Carregando... aguarde
Georgina de Albuquerque - Guia das Artes
Georgina de Albuquerque
Informações
Nome:
Georgina de Albuquerque
Nasceu:
Taubaté SP (04/02/1885)
Faleceu:
Rio de Janeiro RJ (29/08/1962)
Biografia

Nasceu em Taubaté, no interior do estado de São Paulo e iniciou seus estudos em pintura em sua cidade natal, com o pintor de origem italiana Rosalbino Santoro cujos conhecimentos da arte de pintar estão impressos nos raros mas excelentes trabalhos que realizou no Brasil. Assim, começou Georgina os seus estudo com um mestre de alto nível que soube transmitir-lhe o modo correto de usar os pinceis, de misturar as tintas, de aplicar as leis da perspectiva.

Em 1904 ingressou Escola Nacional de Belas Artes, onde foi aluna de Henrique Bernardelli. Na Escola conheceu o pintor Lucílio de Albuquerque, com quem se casou e seguiu em 1906 para a Europa pois o marido acabara de ser agraciado com o prêmio de viagem ao estrangeiro. Tendo escolhido a França para residência, o casal permaneceu cinco anos em viagem de aprendizado.

Em Paris, Georgina cursou a École Nationale Supérieure des Beaux-Arts e a Academia Julian. De volta ao Brasil, em 1911, realizou individuais e participou de diversas coletivas.

Dedicou-se se ainda ao magistério, a partir de 1927, na Escola Nacional de Belas Artes instituição onde nos anos 1950 ocuparia o cargo de diretora.

Cronologia

1904 – Ingressou na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro, sendo aluna de Henrique Bernardelli. 1906 – Casou-se com o pintor Lucílio de Albuquerque. 1906-1911 – Residiu em Paris com o marido. Na capital francesa, frequentou a École des Beaux-Arts (Escola de Belas Artes) e depois a Académie Julian. 1914 – Realizou mostras individuais, em São Paulo e no Rio de Janeiro. 1927 – Tornou-se professora de desenho da Escola Nacional de Belas Artes, primeiro como livre-docente, depois como catedrática-interina e, finalmente, como titular. 1940 – Criou, em sua casa no bairro de Laranjeiras, no Rio de Janeiro, o Museu Lucílio de Albuquerque, em homenagem ao marido, falecido no ano anterior. O museu teve duração efêmera e seu acervo foi incorporado ao patrimônio do governo do Estado do Rio de Janeiro. 1952-54 – Foi diretora da Escola Nacional de Belas Artes, tendo sido a primeira mulher a ocupar o cargo. Realizou duas mostras individuais, no Rio de Janeiro e São Paulo, ambas em 1914. Participou de diversas exposições coletivas, entre as quais as seguintes: 1903, 05-07, 09, 12-30, 33, 44 – Exposição Geral de Belas Artes, Escola Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro.. 1911 – Exposição conjunta com Lucílio de Albuquerque, Escola Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro.. 1924 – National Association of Women Painters and Sculpturers, Nova York, EUA. 1925 – First Pan-American Exhibition of Oil Painting, Los Angeles, EUA. 1930 – The First Representative Collection of Paintings by Brazilian Artists, no International Art Center, Nicholas Roerich Museum, Nova York, EUA. 1934, 37, 40-45, 47-49, 51-53 – Salão Paulista de Belas Artes, São Paulo, SP. 1950 – Um Século da Pintura Brasileira: 1850 - 1950, Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro, RJ. 1954 – Exposição do Congresso Nacional de Intelectuais, Goiânia, GO. 1958 – Salão de Arte A Mãe e a Criança, Rio de Janeiro, RJ. 1960 – Contribuição da Mulher às Artes Plásticas no País, Museu de Arte Moderna, São Paulo, SP. 1977 – Exposição em homenagem ao centenário de nascimento de Lucílio de Albuquerque, reunindo obras dele e de Georgina, Museu Nacional de Belas Artes. Seus trabalhos podem ser encontrados no Museu Nacional de Belas Artes, no Palácio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, no Museu Histórico Nacional e no Museu de São Paulo.

Outras imagens
Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar
Peças sendo leiloadas, compre agora
iArremate leilões
30 de Setembro às 20:30

GEORGINA DE ALBUQUERQUE - Copos de leite - Óleo sobre tela - medindo - assinado no canto inferior direito e datado.
Obras deste artista