Carregando... aguarde
Carlos Bracher - Guia das Artes
Carlos Bracher
Informações
Nome:
Carlos Bracher
Nasceu:
Juiz de Fora, MG (19/12/1940)
Biografia

Em Juiz de Fora, freqüentou a Sociedade de Belas Artes Antônio Parreiras, em 1959. Nos anos 1960 é aluno de Faya Ostrower, na Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Com Inimá de Paula, estudo técnicas de mural e mosaico, na Escola Municipal de Belas Artes. Viaja à Europa em 1967 residindo em Lisboa e Paris em função de prêmio viagem ao exterior entregue pelo Salão Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro, e lá estuda pintura além de expor em galerias locais.Ao retornar ao Brasil, em 1970, reside em Ouro Preto. Em 1989 é realizada exposição comemorativa e retrospectiva de seus 30 anos de carreira, que percorre diversas capitais do país. Homenageia Vincent van Gogh, no centenário de sua morte, em 1990, com uma série quadros cuja exposição passa por galerias nacionais e internacionais e tem uma série de livros editada a respeito de seus trabalhos.A arte de Bracher aproxima-se do expressionismo. As imagens são deformadas com pinceladas largas e matéricas. Ao mesmo tempo, a produção dos anos 1960, indica admiração pelo cubismo apresentando grande simplificação formal, e na gama cromática predominam os tons frios. A temática é a paisagem e a tentativa de compreendê-la, sejam os casarões de Minas Gerais, o Rio de Janeiro ou São Paulo, sempre carregadas de dramaticidade. 

Cronologia

Realizou, entre outras, as seguintes mostras individuais: 1967 – Galeria Celina, Juiz de Fora, MG. 1968 – Galeria Guignard, de Belo Horizonte, MG. 1969 – Palácio Foz, Lisboa. 1989 – Pintura Sempre (retrospectiva de 30 anos de trabalho): Museu de Arte de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea de Curitiba, Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro, Teatro Nacional de Brasília e Palácio das Artes, Belo Horizonte. 2001 – 5 vezes Bracher, Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte. 2005 – Galeria Renato de Almeida, Centro Cultural Pró-Música, Rio de Janeiro.

Participou de diversas exposições coletivas, como as que se seguem: 1959- 68 – Salão Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro, RJ (Medalha de bronze em escultura, na edição de 1960, Medalha de prata em escultura na de 1963, Prêmio de viagem ao estrangeiro na de 1968). 1969 – Palácio Foz, Lisboa, Portugal. Participou de várias mostras no exterior, como Lisboa, Évora, Santiago, Roma, Paris, Milão, Roterdã, Haia, Londres, Pequim, Tóquio e Miami; e no país, entre as quais: Juiz de Fora e Belo Horizonte, MG; Rio de Janeiro, RJ; Brasília, DF; Curitiba, PR; e São Paulo, SP.

Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar
Obras deste artista