri, Carol Reis, César Coelho, Christiana Guinle, Claudia Arantes, Daniele Bloris, Deborah Netto,   Douglas Knesse,  Fernando Grilli, Georgiana Vidal, Hanne Gracie Hansel, Henrique Hammler,  Jeime Andreia Davalo, John Erick Rocha, Jonas Tikerpe,  Julia Dalcastagné, Lincoln Costa Nogueira, Lorenzo,  Lu Magalhães,  Mara N. Machado, Marcelo Côrtes, Marcelo Duprat, Marcelo Galvão, Marcus Frade, Marí S., Maria Francisca, Mariah Campolina,  Marina Costa, Mario Marques, Mario Schuster, Marlene Blois, Mauricio Carvalho, Melinda Garcia, Michel Muller , Moni Carmo,  Mônica Toniato, Noé Klabin, Norberto Noschang, Paula Loraine , Paula Mikkila ,Paula Queiroz, Paulo DuSanctus, Paulo Pino,  Petra Kollmannsberger, Renata Hoffmann, Roger Monteiro, Riitta Hurme, Rosa de Jesus (in memoriam) , Salete Venzon, Samantha Quintans, Silvio Ferraz, Solange Greco, Tavinho Paes, Wal Andrade e  Xana Boarotto.
 
 
Artistas Finlandeses
 
Angela Oker-Blom, Cia Kristiina Lindström, Emilia Kannosto, Hanna Uggla, Hannele Haatainen, Lea Karvala, Maiju Ahlgren, Maj-Lis Tanner, Malmivaara Olli, Marja Saarikoski, Merja Simberg, Minna Herrala, Paula Mikkilä, Päivi Suomi, Raija Kuisma, Raija Tuuri, Sari-Aino Tolonen, Satu Turunen - Taheri, Sini-Meri Hedberg, Sirpa Heikkinen, Ulla-Maija Vaittinen, Ole Skovsmose, Helena Kuulkers, Kirsti Uimonen, Maj-lis tanner, Merja Hujo
 
 
ALEMANHA Michel Müller, Petra Kollmannsberger 
ARGENTINA Jantus, Maria Jacobe, Paula Loraine 
COLÔMBIA Frayackus 
DINAMARCA Ole Skovismose 
FRANÇA Jacques Stemer, Kinkas Caetano 
ITÁLIA Helena Manzan 
MÉXICO Linda Achar 
NORUEGA Ole Jakob, Ihlebaek, Calina Pandele Yttredal 
PORTUGAL Rosa de Jesus (in memoriam), Xana Boarotto, São Matias Nunes 
SUÉCIA Margareta Gelles 


Serviço
 
VI  BELA - Bienal Europeia e Latino-Americana de Arte Contemporânea
 

Exposição de trabalhos de arte contemporânea com a participação de mais de 100 artistas da América Latina e da Europa. 
 
TEMA: Vida, Arte e Sustentabilidade 
 
CURADORIA INTERNACIONAL:  Jari Järnström (Finlândia) ? Maaria Märkälä (Finlândia) ? Michael Müller (Alemanha)
 
COORDENAÇÃO GERAL: Edson Cardoso ? Helena Cardoso 
 
CURADORIA NACIONAL: Edson Cardoso
 
PRODUÇÃO NACIONAL: Victor Vicente ? Yumi Nakaoka Weck 
 
DESIGN: Ailton de Oliveira ? Guilherme Bonomo 
 
PROJETO SOCIAL: Gloria Chan ? Elisia Alfradique 
 
ASSESSORIA DE IMPRENSA: Paula Ramagem
 
Local: 
 
CENTRO CULTURAL CORREIOS DO RIO DE JANEIRO 
 
Rua Visconde de Itaboraí, 20 - Centro, Rio de Janeiro - RJ 
 
Abertura: 06/11/2023 às 16h
 
Visitação: de 06/11/2023 a 06/01/2024
 
Dias e horários: de terça a sábado, das 12h às 19h
 
ESPAÇO CULTURAL CORREIOS NITERÓI RJ
Av. Visconde de Rio Branco, 481 – Centro – Niterói/RJ 
 
Abertura: 18/11/2023 às 16h
 
Visitação: 18/11/2023 a  06/01/2024
 
Dias e horários: de segunda a sexta, das 11h às 18h e sábado,  das 13h às 17h 
 
Realização: Ava Galleria
 
Assessoria de Imprensa: Paula Ramagem @paulasoaresramagem
 
Apoio: ICELA - Instituto de Cultura Europeia e Latino Americana / Arte Vida Arte / PR Comunicação / Bela Biennal 
 
Acessibilidade e Inclusão -  presença de intérprete de libras, audiodescrição em eventos presenciais e online, bem como de LSE – Legendagem para surdos e ensurdecidos quando houver exibição de vídeos.

Evento gratuito
Censura Livre.
 

