Carregando... aguarde
Adriano de Aquino obras principais - Guia das Artes
Adriano de Aquino
Informações
Nome:
Adriano de Aquino
Nasceu:
Belo Horizonte, MG (05/12/1946)
Biografia

Pintor, administrador e videomaker. Adriano de Aquino (1946: Belo Horizonte, MG). Seguiu trajetória do abstracionismo para a Pop Art. Seu irmão, Ângelo de Aquino, dedicou-se à pintura e à multimídia.

Cronologia

1949 – Mudou-se com a família para o Rio de Janeiro. 1961 – Começou a pintar como autodidata. 1963-64 – Estudou gravura na Escola Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro. 1973 – Participou da mostra World Print Competition (Concurso Mundial de Arte de Impressão) São Francisco, EUA. 1973-76 – Residiu em Paris, graças a bolsa concedida pelo governo francês. 1982- 86 – Foi coordenador da Fundação de Arte do Estado do Rio de Janeiro. 1990-94 – Foi superintendente dos museus da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro. 1999-2001 – Foi secretário da Cultura do mesmo estado. Entre suas exposições individuais, contam-se as seguintes: 1973 – Centro Cultural Lume, Rio de Janeiro, RJ. 1977 – Petite Galerie, Rio de Janeiro, RJ. 1978 – Obelisk Galerie, Boston, EUA. 1979 – Petite Galerie, Rio de Janeiro, RJ. 1982 – Museu de Arte Moderna e Galeria Paulo Klabin, ambos no Rio de Janeiro. 1984 – Galeria Arte Espaço, Rio de Janeiro, RJ. 1985 – Usina Arte Contemporânea, Vitória, ES. 1986 – Galeria Saramenha, Rio de Janeiro, RJ. 1988 – Galeria Montessanti, Rio de Janeiro, RJ e São Paulo, SP. 1990 – Seis Vezes Seis Vermelho, Galeria 110 Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ. 1992 – Centro Cultural do Banco do Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 1995 – Casa França-Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 1996 – Galeria Valu Oria, São Paulo. 1997 – GB Arte, Rio de Janeiro, RJ. 1998 – Galeria Paulo Fernandes, Rio de Janeiro, RJ. 1999 – Galeria Lygia Clark, Palácio Gustavo Capanema, Rio de Janeiro, RJ. 2007 – Paço Imperial, Rio de Janeiro, RJ. 2008 – Caixa Cultural, Rio de Janeiro, RJ e São Paulo, SP. Das exposições coletivas de que tomou parte, destacam-se as seguintes: 1963-64 – Salão Nacional de Arte Moderna, Rio de Janeiro, RJ. 1965 – Opinião 65 e Salão Esso de Artistas Jovens, ambas no Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro, RJ; Propostas 65, Fundação Armando Álvares Penteado, São Paulo, SP. 1966 – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG. 1984 – Petite Galerie, Rio de Janeiro, RJ; Retrato e Auto-Retrato da Arte Brasileira, Museu de Arte Moderna, São Paulo, SP. 1985 – Opinião 65 - 20 Anos Depois, Galeria Banerj, Rio de Janeiro, RJ. 1986 – Escola de Artes Visuais/Parque Lage, Rio de Janeiro, RJ. 1987– Sala Especial da 19ª Bienal Internacional de São Paulo.

Outras imagens
Colaboradores com informações sobre este artista

ADRIANO de Aquino. Centro Cultural do Banco do Brasil. Rio de Janeiro, 1992. LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário Crítico da Pintura no Brasil. p.33, Artlivre, 1988. OPINIÃO 65. Curadoria de Frederico Morais. Galeria de Arte Banerj, Rio de Janeiro, 1985. PONTUAL, Roberto. Entre dois séculos: arte brasileira do século XX na coleção Gilberto Chateaubriand. Edições Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 1987. ZANINI, Walter. História geral da arte no Brasil. Instituto Moreira Salles/Fundação Djalma Guimarães, São Paulo, 1983.

Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar
Obras deste artista