Carregando... aguarde
Mário Silésio - Guia das Artes
Mário Silésio
Informações
Nome:
Mário Silésio
Nasceu:
13/05/1913
Biografia

   Cursa direito na Universidade de Minas Gerais - UMG (atual Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG), em Belo Horizonte, entre 1930 e 1935. Estuda desenho e pintura na Escola de Belas Artes de Belo Horizonte (Escola Guignard), sob a orientação de Alberto da Veiga Guignard (1896 - 1962), entre 1943 e 1949. Em 1953 viaja para Paris, como bolsista do governo francês, e ingressa no curso de André Lhote.

   De volta ao Brasil, entre 1957 e 1960 executa diversos painéis em edifícios públicos e privados de Belo Horizonte, como Banco Mineiro de Produção, Condomínio Retiro das Pedras, Inspetoria de Trânsito, Teatro Marília, Escola de Direito da UFMG e Departamento Estadual de Trânsito - Detran. É também de Silésio o mural feito para o Clube dos Engenheiros, em Araruama, Rio de Janeiro. Executa os vitrais da Igreja dos Ferros em 1964.

Cronologia

Participou, entre outras, das seguintes exposições individuais:

1953 – Galeria Thomas Jefferson, Belo Horizonte; Instituto Brasil-Estados Unidos, Rio de Janeiro, RJ
1959 – Mário Silésio: retrospectiva, Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte
1977 – Palácio das Artes, Belo Horizonte
1985 – Casa dos Contos, Ouro Preto, MG
1986 – Palácio das Artes, São Paulo.

Participou, entre outras, das seguintes exposições coletivas:

1948 – Alunos da Escola Guignard, Instituto de Arquitetos do Brasil, Rio de Janeiro, RJ
1950 – Salão Nacional de Arte Moderna, Rio de Janeiro, medalha de bronze
1952 – Primeira Semana de Arte Moderna em Uberaba, Uberaba, MG, medalha de ouro e prêmio Honório Esteves
1956 – Coletiva itinerante de artistas brasileiros contemporâneos, organizada pelo Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, América do Sul e Europa
1959 e 60 – Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa, Leverkusen, Alemanha, e Paris
1966 – Coletiva 7 Artistas Mineiros, Gallery of The Brazilian American Cultural Institute, Estados Unidos
1988 – Abstração Geométrica, Galeria Edifício Gilberto Chateaubriand, Rio de Janeiro.

Participou, postumamente, das seguintes exposições:

1994 – Bienal Brasil Século XX, Fundação Bienal, São Paulo
1996 – Consolidação da Modernidade em Belo Horizonte, Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte
1998 e 99 – Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, Museu de Arte Moderna, São Paulo, e Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro
2003 – Ordem x Liberdade, Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro
2004 – Pampulha, Obra Colecionada: 1943-2003, Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte.

Obras do artista podem ser encontradas nos acervos do Museu de Arte da Pampulha, do Centro Cultural da Universidade Federal de Minas Gerais e do Aeroporto de Confins.

Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar
Peças sendo leiloadas, compre agora
iArremate leilões
30 de Setembro às 20:30

MÁRIO SILÉSIO - “Garrafas”, óleo sobre tela, 40 x 30, 1966.
iArremate leilões
06 de Outubro às 21:00

MARIO SILÉSIO - Sem Título - Óleo s/ cartão francês, 23,5 x 40,5 cm, ass. verso, dat. 1959
iArremate leilões
30 de Setembro às 20:30

MÁRIO SILÉSIO - “Construção em azul”, óleo sobre tela, 50 x 80, assinado e datado no verso, 1960. A obra é procedente do acervo do artista e possui certificado de autenticidade emitido pelo filho do artista.
iArremate leilões
30 de Setembro às 20:30

MÁRIO SILÉSIO - “Noturno 2”, óleo sobre tela, 60 x 81, assinado e datado no verso, 1956. A obra é procedente do acervo do artista e possui certificado de autenticidade emitido por seu filho. A obra apresenta cachet do MAM (Museu de Arte Moderna), RJ.
Obras deste artista