Carregando... aguarde
Helios Seelinger - Guia das Artes
Helios Seelinger
Informações
Nome:
Helios Seelinger
Biografia

Forma-se na Escola Nacional de Belas Artes - Enba entre 1891 e 1896, e freqüenta também o ateliê dos irmãos Henrique Bernardelli (1858 - 1936) e Rodolfo Bernardelli (1852 - 1931). Aconselhado por Henrique, parte para a Alemanha em 1897, onde permanece até 1900. Freqüenta a Academia Azbe e a Academia de Munique e é aluno do pintor Franz von Stuck (1863 - 1928). Retorna ao Brasil em 1901 e no ano seguinte realiza uma exposição individual na redação da revista O Malho, com boa parte da produção realizada em Munique. A partir de 1902, participa das Exposições Gerais de Belas Artes, e é premiado diversas vezes. Em 1903, conquista o prêmio de viagem ao exterior com o quadro Boêmia, no qual retrata intelectuais do meio carioca, como Gonzaga Duque (1863 - 1911), Fiúza Guimarães, Luis Edmundo (1878 - 1961), João do Rio (1881 - 1921) e Rodolfo Chambelland (1879 - 1967). Na segunda viagem à Europa, orientado novamente por Bernardelli, fixa-se em Paris, onde realiza estudos de aperfeiçoamento com Jean-Paul Laurens (1838 - 1921). Após o fim de sua pensão, retorna algumas vezes à Europa para estadas em Paris e em outras capitais até às vésperas da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), quando se estabelece definitivamente no Rio de Janeiro. Por volta de 1907, trabalha como assistente do pintor Eliseu Visconti (1866 - 1944) em Paris. Em 1911, realiza pinturas decorativas para o Clube Naval, no Rio de Janeiro. Faz freqüentes viagens a São Paulo e Porto Alegre, para expor ou comercializar suas obras. Atua como ilustrador e caricaturista em publicações como O Malho, Leitura para Todos, Careta, Fon Fon, entre outras. É por vários anos funcionário do Museu Nacional de Belas Artes - MNBA, no Rio de Janeiro, que em 1943 organiza exposição retrospectiva do artista, em comemoração de seu quinqüenário artístico.

Cronologia

Realizou, entre outras, as seguintes exposições individuais:
1902 – Redação da revista O Malho, Rio de Janeiro.
1908 – Museu Comercial, Rio de Janeiro.
1943 – Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro.
Participou, entre outras, das seguintes exposições coletivas:
1902-04, 12-14, 16-24, 26, 29, 30, 33 – Exposição Geral de Belas Artes, Escola Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro (menção honrosa na edição de 1902, prêmio de viagem à Europa na de 1903 e medalha de ouro na de 1908).
1919 – Exposição Carioca de Gravura e Água-Forte, Rio de Janeiro.
1931– Salão Revolucionário, Escola Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro.
1935-37, 39, 40, 42. 43 e 49 – Salão Paulista de Belas Artes.
1948 – Salão dos Humoristas da Sociedade dos Artistas Nacionais, Rio de Janeiro.
1950, 51 – Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro (medalha de honra na edição de 1951).
1955 – Salão Nacional de Arte Moderna, no Rio de Janeiro.
1960 – Museu de Arte Moderna, no Rio de Janeiro.
Alguns de seus trabalhos foram apresentados postumamente, entre outras, nas seguintes mostras:
1984 – 7º Salão Nacional de Artes Plásticas, Fortaleza, CE; Museu de Arte Moderna; Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro.
1986 – Pinacoteca do Estado de São Paulo.
2000 – Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS.
2002 – Palácio do Itamaraty, Brasilia, DF.
O Museu Dom João VI da Escola de Belas Artes, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, possui obras do artista em seu acervo.

Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar
Peças sendo leiloadas, compre agora
iArremate leilões
26 de Agosto às 19:30

HÉLIOS SEELINGER - "Barcos". Técnica Mista s/ Cartão. Medidas: 32x40 cm (obra). Data: 1959. Assinado, datado "1959" e localizado Rio de Janeiro no CID-canto inferior direito.
iArremate leilões
12 de Agosto às 20:30

HELIOS SEELINGER - Marinha - óleo sobre madeira - Medidas 26,5 x 25,5 cm - Assinado, localizado e datado, Bahia 1952
Obras deste artista