Carregando... aguarde
Eugenio Proença Sigaud - Guia das Artes
Eugenio Proença Sigaud
Informações
Nome:
Eugenio Proença Sigaud
Biografia

Mudou-se com a família para Belo Horizonte, em 1904. Em 1920 gradua-se como engenheiro agrônomo pela Escola de Agronomia de Belo Horizonte.  Fixou-se no Rio de Janeiro no ano de 1921. No mesmo período, matricula-se no curso livre da Escola de Belas Artes, no Rio de Janeiro, tendo sido aluno de Modesto Brocos. Entre 1927 e 1932 cursa arquitetura na Escola de Belas Artes, no Rio de Janeiro. No ano de 1931 foi um dos criadores, junto com Tenreiro Da Costa e outros, do Núcleo Bernardelli, no Rio de Janeiro. Filiou-se ao Partido Comunista do Brasil. É aluno de Portinari no Instituto de Arte da Universidade do Distrito Federa entre 1935 e 1937. Em 1944 atua como jurado no Salão Nacional de Belas Artes, no Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. Em 1949 é lançado álbum de águas fortes do artista. Reside em Jacarezinho, PR, entre 1954 e 1958 onde fez mural para a catedral local, a pedido de seu irmão, o bispo Geraldo Sigaud.

Cronologia

Realizou as seguintes exposições individuais:
1941 – Palace Hotel, Rio de Janeiro.
1946 – Universidade do Chile, Santiago, Chile.
1947 – Galeria Muller, Buenos Aires, Argentina; Instituto de Cultura Uruguayo-Brasileño, Montevidéu, Uruguai; Instituto dos Arquitetos do Brasil, Rio de Janeiro.
1972 – Galeria da Praça, Rio de Janeiro.
1973 – A Galeria, São Paulo.
1977 – Galeria B-75 Concorde, Rio de Janeiro.

Participou, entre outras, das seguintes exposições coletivas:
1923 – Salão da Primavera, Rio de Janeiro.
1924-27, 29, 30, 34 – Exposição Geral de Belas Artes, Escola Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro.
1926 – Salão dos Novos, Rio de Janeiro.
1931 – Salão Revolucionário, Escola Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro.
1934, 36, 42 e 44 – Salão Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro (medalha de bronze na edição de 1936 e de prata na de 1942).
1937, 39 – Salão Paulista de Belas Artes.
1939 – Mostra de arte brasileira, Riverside Museum, Nova York, Estados Unidos, menção honrosa.
1940 – Salão do Instituto de Belas Artes do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, medalha de bronze.
1948 – South African National Gallery, Cidade do Cabo, África do Sul.
1951 – Bienal de São Paulo, São Paulo.
1952, 53, 62 e 67 – Salão Nacional de Arte Moderna, Rio de Janeiro (prêmio aquisição na edição de 1953).
1974 – Galeria Ibeu Copacabana, Rio de Janeiro.

Trabalhos do artista foram exibidos postumamente, entre outras, nas seguintes mostras:
1980 – Desenhos de Sigaud, Galeria Andréa Sigaud, Rio de Janeiro.
1982 – Exposição Núcleo Bernardelli: arte brasileira nos anos 30 e 40, Acervo Galeria de Arte, São Paulo.
1985 – Sigaud, 1899-1979: 60 anos de linguagem gráfica, Espaço Cultural Chap Chap, São Paulo.
1991 – Museu Municipal de Arte: acervo, Museu Municipal de Arte, Curitiba, PR.
1996 – Visões do Rio, Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro.
2000 – Quando o Brasil era Moderno: artes plásticas no Rio de Janeiro de 1905 a 1960, Paço Imperial, Rio de Janeiro.
2003 – Tesouros da Caixa: arte moderna brasileira no acervo da Caixa, Conjunto Cultural da Caixa, Rio de Janeiro.
2004 – Gabinete de Papel, Centro Cultural São Paulo, São Paulo.

Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar
Peças sendo leiloadas, compre agora
iArremate leilões
30 de Setembro às 20:30

EUGÊNIO PROENÇA SIGAUD - Vaso de flores - Encaustica sobre eucatex - 60 x 50cm - assinado canto superior direito e verso.
Obras deste artista