Carregando... aguarde
Encontros Culturais do Ecomuseude Santa Cruz virtual-2021-01-27 - Guia das Artes
Encontros Culturais do Ecomuseude Santa Cruz (virtual)
na próxima quarta às 15:00h
Encontros Culturais do Ecomuseude Santa Cruz (virtual)
Quando acontece
Quarta, 27 Janeiro até Quarta, 24 Março
dom
seg
ter
qua
15:00
qui
sex
sab
Local
Ecomuseu de Santa Cruz
R. do Matadouro, 43 - Santa Cruz
Conteúdo

 

Prefeitura da Cidade do Rio Janeiro/ Secretaria Municipal de Cultura e Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo e do Governo Federal apresentam Encontros Culturais do Ecomuseu de Santa Cruz

Na área ocupada pelo Ecomuseu de Santa Cruz na Zona Oeste há poucos equipamentos culturais e a região recebe poucas ofertas de atividades culturais. Por isso, o projeto gratuito Encontros Culturais do Ecomuseu de Santa Cruz consiste em levar atividades educacionais e culturais que oportunizem a vivência artístico-cultural a crianças e jovens, favorecendo o acesso à arte como linguagem expressiva e forma de conhecimento e realizadas pelos artistas locais, moradores da região. Os encontros acontecerão de 27/1 a 24/3 de maneira virtual, através do Canal do Ecomuseu, no Youtube. A abertura do projeto, dia 27/1, quarta-feira,  contará com a participação de Paulo Rezzutti, que traçará uma narrativa entre a Imperial Fazenda de Santa Cruz com a história do bairro. A produção é de Romano Produções com curadoria de Gisele Lopes. 

"Os Encontros Culturais do ecomuseu de Santa Cruz tem o compromisso de oferecer programação cultural de qualidade aos moradores de Santa Cruz e seu entorno, divulgando o Ecomuseu de Santa Cruz como espaço de conhecimento, além de configurar uma intervenção do Museu na realidade local que passa a ser um promotor de ações e fomentador de uma metodologia de diálogo. A gestão do projeto visa à circulação do conhecimento, incentivando a participação e protagonismo de artistas locais com atuação no fomento à Educação e à Cultura", afirma Gisele Lopes, curadora do projeto.

 

Programação:

27/1, às 15h-  “A Imperial Fazenda de Santa Cruz”

Paulo Rezzutti- Vencedor do Prêmio Jabuti em 2016 e 2017 é autor de Domitila, a verdadeira história da marquesa de Santos, Titília e o Demonão, D. Leopoldina, D. Pedro, D.Pedro II, Mulheres do Brasil.

Release da atividade:  Paulo Rezzutti  na narrativa sobre a Imperial Fazenda de Santa Cruz nos conta um pouco da  história do bairro de Santa Cruz.

 

3/2, às 15h-“A nova geração do samba de Santa Cruz” com o músico Santa Cruz e Viviane Santos, intérprete dos Acadêmicos de Santa Cruz, e mediação de Márcio Guilherme.

Santa Cruz, nascido e criado no bairro de Santa Cruz com trajetória na música e no samba iniciada pelo interesse pelos cavaquinhos do pai, seus primeiros acordes o levaram ao pagode da Nanci com seu primeiro grupo chamado "Os inocentes". Faz parte do projeto  "Terreiro de Crioulo" e fundador do "Samba da Cabeça Branca", ambos da Zona Oeste. Na baixada, fundou o projeto atual de samba tradicional chamado " Terreiro da Nega Valéria" em São João de Meriti.Com passagem pelo grupo "Quinteto Cacique" que comandava a roda samba aos domingos no Cacique de Ramos, em 2019, com outros sambistas revitaliza o samba de terreiro no morro de Mangueira,"Terreiro de Mangueira".

