Carregando... aguarde
Maurice de Vlaminck artista - Guia das Artes
Maurice de Vlaminck
Informações
Nome:
Maurice de Vlaminck
Nasceu:
Paris - França (04/04/1876)
Faleceu:
Rueil la Gadelière (11/10/1958)
Biografia

Maurice de Vlaminck foi um pintor francês. Ao lado de André Derain eHenri Matisse, é considerado um dos principais nomes do movimento fauvista, um grupo deartistas modernos que estiveram unidos, de 1904a 1908, no uso de cores intensas em suas obras.
Maurice de Vlaminck nasceu em Paris, em uma família de músicos. Seu pai lhe ensinou a tocar violino. Ele começou a pintar quando já era quase um adulto. Em 1893, ele estudou com o pintor Henri Rigalon na Ile de Chatou. Casou-se pela primeira vez em 1894. A grande sorte em sua vida foi ter encontrado André Derain em um trem para Paris quase no final de seu serviço no exército. Vlaminck, com 23 anos na ocasião, desenvolveu uma forte amizade com Derain. QuandoVlaminck completou seu serviço militar em 1900, os dois alugaram um estúdio. Vlaminck pintava durante o dia e ganhava a vida dando aulas de violino e tocando com uma banda durante a noite. Em 1911, viajou para Londres para pintar o rio Tamisa. Em 1913, ele pintou novamente com Derain em Marselha e Martigues. Durante a Primeira Guerra Mundial, ele começou a escrever poesia. Depois, ele estabeleceu-se nos subúrbios de Paris. Casou com sua segunda mulher, com quem teve duas filhas. De 1925 em diante, ele viajou pela França, mas continuou a pintar, principalmente ao longo do rio Sena, próximo a Paris.

Fauvismo
"Quero incendiar a Escola de Belas Artes com meus vermelhos e azuis." Essas são palavras de Maurice de Vlaminck, pintor francês, nascido em 1876, que revolucionou uma época. Considerado o mais autêntico dos fauvistas, Vlaminck tornou-se pintor enquanto ganhava a vida como violinista de orquestras ciganas em Paris.
No início do século XX, destacou-se entre os outros fauvistas. As suas telas fauve marcam a explosão de cores quentes e puras. No entanto, logo Vlaminck abandonaria o "estilo selvagem" em busca de um caminho próprio.
Antes de chegar à maturidade, quando suas obras passaram a ressaltar telhados e ruas nevadas, ele passou por um período fértil sob influência de Cézanne. Deixou-se impregnar pela vibração dos amarelos de Van Gogh em trabalhos como Montes di feno (1950), que se distanciam completamente da melancolia de suas telas invernais. Após a I Guerra mundial, suas telas ficaram mais sombrias e mais tarde Vlaminck acabou adotando um estilo entre expressionista e realista. Faleceu em 1958

Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar