Carregando... aguarde
A NATUREZA NA ARTE TEMA DA 5 EDICAO DA BIENAL BELA-2021-11-04 - Guia das Artes
A NATUREZA NA ARTE, TEMA DA 5ª EDIÇÃO DA BIENAL BELA
Faltam 42 dias para o início
A NATUREZA NA ARTE, TEMA DA 5ª EDIÇÃO DA BIENAL BELA
Quando acontece
Quinta, 04 Novembro até Sábado, 04 Dezembro
dom
12:00
18:00
seg
ter
11:00
19:00
qua
11:00
19:00
qui
11:00
19:00
sex
11:00
19:00
sab
12:00
18:00
Local
Centro Cultural Correios RJ e Niterói, além do Città America, na Barra
R. Visc. de Itaboraí, 20 - Centro / Av. Visconde do Rio Branco, 481 - Centro
Conteúdo

 

Juntando as culturas latino-americana e europeia para discutir a sustentabilidade e a preservação das tradições, a Bienal desembarca no Rio no segundo semestre.
 
Screenshot_20210720-141058.png
A quinta edição da BELA - Bienal Europeia e Latino-Americana de Arte Contemporânea abriu as portas no dia 15 de julho, no Cable Factory Cultural Center, em Helsinque, Finlândia, com a participação de artistas brasileiros e finlandeses, além de outros europeus e latinos (Holanda, Portugal, Itália, México e Argentina), com o tema 'A NATUREZA NA ARTE' , para falar sobre SUSTENTABILIDADE, evidenciando a importância destas obras como agentes de reflexão sobre a preservação ambiental, bem como das culturas e tradições. Com a curadoria do brasileiro Edson Cardoso, em parceria com o finlandês Jari Järnström, a Bienal vai até 14 de agosto, quando desembarca no Rio de Janeiro.

Um exemplo de sustentabilidade na arte são as obras do artista plástico barramansense Joseph Figorelle, feitas de madeiras reaproveitadas, encontradas em locais onde seriam descartadas. O artista explicou que suas obras não são frutos de reciclagem, mas sim, uma reutilização de produtos naturais.
 
Os trabalhos apresentam estilos  diferentes, contemporâneos, que promovem um diálogo cultural entre a arte européia e a arte latino-americana, especialmente entre a brasileira e a nórdica, mostrando que a distância continental convive em um mesmo espaço, especialmente quando se fala de manifestações humanas em forma de arte. 
 
image_6487327.JPG
Fabu Pires
 
"Para externalizar sentimentos precisamos ser. Para ser, precisamos do planeta. Para manter o planeta precisamos da sustentabilidade e da arte. A convivência entre o mundo da arte e da sustentabilidade são uma tendência da contemporaneidade, com a busca  por estruturas estéticas que correspondam à reflexão  sobre as mudanças  sofridas pela natureza e estimuladas pela sociedade de consumo. A Bela Bienal tem por objetivo expor a importância destas obras como agentes de reflexão sobre a preservação ambiental, principalmente no Brasil", explica Edson Cardoso.
 
 
Com Curadoria Internacional de Jari Järnström, e Curadoria Nacional de Edson Cardoso,  A BELA Bienal, na Finlândia, vai até o dia 14 de agosto de 2021, quando viaja para o Brasil, onde será apresentada em diversos espaços culturais, aproveitando, inclusive, as belezas naturais do Rio de Janeiro. O tema dos trabalhos tem como objetivo mostrar o que está sendo produzido na arte contemporânea, tendo a natureza como base de criação. A exposição tem como público-alvo empresários, profissionais liberais, colecionadores, professores, estudantes e amantes das artes e da natureza.  
 
No Brasil, a Bienal BELA terá início em 04 de novembro, no Centro Cultural Correios RJ e Niterói, além do Città America, na Barra.
 
ARTISTAS BRASILEIROS:  Ana Paula Lopes/Ademar Galvão/Adilson Barbosa/Adriano Antoine/Alexandre Pinhel/Almir Reis/Alzira Chaloub/Amanda Sanzi/Ana Kariri/Angela Vielitz/Antônia Célia/Beré Magalhães/Carmen Thompson/Carol Couri/Clau Loureiro/Claudiah Arantes/Cota Azevedo /Deborah Netto/Damiana Siqueira/Daniele  Bloris/Diego Mendonça/Edilton Gomes/Edith Rizzo/Fabu Pires/Francelino Mesquita/Francisco Schönmann/Gerard Laurence/Goretti Gomide/Gui Mazzoni/Isabella Leme/Itamar Xavier/Ivo Almico/J.Vasconcellos/Joseph Figorelle/Juarez Leitão/Jussara Santos/Karol Schittini/Lemuel Gandara/Liana González/Luah Jassi/Luiz Macedo/Mara Estela/Márcia Chagas Duque/Márcio Koslowski/Marcus Amaral/Maria Esmênia/Maria Amélia Fonseca/Mariette Silveira/Marilu Andrasan/Maximilian Rodrigues/Monsyerrá Batista/Patylene/Pedro Diniz Kubitschek/Rafael Agostini/Rafael Lucchesi/Ragnaia Coutinho/Roberto Gallo/Roberto Negri/Rodrigo Cid/Rogério Mariano/Rosa de Jesus/Rubia Viegas/Sonnia Guerra/Soraya Kolle/Stela Barreto/Vera Goulart/Vinícius Gomes/Vitor Fio/Walfrido

ARTISTAS ARGENTINOS: Jantus
ARTISTA MEXICANA: Linda Achar
ARTISTAS ITALIANOS: Gui Mazzoni /Umberto Nigi  
ARTISTA HOLANDÊS: Adriano Antoine
ARTISTA PORTUGUESA: São Matthias Nunes 
 
ARTISTAS FINLANDESES:  Aino Ulmanen/ Antti Minkkinen/Antti Raitala/Anu Nirkko/Aulikki Nukala/Bela Czitrom/Carita Maury/Eija Keskinen /Erja Laakkonen/Hanna Uggla/Hanna Varis/ Hannu Sillanpää/ Jari Järnström/Jertta Ratia/Joni Ahonen/Katja Ahovalli/Kirsti Tuokko/Kristina Elo/Laura Pohjonen/Liisa Björn/ Maaria Märkälä/Maarit Malin-Pötry/ Maj-Lis Tanner/Marja Hakala/Marja Maljonen/Marjukka Paunila/Marko Viljakka/Merja Hujo/Mika Törönen/Mikko Paakkola/Minna Herrala/Nina Wiskari/Paula Mikkilä/Peter Maury/Piippa Mutikainen/Päivi Kukkasniemi/Päivyt Niemeläinen/Raija Kuisma/Reijo Puranen/RiikkaAhlfors/Seppo Lagom/Sirkka Laakkonen/Sirkka-Liisa Lonka/SirkkuAla-Harja/Tarja Tella/Taru Tomperi/Tytti Götsch/Ulla Remes/Ulla-Maija Vaittinen/Ursula Kianto/Wilma Touru  

FICHA TÉCNICA

Exposição de trabalhos de arte contemporânea, com a participação de mais de 100 artistas, da América Latina e da Europa.

Tema: A Natureza na Arte
Curadoria Internacional: Jari Järnström
Curadoria Nacional:  
Edson Cardoso
Curadoria Adjunta:
Michael Müller
Coordenação Geral:
Helena Cardoso/Edson Cardoso
Realização:
Ava Galleria
Produção Executiva:
Karol Araujo /Victor Vicente
Identidade Visual:  
Ailton de Oliveira Guilherme Bonomo
Cenografia e Cenotécnica:
Edson Cardoso - AVA Galleria /Guilherme Bonomo
Fotografia:  
Marco Rodrigues
Filmagem:  
Victor Vicente
Projeto Social:
Glória Chan / Carmen Thompson
Assessoria de Imprensa:
Paula Ramagem
 
Acessibilidade e Inclusão -  
presença de intérprete de libras, audiodescrição em eventos presenciais e online, bem como de LSE – Legendagem para surdos e ensurdecidos quando houver exibição de vídeos.
Livre.
Visitação:
terça a sexta, das 11h às 19h (Brasil 6h a mais)
                sábado e domingo, das 12h às 18h (Brasil 6h a mais)
Online:
pelo YouTube e Instagram.
 
 
* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "Rio de Janeiro"
"Amor Arte é Vida" -  Exposição "Amor Arte é Vida" abre no Città America para apresentar o Projeto Arte Vida Arte
Saiba mais
1500 BABILÔNIA GALERIA - “Redesenhos” é mostra de série inédita do fotógrafo Edouard Fraipont composta de sete imagens e um vídeo. Ele explora o conceito de fotoperformance, em parceria com a coreógrafa e bailarina Alexandra Naudet, e propõe figuras redesenhadas pelo movimento do
Saiba mais
A Gentil Carioca - Fundado em setembro de 2003 pelos artistas plásticos Ernesto Neto, Franklin Cassaro, Laura Lima e Márcio Botner, esse espaço para a arte contemporânea representa e mantém em acervo obras dos artistas Thiago Rocha Pitta, João Modé, Jarbas Lopes, Paulo Nenf
Saiba mais
ALMACÉN GALERIA DE ARTE BARRA DA TIJUCA - Estabelecida no CasaShopping, na Barra da Tijuca, desde 1986, a galeria mantém em acervo obras de Tomie Ohtake, Cildo Meireles, Antonio Dias, Marco Coelho Benjamim, Fernando Velloso, Walter Goldfarb, Cruz-Diez, Jussara Age, Yuli Geszti, Silvio Baptista, H
Saiba mais
AMARELONEGRO ARTE CONTEMPORÂNEA - O artista curitibano Juan Parada apresenta na exposição “Teto Verde” uma grande instalação. A obra, que tem o formato de uma casa, está disposta de cabeça para baixo. Destaque para o teto verde, no qual o a terra está por cima e as plantas crescem para ba
Saiba mais
ANTIGA FÁBRICA DA BHERING - O espaço onde funcionava a ex-fábrica de chocolates Bhering, abriga 52 ateliês de artistas e 22 pequenas empresas do ramo cultural. O maquinário e as antigas instalações da fábrica servem de inspiração para criação e também são incorporados aos trabalhos
Saiba mais
ATELIER CURVELO - Instalado em um casarão de 1896 com vista para a Baia de Guanabara, em Santa Teresa, o espaço abriga criações do artista plástico Zemog e peças de sua esposa, a designer Rita Dias. Zemog usa materiais nada nobres como tampinhas de refrigerante, espelhos e
Saiba mais
BIBLIOTECA NACIONAL - O prédio, em estilo neoclássico, foi projetado pelo arquiteto Francisco Marcelino de Souza Aguiar. Inaugurado em 1910, reúne um acervo de cerca de nove milhões de peças, entre raridades como a Bíblia de Mogúncia, impressa em 1462, a edição dos Lusíadas de
Saiba mais
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
ESPAÇO CULTURAL MUNICIPAL SÉRGIO PORTO - O local é um dos espaços culturais mais interessantes do Rio. Integra a Rede Municipal de Teatros da Secretaria Municipal de Cultura. Tem uma programação variada, com exposições de arte, palestras, debates, workshops, espetáculos de teatro, recitais de po
Saiba mais
FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA - A mansão onde está instalado o museu, construída em 1849, em estilo neoclássico, serviu de residência a Rui Barbosa (1849-1923) durante os últimos 28 anos de sua vida. Possui um acervo de 1.400 peças de mobiliário, objetos decorativos e de uso pessoal e p
Saiba mais
Galeria Valdir Teixeira -
Saiba mais
IN.Visível Sagrado -
Saiba mais
O Sertão Virou Mar -
Saiba mais