Márcio Guilherme atua como Diretor de Comunicação e Apresentador da Torcida Organizada Apaixonados Pela Santa Cruz do G.R.E.S. Acadêmicos de Santa Cruz e como Coordenador de Comunicação do Prêmio Samba na Veia, que premeia todos os destaques do carnaval da Federação de Blocos do Estado do Rio de Janeiro, de todas as Escolas de Sambas da Intendente Magalhães (LIESB e LIVRES), Escolas de Sambas da LIERJ, e todos os seguimentos e destaques das Torcidas Organizadas das Escolas de Sambas do Rio de Janeiro e São Paulo.

Já trabalhou no veículo de Comunicação pelo Site Carnaval Carioca, como Comentarista e Repórter.

Viviane dos Santos Gonçalves, integra o time de canto dos Carros de Som da Mocidade Independente de Padre Miguel e da Acadêmicos de Santa Cruz, fazendo muito sucesso com o seu canto único e fantástico.

 

Release da atividade: Dois representantes da nova geração do samba de Santa Cruz, o músico Santa Cruz e a intérprete do G.R.E.S. Acadêmicos de Santa Cruz, Viviane dos Santos, vão bater um papo sobre suas carreiras na música. Numa Conversa mediada pelo diretor de comunicação Márcio Guilherme.

 

10/2, às 15h- “Santa Cruz, realidade e realeza. O que representou para o bairro de Santa Cruz ter sido uma das sedes da monarquia brasileira?”

André Luís Mansur, historiador, Luiz Vaz, Mestre em Memória e Acervo.

Release da atividade: Uma conversa entre André Luís Mansur e  Luiz Vaz sobre a história e a memória do bairro de Santa Cruz.

 

17/2, às 15h- “O encontro de tambores”

 

Marcelo Gularte: poeta, músico, pesquisador, psicanalista, cineasta, folclorista e recordista mundial no campo da literatura.

Release da atividade: Busca perfilar a alma festiva do povo brasileiro, promovendo uma viagem no tempo, desbravando o Rio de Janeiro da modinha, do lundu, do batuque e do choro. Ritmos que antecedem o samba, uma criação do século XX, que, tornou-se a maior expressão musical brasileira, passando a nos representar culturalmente no mundo a partir dos anos 30.  De outra feita, tivemos a Bossa Nossa no final dos anos 50, os festivais da Canção nos anos 60, a Jovem Guarda, o  Tropicalismo e a Black Music que na virada da década, passou a fazer a cabeça da rapaziada, promovendo uma grande transformação na cidade

 

24/2, às 15h- “Oeste Potente”

Binho Cultura, nascido e criado na Vila Aliança, em Bangu, formado em Ciências Sociais, apaixonado pela Zona Oeste RJ, autor de 6 livros, sendo o último seu primeiro ebook Vida em Risco (2019) Fundador da Flizo Festa Literária da Zona Oeste RJ e da Embaixada das Favelas e  Wanderson Geremias, o WG, ex atleta, professor e coordenador do projeto Cultura na Cesta.

 

Release da atividade: Protagonistas da Zona Oeste do Rio de Janeiro, Wanderson Geremias, o WG do Cesarão e Binho Cultura da Vila Aliança, conversam sobre a  atuação local para a global através da Cultura, Esporte e Educação e a luta para ratificar a potência da Zona Oeste nos aspectos humanos, sociais, culturais e ambientais

 

3/3, às 15h- Santa Cruz, a arte do encontro

Adilson Dias- nascido em Santa Cruz, o poeta carioca veste seus versos com som em um bate-papo que mistura histórias, música e poesia. Ficou conhecido como ex-menino de rua que se encontrou com a arte. O menino que seguia a linha do trem rumo ao centro do Rio em busca de sobrevivência. Hoje retoma ao seu bairro de origem como artista consagrado e traz  a cena canções que falam de sua ancestralidade indígena e seu encontro com a arte.

Release da atividade: Vídeo documental com o artista Adilson Dias onde ele conta sua história de vida e superação com música, arte e poesia.

