Carregando... aguarde
Oscar Niemeyer - Guia das Artes
Oscar Niemeyer
Informações
Nome:
Oscar Niemeyer
Nasceu:
Rio de Janeiro, RJ (15/02/1907)
Faleceu:
Rio de Janeiro, RJ (05/12/2012)
Biografia

    Arquiteto e urbanista. Forma-se em arquitetura pela Escola Nacional de Belas Artes (Enba), no Rio de Janeiro, em 1934. Nesse ano, passa a frequentar o escritório do arquiteto e urbanista Lucio Costa (1902-1998). Em 1936, integra a comissão criada para definir os planos da sede do Ministério da Educação e Saúde (MES), no Rio de Janeiro, com a supervisão do arquiteto franco-suíço Le Corbusier (1887-1965), a quem assiste, como desenhista. Baseado no projeto do arquiteto, Niemeyer sugere alterações que são adotadas na construção do edifício.

   Entre 1940 e 1944, projeta, por encomenda do então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitschek (1902-1976), o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, que se configura como um marco de sua obra, pois rompe com os conceitos rigorosos do funcionalismo e utiliza uma linguagem de formas novas, de superfícies curvas, explorando as possibilidades plásticas do concreto armado. Em 1947, é convidado pela Organização das Nações Unidas (ONU) a participar da comissão de arquitetos encarregada de definir os planos de sua futura sede em Nova York. Seu projeto, associado ao de Le Corbusier, é escolhido como base do plano definitivo.

   No Rio de Janeiro, em 1955, funda a revistaMódulo e no ano seguinte começa, a convite do presidente da República, Juscelino Kubitschek, a colaborar na construção da nova capital do Brasil, Brasília, cujo plano urbanístico é confiado a Lucio Costa. Em 1958, é nomeado arquiteto-chefe de Brasília, para onde se transfere e permanece até 1960. Entre os projetos mais importantes de Niemeyer destacam-se o Parque do Ibirapuera, São Paulo, 1951; a sede do Partido Comunista Francês, Paris, 1965; a Escola de Arquitetura de Argel, Argélia, 1968; a sede da Editora Mondadori, Milão, Itália, 1968 e a sede do jornalL'Humanité, Saint-Denis, França, 1987.

Cronologia

Exposições individuais:
1964 – Oscar Niemeyer, 90 Dias em Israel, Hotel Nacional, Brasília
1965 – Oscar Niemeyer, l’architecte de Brasília, Musée des Arts décoratifs, Paris
1979 – Centro Georges Pompidou, Paris
1980 – Musée National d’Art Moderne/Centre de Création Industrielle, Paris
1987 – Oscar Niemeyer 80 Anos, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro
1987 – Oscar Niemeyer Architetto, Palazzo Vela, Turim, Itália
1995 – Oscar Niemeyer: desenhos e croquis, Galeria Anna Maria Niemeyer, Rio de Janeiro
1997 – Oscar Niemeyer 90 Anos, Fundação Memorial da América Latina, São Paulo
2001 – Oscar Niemeyer 2001, Parque das Nações, Pavilhão de Portugal, Lisboa
2007 – Oscar Niemeyer 10/100, Paço Imperial, Rio de Janeiro

 

Exposições coletivas:
1979 – 15ª Bienal Internacional de São Paulo
1983 – From Aleijadinho to Niemeyer, Illinois Institute of Technology, Chicago; ONU, Nova York
1984 – Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras, Fundação Bienal de São Paulo
1989 – Homenagem aos 40 Anos da Declaração Universal dos Direitos do Homem, Palácio das Nações, Genebra, Suíça
1992 – Saudades do Brasil: a era JK, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro; Museu de Arte de São Paulo
1993 – 2ª Bienal Internacional de Arquitetura, Sala Especial a Oscar Niemeyer, Fundação Bienal de São Paulo
1996 – 6ª Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza, Itália
1997 – 10 Anos de Brasília: patrimônio cultural da humanidade, Teatro Nacional Cláudio Santoro, Brasília
2002 – JK - Uma Aventura Estética, Conjunto Cultural da Caixa, Brasília
2003 – Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo; Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro
2005 – A Poética da Forma, Museu de Arte Contemporânea, Niterói

 

Publicou, entre outros, os livros Minhas experiência em Brasília (Rio de Janeiro: Vitória, 1961); Quase memórias - viagens (Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1966); A forma na arquitetura (Rio de Janeiro: Avenir, 1980); Meu sósia e eu (Rio de Janeiro: Revan, 1992); As curvas do tempo - memórias (Rio de Janeiro: Revan: 1998); Diante do nada (Rio de Janeiro: Revan, 1999); Minha arquitetura (Rio de Janeiro: Revan, 2000);

Outras imagens
Colaboradores com informações sobre este artista

OSCAR Niemeyer. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa431/oscar-niemeyer>. Acesso em: 15 de Ago. 2017. Verbete da Enciclopédia.
ISBN: 978-85-7979-060-7

 

http://www.raulmendessilva.com.br/brasilarte/nacional/primeira.html

 

Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar
Peças sendo leiloadas, compre agora
iArremate leilões
28 de Novembro às 20:30

Oscar Niemeyer - Até quando? - serigrafia 11/20 - 42 x 62
Obras deste artista