Carregando... aguarde
Nunca Desista de Seus Sonhos-2024-03-16 - Guia das Artes
Nunca Desista de Seus Sonhos
Evento encerrado
Nunca Desista de Seus Sonhos
Quando aconteceu
Sábado, 16 Março até Domingo, 24 Março
Local
Teatro Vannucci
Rua Marquês de São Vicente 52, Shopping da Gávea
Conteúdo

 

Peça ‘Nunca desista de seus sonhos’, baseada na obra de Augusto Cury, considerado o autor mais lido da década, reestreia no Rio

Em seu terceiro ano em turnê pelo Brasil, a comédia reflexiva reestreia no dia 16 de março no Teatro Vannucci, no Shopping da Gávea, em curtíssima temporada. Maximiliana Reis e Nizo Neto protagonizam a história. A direção é de Rogério Fabiano

 

“Vale a pena viver a vida, mesmo quando o mundo parece ruir aos nossos pés. Para isso, devemos usar nossos sonhos para temperar a existência, nossas dores para nos construir e não para nos destruir”. Esse pensamento de Augusto Cury, médico psiquiatra e considerado o autor mais lido da década, nos dá apenas um aperitivo do que o público pode esperar ao assistir à comédia dramática “Nunca desista de seus sonhos”, que reestreia dia 16 de março no Teatro Vannucci, no Shopping da Gávea, na Zona Sul do Rio. A peça, baseada no livro homônimo de Cury, propõe ao público uma viagem de autoconhecimento, reflexão sobre a sua própria vida e sobre a necessidade de uma orientação psicológica diante de problemas autossabotadores, além do entendimento de seus sonhos como objetivos a serem buscados em qualquer tempo, mas de forma alegre e divertida. No palco, os protagonistas Maximiliana Reis e Nizo Neto experimentam uma verdadeira salada de emoções, indo do riso à angústia, passeando por mensagens de resiliência, motivacionais e de muita esperança. Em busca da felicidade, mesmo quando tudo parece dar errado.  “Devemos gritar em silêncio que os melhores dias estão por vir, enfrentar os períodos mais tristes da vida não como pontos finais, mas como vírgulas para continuar a escrever nossa trajetória”, completa Cury, que adaptou o texto para a linguagem do teatro, ao lado de Ingrid Zavarezzi. A direção é assinada por Rogério Fabiano. Curtíssima temporada até o dia 24 de março, o espetáculo poderá ser visto aos sábados, às 21h; e aos domingos, às 20h. A classificação é de 10 anos.

A trama tem como ponto de partida a psicóloga Carol, de 60 anos, adepta da metodologia do Dr. Cury, que tem sucesso com seus pacientes, mas mal consegue administrar a sua vida, que é uma verdadeira comédia dramática romântica. Em cena, a mulher seduzida por um homem mais jovem; a típica adolescente, da geração Z, que acha a mãe "sem noção", pegando no seu pé; o empresário engraçado, que se acha um azarado nos negócios; a correria doméstica do dia a dia de uma mãe separada; a senhora que faz tudo de sua vida um drama, mas, na verdade, são questões solucionáveis e que levam o público à gargalhada; entre outros tipos engraçados que fazem humor da tragédia. A história ainda mistura ficção com situações reais. Passagens de vida do próprio Cury, de Abraham Lincoln, Martin Luther King e Jesus Cristo ilustram a produção. Como, por exemplo, numa cena em que o Dr. Augusto Cury (vivido por Nizo Neto) conversa com o neto.

“É uma obra que fala sobre a importância de sonhar com disciplina, tomar as rédeas da vida, entender que nosso universo pessoal não é uma ilha e que isso vale para todas as gerações. Grandes figuras da história da humanidade vivenciaram as mesmas dúvidas e problemas que nós, hoje, vivenciamos, e nossos personagens também”, detalha a autora e roteirista Ingrid, que, em 25 anos de carreira, coleciona trabalhos na TV, no teatro e na web. Entre os destaques: escreveu o seriado “Beijo me liga” para o Multishow (vencedor do prêmio Converge Mobile Marketing); foi autora de “Malhação conectados (Globo); e para a web, escreveu para o canal de humor teenager “Planeta das gêmeas”, com milhões de visualizações. Ela ainda recebeu o prêmio Profissão Entretenimento IATEC/ SENAC/ TV Globo na categoria Roteiro.

Sobre os atores e a palavra do diretor

Para Maximiliana Reis, muitas mulheres irão se identificar de imediato com a sua personagem. “Carol é o espelho de muitas mulheres guerreiras no Brasil e no mundo, que sofrem as pressões dos altos e baixos da vida. Mas não perde a esperança de virar o jogo”, avalia a atriz, que comemora 40 anos de carreira: “É uma honra fazer parte dessa equipe talentosa. E está sendo um sonho realizado encenar uma obra de Augusto Cury”.

Maximiliana conta como o texto toca em cheio a plateia. “O motivo que aceitei interpretar Carol foi a identificação com a temática a ser abordada e como gostaria de ajudar tantas pessoas com essa terapia no teatro. O público vai se identificando em cada cena e a cada personagem. Ao final de cada sessão, muitas mulheres se aproximam, emocionadas, querendo expressar o quanto foi valioso assistir ao espetáculo naquele momento. É um prazer enorme ter essa recompensa imediata”, vibra ela, que já fez trabalhos no teatro e na TV: foi atriz e produtora do sucesso “Os monólogos da vagina”, que ficou 20 anos em cartaz, e de “Querido Mundo”. Na telinha, atuou nas novelas "Chiquititas" (SBT, 2013) e “Cúmplices de um resgate” (SBT, 2015).

                Em turnê pelo Brasil afora com o espetáculo, Nizo Neto tem recebido um retorno positivo das pessoas, tanto pelas redes quanto ao vivo, no fim das sessões. A plateia se vê em seu personagem Breno. Aliás, o próprio se identifica. “É aquele cara que passa por muitas coisas que muitas pessoas passam, né? Que é o problema da autoestima. E os altos e baixos da vida que nos surpreendem. Um cara que se preparou, estudou e que, agora, está fazendo o que não gosta, tendo que morar onde não quer, porque a vida colocou ele nessa situação. De uma certa forma, eu me identifico com ele, porque, como falei, a vida é cheia de altos e baixos, ainda mais para nós, artistas. É a dificuldade de você dar a volta por cima, encarar o que está passando e pedir ajuda, nesse caso, terapia. Eu faço terapia há muitos anos e ajuda demais, demais”, revela.

Em cena, Nizo ainda personifica o escritor Augusto Cury. Momento em que tem a oportunidade de mostrar um outro lado como ator. “Interpretar o Cury é um privilégio. Ele é incrível. Ainda mais porque eu estou muito acostumado a fazer comédia, né? E esse personagem é um personagem sério. O Breno, por exemplo, tem uma pegada mais cômica e tal, mas esse é um personagem sério, que mostra um lado diferente meu como ator”, vibra ele, que é comediante, escritor, palestrante, diretor e dublador. É conhecido por suas atuações em novelas, como em “A próxima vítima” (1995) e “O Cravo e a Rosa” (2000) – ambas na Globo - e programas de humor, como o Seu Ptolomeu da “Escolinha do Professor Raimundo” (Globo). Já dublou inúmeros filmes, desenhos e séries, entre eles o sucesso “Cobra Kai” (Netflix), onde empresta a sua voz ao ator Ralph Macchio, protagonista. Neto comanda o podcast Nizológico.

Em seu terceiro ano em turnê pelo Brasil, a peça tem emocionado as plateias por onde passa. “A peça tem comédia; tem uma parte emocional; fala sobre sonhos; e motiva o espectador a não desistir dos seus sonhos, das suas ambições e dos seus sentimentos. As personagens estão lutando em busca de sua felicidade. O espetáculo, que navega por toda as idades, é inspirado na força de vontade que move o ser humano, e é isso que a gente quer passar para o público: motivá-lo a não desistir e, pelo o que a gente vê da reação, a gente está conseguindo isso”, conta o diretor Rogério Fabiano. Com mais de 40 anos de carreira, Fabiano destaca os seus últimos trabalhos: na TV, atuou nas novelas “Os Mutantes” (2009) e “Prova de amor” (2006), ambas da Record; e no teatro, estrela a peça “Allan Kardec”, há mais de dez anos em turnê pelo Brasil; atua na comédia “Sorria! Você está no além” e assina a direção de “O futuro da humanidade”. E ainda dirige o show da cantora Gina Garcia, mãe de Gloria Groove, “Gina canta Gal”, em homenagem à saudosa Gal Costa.

Também no elenco: Fernanda Lorenzoni e Murilo Cunha. Cada um interpreta mais de um papel, transitando por gerações diferentes. Fernanda vive Vânia, Amélia e Tatiana, personagens que abordam temas, como a maternidade; o racismo; a depressão aos 80 anos; e a rebeldia e dependência das redes sociais na adolescência. E Murilo dá vida a Mateus e Guto, de 32 anos e 12, papéis ricos de questionamentos sobre a vida e o futuro e o atraente mundo dos negócios online.

Fernanda atuou em “A farra dos atores”, “O Parturião”, “Forever young (também foi diretora de palco e assistente de direção), entre outras produções. Foi assistente de direção no espetáculo on-line “As aves da noite” (melhor espetáculo virtual pelo prêmio APCA). Já Cunha apresentou o Top Game (Band, Gazeta, Rede TV e afiliadas do SBT e Record). E participou de “Cantando na chuva”, “Alguém pra chamar de seu”, “Segunda okê”, entre outras peças.

Como nasceu a adaptação do livro para o teatro

Essa é a terceira obra de Augusto Cury adaptada para o teatro. O livro best-seller “O Vendedor de Sonhos” foi o primeiro a ser transformado para a linguagem teatral. A ideia nasceu durante a realização das palestras do Dr. Augusto Cury, pela Applaus, com direção de Luciano Cardoso, com 33 anos de expertise no cenário musical e das artes.  Depois, foi a vez de “O Homem mais inteligente da história” (o romance mais vendido de Cury, na última década). Depois, “Nunca desista dos seus sonhos” e, por último, “O futuro da humanidade”. As quatro montagens estão em turnê pelo Brasil, simultaneamente.

“Cada obra aborda um tema diferente e ‘Nunca desista de seus sonhos’ fala sobre sonhos e resiliências. É uma comédia, é uma obra altamente emocional, é inspiradora e profunda em seus conteúdos e mensagens sobre a importância de sonharmos, da resiliência em nossas vidas. É recheada de personagens que abordam questões que todos passamos em nosso cotidiano. Impossível não nos identificarmos, e não rirmos e nos emocionarmos muito com as situações. Augusto Cury é um mestre da gestão da emoção, e estamos precisando cada vez mais em uma sociedade estressada e acelerada. ‘Você sonha ou apenas deseja? ’. Qual a diferença entre sonho e desejo? Desejo morre na rotina de segunda-feira. O sonho é quando se transforma num objetivo de vida”, frisa Luciano.

SERVIÇO

Nunca Desista de Seus Sonhos, da obra de Augusto Cury.

Adaptação: Augusto Cury e Ingrid Zavarezzi. Direção: Rogério Fabiano. Elenco: Maximiliana Reis, Nizo Neto, Fernanda Lorenzoni e Murilo Cunha. Gênero: Comédia reflexiva. Sinopse: Em um texto leve, transitando por várias situações divertidas e reflexivas, indo do riso à angústia, passeando por mensagens de resiliência, motivacionais e de esperança, a trama tem como ponto de partida a psicóloga Carol, de 60 anos, adepta da metodologia do Dr. Cury, que tem sucesso com seus pacientes, mas mal consegue administrar a sua vida, que é uma verdadeira comédia dramática romântica. Em cena, a mulher seduzida por um homem mais jovem; a típica adolescente, da geração Z, que acha a mãe "sem noção", pegando no seu pé; o empresário engraçado, que se acha um azarado nos negócios; a correria doméstica do dia a dia de uma mãe separada; a senhora que faz tudo de sua vida um drama, mas, na verdade, são questões solucionáveis e que levam o público à gargalhada; entre outros tipos engraçados que fazem humor da tragédia. Todos têm em comum a busca pelo amor e por seus sonhos como objetivos a serem conquistados a qualquer tempo, mesmo quando tudo parece dar errado. Tendo em mente que melhores dias estão por vir e que as tristezas da vida não devem ser consideradas pontos finais, mas vírgulas para continuar a escrever a sua trajetória.

Reestreia no dia 16 de março

Teatro Vannucci – Rua Marquês de São Vicente 52, Shopping da Gávea.

Sáb, às 21h. Dom, às 20h.

Entrada: entre R$ 50 e R$ 100.

Classificação: 10 anos. Duração: 70 min.

Temporada até o dia 24 de março.