 

10/3, às 15h - (Re) encontrando as turmas de bate-bolas, na atualidade

Aline Valadão é doutoranda no Programa em Pós-graduação em História da Arte pela UERJ e desde 2006 vem se dedicando ao estudo das turmas de bate-bolas, a partir da observação da heterogeneidade e dinâmica de suas fantasias.

Marcelo Miguel da Mota sai de bate-bola desde os 11 anos de idade.  Fundador da Turma da Foice, Santa Cruz.

Rafael, nascido e criado no bairro de Paciência, Zona Oeste do Rio. De família de foliões e desde pequeno se veste de bate-bola. Fundador da Turma Aventura e Fama, Paciência.

 

Release da atividade: Roda de conversa sobre as tradicionais turmas de bate-bolas do carnaval popular, contando com as falas dos bate-boleiros Rafael da Turma Aventura e Fama e Marcelinho da Turma da Foice

e da pesquisadora Aline Valadão, abordando o estado da brincadeira nos dias atuais e o trabalho das turmas locais para manter viva sua prática carnavalesca.

 

17/3, às 15h- Meu pequeno Circo Mágico, o show!

Marcos Vinicius, conhecido artisticamente como PALHÁGICO, atua como palhaço e mágico há 10 anos, tendo como foco as comunidades do Rio de Janeiro, principalmente as da região de Santa Cruz.

Release da atividade: O Show de mágica chamado "Meu pequeno Circo Mágico" mistura a arte do palhaço, malabarismo e arte mágica, um show cômico e surpreendente.

 

24/3, às 15h - Literatura Afro-brasileira: O livro infantil e as relações étnico-raciais na escola

Elaine Marcelina, nascida no Rio de Janeiro é escritora, graduada em História, Mestre em História. Tem nove livros publicados, dentre eles “Mulheres Incríveis” e “As coisas simples da vida” (seu primeiro livro infantil). No final de 2019, lançou a Série da Marcelina, criou uma personagem negra, com três livros. Participou de várias antologias, dentre elas Cadernos Negros: ed. 38, 40 e 42. Ministra a Oficina de escrita criativa: Meu primeiro livro, incentivando a escrita entre crianças, jovens e adultos. É membro do grupo de pesquisa: Escritas do Corpo Feminino - UFRJ. Militante do MNU - Movimento negro Unificado. Escreve regularmente no blog: www.mulheresincriveis.blogspot.com.

Release da atividade:A literatura afro-brasileira será uma ferramenta no combate ao racismo no contexto da educação formal. Levantar reflexões que podem ajudar a escola a transformar positivamente a realidade desigual vivenciada pelas crianças negras no campo da educação. Fomentar nos educadores a importância da implementação da lei 10.639/03, que inclui no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e cultura afro-brasileira”.

 

O projeto Encontros Culturais do Ecomuseu  de Santa Cruz foi contemplado no Prêmio a Projetos de Fomentos à Todas as Artes / Lei Aldir Blanc da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro.

 

 

Serviço: Encontros Culturais do Ecomuseu  de Santa Cruz (virtual)

 

Canal do Ecomuseu de Santa Cruz, no Youtube: https://www.youtube.com/user/ecomuseusc

De 27 de janeiro a 24 de março, às quartas-feiras, sempre às 15h.

Evento gratuito.