Como chegar: CENTRO - metrô (descer na estação Uruguaiana, saída em direção à Rua da Alfândega); ônibus (saltar em pontos próximos da Rua Primeiro de Março, da Praça XV ou Candelária); barcas (Terminal Praça XV); VLT (saltar na Av. Rio Branco/Uruguaiana ou Praça XV); trem (saltar na estação Central e pegar VLT até a AV. Rio Branco/Uruguaiana).  NITERÓI - Barcas (estação Araribóia), UBER, táxi, ônibus. Do Rio, metrô ou ônibus até a estação Carioca, caminhar até a Estação das Barcas na Praça XV.

 

Acessibilidade: adaptado para pessoas cadeirantes

 
Instagram: https://www.instagram.com/belabiennial/
Facebook: https://www.facebook.com/BelaBiennial

Site: www.belabienal.org

E-mail: administracao@belabienal.org
 
 
Assessoria de Imprensa:
 
Paula Ramagem
 
21 99506-7999
 
Fotos: 01. Fernando Grilli / 02. Mario Marques / 03. Daniele Bloris / 04. Paula Queiroz / 05 e 06. Diego Mendonça /07. Carlos Artencio / 08. Angela Vielitz
* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "Rio de Janeiro"
1500 BABILÔNIA GALERIA - “Redesenhos” é mostra de série inédita do fotógrafo Edouard Fraipont composta de sete imagens e um vídeo. Ele explora o conceito de fotoperformance, em parceria com a coreógrafa e bailarina Alexandra Naudet, e propõe figuras redesenhadas pelo movimento do
Saiba mais
A Gentil Carioca - Fundado em setembro de 2003 pelos artistas plásticos Ernesto Neto, Franklin Cassaro, Laura Lima e Márcio Botner, esse espaço para a arte contemporânea representa e mantém em acervo obras dos artistas Thiago Rocha Pitta, João Modé, Jarbas Lopes, Paulo Nenf
Saiba mais
ALMACÉN GALERIA DE ARTE BARRA DA TIJUCA - Estabelecida no CasaShopping, na Barra da Tijuca, desde 1986, a galeria mantém em acervo obras de Tomie Ohtake, Cildo Meireles, Antonio Dias, Marco Coelho Benjamim, Fernando Velloso, Walter Goldfarb, Cruz-Diez, Jussara Age, Yuli Geszti, Silvio Baptista, H
Saiba mais
AMARELONEGRO ARTE CONTEMPORÂNEA - O artista curitibano Juan Parada apresenta na exposição “Teto Verde” uma grande instalação. A obra, que tem o formato de uma casa, está disposta de cabeça para baixo. Destaque para o teto verde, no qual o a terra está por cima e as plantas crescem para ba
Saiba mais
Anna Bella Geiger – Entre o relevo e o recorte -
Saiba mais
ANTIGA FÁBRICA DA BHERING - O espaço onde funcionava a ex-fábrica de chocolates Bhering, abriga 52 ateliês de artistas e 22 pequenas empresas do ramo cultural. O maquinário e as antigas instalações da fábrica servem de inspiração para criação e também são incorporados aos trabalhos
Saiba mais
Argus -
Saiba mais
ATELIER CURVELO - Instalado em um casarão de 1896 com vista para a Baia de Guanabara, em Santa Teresa, o espaço abriga criações do artista plástico Zemog e peças de sua esposa, a designer Rita Dias. Zemog usa materiais nada nobres como tampinhas de refrigerante, espelhos e
Saiba mais
BIBLIOTECA NACIONAL - O prédio, em estilo neoclássico, foi projetado pelo arquiteto Francisco Marcelino de Souza Aguiar. Inaugurado em 1910, reúne um acervo de cerca de nove milhões de peças, entre raridades como a Bíblia de Mogúncia, impressa em 1462, a edição dos Lusíadas de
Saiba mais
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
ESPAÇO CULTURAL MUNICIPAL SÉRGIO PORTO - O local é um dos espaços culturais mais interessantes do Rio. Integra a Rede Municipal de Teatros da Secretaria Municipal de Cultura. Tem uma programação variada, com exposições de arte, palestras, debates, workshops, espetáculos de teatro, recitais de po
Saiba mais
EXPOSIÇÃO BLOCO DO PRAZER -
Saiba mais
Exposição YVY MARÃEY - A TERRA SEM MALES -
Saiba mais
FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA - A mansão onde está instalado o museu, construída em 1849, em estilo neoclássico, serviu de residência a Rui Barbosa (1849-1923) durante os últimos 28 anos de sua vida. Possui um acervo de 1.400 peças de mobiliário, objetos decorativos e de uso pessoal e p
Saiba mais
Galeria Valdir Teixeira -
Saiba mais
Mão de Vaca -
Saiba mais
No Céu da Pátria Nesse Instante – Audiovisual Expandido -
Saiba mais
Os Artivistas: Carlos Scliar e Cildo Meireles -
Saiba mais
Os Super Heróis Negros -
Saiba mais
TROMBA D’ÁGUA -
Saiba mais