Carregando... aguarde
Mostras que inauguram Casa Roberto Marinho reúnem 134 obras modernas e contemporâneas - Guia das Artes
Mostras que inauguram Casa Roberto Marinho reúnem 134 obras modernas e contemporâneas
Mostras que inauguram Casa Roberto Marinho reúnem 134 obras modernas e contemporâneas
Telas de Tarsila, Segall e Pancetti e desenhos de Ismael Nery são destaque
inserido em 2018-04-19 20:06:24
Conteúdo

RIO — As duas mostras que marcam a inauguração da Casa Roberto Marinho foram pensadas para simbolizar um marco na história tanto da coleção quanto do imóvel. “Modernos 10 — Destaques da Coleção” reúne telas e desenhos de dez dos artistas mais bem representados no acervo reunido ao longo de seis décadas pelo jornalista: Pancetti, Tarsila do Amaral, Di Cavalcante, Ismael Nery, Guignard, Djanira, Milton Dacosta, Lasar Segall, Portinari e Burle Marx.

Há preciosidades como o “Kaddish”, de Segall, uma das últimas aquisições, já na década de 1990. E “O touro” (1925), de Tarsila, obra que chegou a ser pedida pelo MoMA para a grande mostra sobre a artista brasileira em cartaz no museu nova-iorquino (e não emprestada por causa da inauguração da Casa). Também está na exposição “Boneco” (1939), de Pancetti, que era uma das obras preferidas do colecionador. Há ainda uma impressionante série de desenhos de Ismael Nery dos anos 1930, com doses de nudez e erotismo, questões pouco abordadas na arte brasileira do período.

Já “10 Contemporâneos”, no térreo, faz uma homenagem à ideia de casa, reunindo dez artistas em atividade: Anna Bella Geiger, Carlos Vergara, Daniel Senise, José Bechara, Lena Bergstein, Luiz Áquila, Luiz Zerbini, Malu Fatorelli, Roberto Magalhães e Wanda Pimentel. A convite de Lauro Cavalcanti, cada um deles produziu uma gravura,

— Essa mostra sinaliza o diálogo entre o moderno e o contemporâneo, que vai ser permanente, comemorando a inauguração da Casa Roberto Marinho — diz Cavalcanti. — Chamamos artistas que, tradicionalmente, nas suas linguagens, abordam esse tema, e pedimos que o usassem do modo mais pessoal que quisessem.

As mostras ficam em cartaz até 30 de setembro. Em outubro, será inaugurada “Oito décadas de abstração informal”, com curadoria de Cavalcanti e Felipe Chaimovich, uma parceria com o Museu de Arte Moderna de São Paulo — primeira de muitas que o diretor da instituição carioca pretende promover. No museu paulistano, onde fica em cartaz até domingo, a mostra que reuniu os acervos das duas instituições foi vista por uma média de 900 visitantes diários.

 

LEIA DETALHES DA COLEÇÃO

Número de obras: São 1.473 cadastradas, entre pinturas, esculturas, gravuras e desenhos, com foco no modernismo e na abstração informal brasileiros.

A Primeira. Não há dados precisos, mas o início da coleção se deu, provavelmente, com um Pancetti, no fim dos anos 1930. O ateliê do artista ficava na Rua de Santana, no Centro do Rio, de fundos para o pátio do jornal O GLOBO — a pintura “Paisagem”, 1939, na exposição, mostra isso.

A Última. Novamente, não há um dado preciso. Foram compradas na segunda metade dos anos 1990, entre elas “Kaddish” (1917-18), de Segall, e “En vue de Saint-Jeannet” (1972), de Marc Chagall.

Artista com mais obras. Ismael Nery, com 72 (duas pinturas e 70 desenhos), Pancetti, com 29 pinturas, e Di Cavalcanti, com 21 pinturas, dois desenhos e cinco gravuras.

Artistas contemporâneos. Há obras de Jorginho Guinle e Antonio Dias.

Quem falta. Segundo Joel Coelho, há 30 anos coordenador da Coleção Roberto Marinho, o colecionador era grande admirador de Henry Moore, e se ressentia de não te r comprado uma obra do escultor inglês quando este participou da II Bienal de São Paulo, em 1953.

Estrangeiros. Há vários, como Vieira da Silva, De Chirico, Chagall, Fernand Leger e Pierre Soulages.

 
Fonte: O Globo
Compartilhe
Comente
Últimos eventos
Qua
01/Jan
ESCULTURAS NO PARQUE DA LUZ- O Parque da Luz, também conhecido como Jardim da Luz, conta com área de aproximadamente 113 mil m² . Foi criado como horto botânico por uma Ordem Régia da Coroa Portuguesa em 19 de novembro de 1798 foi aberto ao público em 1825 como Jardim Botânico já no
Saiba mais
Ter
07/Jan
GALERIA TÁTIL- A Pinacoteca do Estado apresenta exposição com 12 esculturas táteis, em bronze, que fazem parte do acervo do museu. A seleção das obras foi realizada considerando a indicação do público com deficiências visuais que participou de visitas orientadas ao acer
Saiba mais
Seg
07/Jul
Galeria Tatil na Pinacoteca de Sâo Paulo - A Pinacoteca do Estado apresenta exposição com 12 esculturas táteis, em bronze, que fazem parte do acervo do museu
Saiba mais
Qua
27/Jul
Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
Dom
31/Jul
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
Sáb
22/Out
Galeria José e Paulina Nemirovsky - Arte Moderna - A mostra é uma reorganização e ampliação da exposição sobre o Modernismo.
Saiba mais
Dom
27/Ago
Arte no Brasil: Uma história na Pinacoteca de São Paulo. Vanguarda brasileira dos anos 1960 - Coleção Roger Wright - A mostra de longa duração celebra o comodato de 178 obras estabelecido em março de 2015 entre a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, a Pinacoteca e a Associação Cultural Goivos, responsável pela Coleção Roger Wright.
Saiba mais
Dom
22/Out
Galeria José e Paulina Nemirovsky - Arte moderna - Essa é uma exposição única e especial, que percorre grande parte do cenário histórico-cultural brasileiro do século XX. Sem contar que ampliamos de 49 para 110 obras essa mostra, todas emblemáticas e de reconhecimento internacional. Estamos muito satisfei
Saiba mais
Seg
11/Dez
Acervo em Transformação - A volta dos radicais cavaletes de cristal de Lina Bo Bardi à exposição do acervo apresenta uma seleção de obras provenientes de diversas coleções do museu, abrangendo um arco temporal que vai do século 4 a.C. a 2008. Os cavaletes tiveram sua estreia na ab
Saiba mais
Dom
04/Mar
Anna Bella & Lygia & Mira & Wanda -
Saiba mais