Classificação livre

Instagram: @ecomuseu-de-santa-cruz

Facebook: ecomuseusc

Contato
+55 21 3111-2011
* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Fotos
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "Rio de Janeiro"
"LIBERDADE" - “Liberdade” - exposição da artista Carla Carvalhosa reúne telas com diversas técnicas e estilos, além de instalação de material reciclado e esculturas em papietagem e papel machê.
Saiba mais
1500 BABILÔNIA GALERIA - “Redesenhos” é mostra de série inédita do fotógrafo Edouard Fraipont composta de sete imagens e um vídeo. Ele explora o conceito de fotoperformance, em parceria com a coreógrafa e bailarina Alexandra Naudet, e propõe figuras redesenhadas pelo movimento do
Saiba mais
A Gentil Carioca - Fundado em setembro de 2003 pelos artistas plásticos Ernesto Neto, Franklin Cassaro, Laura Lima e Márcio Botner, esse espaço para a arte contemporânea representa e mantém em acervo obras dos artistas Thiago Rocha Pitta, João Modé, Jarbas Lopes, Paulo Nenf
Saiba mais
ALMACÉN GALERIA DE ARTE BARRA DA TIJUCA - Estabelecida no CasaShopping, na Barra da Tijuca, desde 1986, a galeria mantém em acervo obras de Tomie Ohtake, Cildo Meireles, Antonio Dias, Marco Coelho Benjamim, Fernando Velloso, Walter Goldfarb, Cruz-Diez, Jussara Age, Yuli Geszti, Silvio Baptista, H
Saiba mais
AMARELONEGRO ARTE CONTEMPORÂNEA - O artista curitibano Juan Parada apresenta na exposição “Teto Verde” uma grande instalação. A obra, que tem o formato de uma casa, está disposta de cabeça para baixo. Destaque para o teto verde, no qual o a terra está por cima e as plantas crescem para ba
Saiba mais
ANTIGA FÁBRICA DA BHERING - O espaço onde funcionava a ex-fábrica de chocolates Bhering, abriga 52 ateliês de artistas e 22 pequenas empresas do ramo cultural. O maquinário e as antigas instalações da fábrica servem de inspiração para criação e também são incorporados aos trabalhos
Saiba mais
ATELIER CURVELO - Instalado em um casarão de 1896 com vista para a Baia de Guanabara, em Santa Teresa, o espaço abriga criações do artista plástico Zemog e peças de sua esposa, a designer Rita Dias. Zemog usa materiais nada nobres como tampinhas de refrigerante, espelhos e
Saiba mais
BEETHOVEN FEST - Ministério do Turismo e Innospec apresentam BEETHOVEN FEST
Saiba mais
BIBLIOTECA NACIONAL - O prédio, em estilo neoclássico, foi projetado pelo arquiteto Francisco Marcelino de Souza Aguiar. Inaugurado em 1910, reúne um acervo de cerca de nove milhões de peças, entre raridades como a Bíblia de Mogúncia, impressa em 1462, a edição dos Lusíadas de
Saiba mais
CASA ABERTA: PASSAGENS - EXPOSIÇÃO CELEBRA 30 ANOS DA CASA FRANÇA-BRASIL COM OBRAS DE 10 ARTISTAS
Saiba mais
CATARSIS - Abertura: dia 21 de janeiro, quinta-feira, às 18h
Saiba mais
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
Encontros Culturais do Ecomuseude Santa Cruz (virtual) - Encontros Culturais do Ecomuseu de Santa Cruz
Saiba mais
ESPAÇO CULTURAL MUNICIPAL SÉRGIO PORTO - O local é um dos espaços culturais mais interessantes do Rio. Integra a Rede Municipal de Teatros da Secretaria Municipal de Cultura. Tem uma programação variada, com exposições de arte, palestras, debates, workshops, espetáculos de teatro, recitais de po
Saiba mais
FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA - A mansão onde está instalado o museu, construída em 1849, em estilo neoclássico, serviu de residência a Rui Barbosa (1849-1923) durante os últimos 28 anos de sua vida. Possui um acervo de 1.400 peças de mobiliário, objetos decorativos e de uso pessoal e p
Saiba mais
Galeria Valdir Teixeira -
Saiba mais
GESTUALIDADE - Abertura: dia 3 de fevereiro, quarta-feira, às 18h
Saiba mais
MAM recebe exposição com obras de Hélio Oiticica - Mostra conta com cem obras relacionadas ao ritmo, música e dança
Saiba mais
Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro– Espaço Vivo - Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro– Espaço Vivo
Saiba mais
SOPRO (S) - Abertura: dia 3 de fevereiro, quarta-feira, às 18h
Saiba mais