Link de vendas: https://bileto.sympla.com.br/event/91070/d/240374?share_id=1-copiarlink

 

Ficha Técnica

Adaptação: Augusto Cury e Ingrid Zavarezzi

Direção: Rogério Fabiano

Elenco: Maximiliana Reis, Nizo Neto, Fernanda Lorenzoni e Murilo Cunha

Direção Geral de Produção: Luciano Cardoso

Cenário e Criação de Luz: Rogério Fabiano

Técnico Responsável: Nando

Trilha Sonora: Amanda Annunziata

Coordenação de Comunicação: Bruna Freitas

Coordenação de Programação: Tay Lopes

Produção Administrativa Financeira: Rafael Sandoli

Assistente de Produção: Magnus Nicollas

Tour Manager: Fernanda Lorenzoni

Design Gráfico: Lucas Peixoto

Edição de Vídeo: Agência Alwa

Gestão Tráfego Digital: ATMKT

Assessoria Jurídica: SVM Advocacia

Assessoria de Imprensa: Valéria Souza

Assessoria Registro de Marcas: Ranzolin - Propriedade Intelectual 

Realização: Applaus Arte Y Alma

* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "Rio de Janeiro"
1500 BABILÔNIA GALERIA - “Redesenhos” é mostra de série inédita do fotógrafo Edouard Fraipont composta de sete imagens e um vídeo. Ele explora o conceito de fotoperformance, em parceria com a coreógrafa e bailarina Alexandra Naudet, e propõe figuras redesenhadas pelo movimento do
Saiba mais
A Gentil Carioca - Fundado em setembro de 2003 pelos artistas plásticos Ernesto Neto, Franklin Cassaro, Laura Lima e Márcio Botner, esse espaço para a arte contemporânea representa e mantém em acervo obras dos artistas Thiago Rocha Pitta, João Modé, Jarbas Lopes, Paulo Nenf
Saiba mais
ALMACÉN GALERIA DE ARTE BARRA DA TIJUCA - Estabelecida no CasaShopping, na Barra da Tijuca, desde 1986, a galeria mantém em acervo obras de Tomie Ohtake, Cildo Meireles, Antonio Dias, Marco Coelho Benjamim, Fernando Velloso, Walter Goldfarb, Cruz-Diez, Jussara Age, Yuli Geszti, Silvio Baptista, H
Saiba mais
AMARELONEGRO ARTE CONTEMPORÂNEA - O artista curitibano Juan Parada apresenta na exposição “Teto Verde” uma grande instalação. A obra, que tem o formato de uma casa, está disposta de cabeça para baixo. Destaque para o teto verde, no qual o a terra está por cima e as plantas crescem para ba
Saiba mais
Anna Bella Geiger – Entre o relevo e o recorte -
Saiba mais
ANTIGA FÁBRICA DA BHERING - O espaço onde funcionava a ex-fábrica de chocolates Bhering, abriga 52 ateliês de artistas e 22 pequenas empresas do ramo cultural. O maquinário e as antigas instalações da fábrica servem de inspiração para criação e também são incorporados aos trabalhos
Saiba mais
Argus -
Saiba mais
ATELIER CURVELO - Instalado em um casarão de 1896 com vista para a Baia de Guanabara, em Santa Teresa, o espaço abriga criações do artista plástico Zemog e peças de sua esposa, a designer Rita Dias. Zemog usa materiais nada nobres como tampinhas de refrigerante, espelhos e
Saiba mais
BIBLIOTECA NACIONAL - O prédio, em estilo neoclássico, foi projetado pelo arquiteto Francisco Marcelino de Souza Aguiar. Inaugurado em 1910, reúne um acervo de cerca de nove milhões de peças, entre raridades como a Bíblia de Mogúncia, impressa em 1462, a edição dos Lusíadas de
Saiba mais
Casa-Tempo: Assentamentos -
Saiba mais
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
ESPAÇO CULTURAL MUNICIPAL SÉRGIO PORTO - O local é um dos espaços culturais mais interessantes do Rio. Integra a Rede Municipal de Teatros da Secretaria Municipal de Cultura. Tem uma programação variada, com exposições de arte, palestras, debates, workshops, espetáculos de teatro, recitais de po
Saiba mais
EXPOSIÇÃO BLOCO DO PRAZER -
Saiba mais
Exposição YVY MARÃEY - A TERRA SEM MALES -
Saiba mais
FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA - A mansão onde está instalado o museu, construída em 1849, em estilo neoclássico, serviu de residência a Rui Barbosa (1849-1923) durante os últimos 28 anos de sua vida. Possui um acervo de 1.400 peças de mobiliário, objetos decorativos e de uso pessoal e p
Saiba mais
Galeria Valdir Teixeira -
Saiba mais
Mão de Vaca -
Saiba mais
Os Artivistas: Carlos Scliar e Cildo Meireles -
Saiba mais
Os Super Heróis Negros -
Saiba mais
TROMBA D’ÁGUA -
Saiba mais