Carregando... aguarde
Não é claro antes que a noite caia-2017-09-30 - Guia das Artes
Não é claro antes que a noite caia
abrirá em 4 horas e 20 minutos
Não é claro antes que a noite caia
Quando acontece
Sábado, 30 Setembro até Domingo, 25 Março
dom
10:00
18:00
seg
ter
10:00
18:00
qua
10:00
18:00
qui
10:00
18:00
sex
10:00
18:00
sab
10:00
18:00
Local
Museu Oscar Niemeyer
Rua Marechal Hermes, 999 – Centro
Conteúdo

Juliana Stein define a mostra como “uma tentativa de articular espaços da fotografia em torno do sentido opaco das coisas que escapam e que nos inscrevem mais do que podemos escrever sobre elas.”

As imagens captadas pelas lentes de Juliana situam-se num terreno de experimentação e leitura poética, que conduz naturalmente a uma reflexão sobre os processos de produção e de leitura da imagem fotográfica.

As obras expostas analisam as relações entre as palavras e as imagens a partir de indagações como: existe uma imagem para cada palavra? Existe uma palavra para cada imagem?

– A fotografia tem este caráter de traço, de ter estado na frente do objeto e, apesar disto, de funcionar dentro de um circuito enquanto algo lhe falta – argumenta Juliana. – A imagem fotográfica é o registro de algo, mas do quê? – provoca.

Entre a noite das coisas e o visível dentro do invisível

Para Juliana Stein, falar e querer dizer não são a mesma coisa. – Nas minhas palavras há sempre mais do que quero dizer, e sempre outra coisa. É como acompanhar a noite das coisas, especialmente daquelas em que o sentido é um risco e não pode ser muito bem previsto, pois está sempre mais além. Falamos para dizer a verdade, que não se diz toda porque as palavras faltam – conclui.

No entender da crítica de arte, escritora e curadora independente Adriana Almada, do Paraguai, “a abordagem de Juliana Stein transcende a condição visual para criar uma zona de silêncio que outorga à fotografia um caráter de indício: mostra a partícula visível de um grande invisível – reflete. – Para ela (Juliana), fotografar é uma prática de indagação, de exploração em uma sorte de descontrole produtivo, nesse “deixar-se levar” por personagens e situações que, uma vez traduzidos em imagens, estimulam a percepção desde os tons graves até os sem cor – interpreta Adriana.

Informações adicionais
Venda de ingressos e acesso às salas de exposição até 17h30
Preços e pagamento
Entrada franca às quartas-feiras
* Os horários podem variar em função de férias e feriados. Recomendamos ligar antes para verificar.
Como chegar
Compartilhe
Comente
Mais Opções em "Paraná"
0,0Km - MUSEU OSCAR NIEMEYER - O MON foi inaugurado em 2002. O projeto é de autoria do reconhecido arquiteto brasileiro que leva seu nome. O Museu Oscar Niemeyer já realizou ao longo deste período mais de 300 mostras nacionais, internacionais e itinerantes.
Saiba mais
0,6Km - Museu da Justiça - Museu localizado na cidade de Curitiba.
Saiba mais
0,6Km - Sala do Artista Popular - Espaço cultural localizado em Curitiba, no Paraná.
Saiba mais
0,9Km - Memorial da Imigração Polonesa - É um museu localizado na cidade de Araucária.
Saiba mais
1,5Km - Museu Guido Straube - Museu localizado no CEP, em Curitiba, Paraná.
Saiba mais
1,5Km - Memorial Árabe - Museu de Curitiba que preserva a cultura árabe.
Saiba mais
1,5Km - Planetário Prof. Francisco José Gomes Ribeiro - Planetário localizado no Colégio Estadual do Paraná.
Saiba mais
1,7Km - Museu Alfredo Andersen - A instituição visa preservar e divulgar as obras do pintor, escultor, decorador, cenógrafo, desenhista e professor norueguês radicado no Brasil, Alfredo Andersen, além de promover novos praticantes ao mundo das artes através de cursos e seminários.
Saiba mais
1,9Km - Casa Romário Martins - Espaço cultural que promove e divulga a história de Curitiba
Saiba mais
1,9Km - Memorial Alemão - Bosque Alemão- Parque localizado em Curitiba, no Paraná.
Saiba mais
331,7Km - Julio Le Parc: da Forma à Ação - O Instituto Tomie Ohtake traz adaptada para seu espaço a grande retrospectiva de Julio Le Parc, realizada em 2016 no Pérez Art Museum Miami (PAMM). Com a mesma curadoria de Estrellita B. Brodsky e consultoria artística de Yamil Le Parc, a mostra em São Pa
Saiba mais
332,3Km - MAE - Mostra de Arte Erotica -
Saiba mais
332,3Km - 85 CARNAVAIS - NELSON LEIRNER
Saiba mais
332,3Km - Filho de Duas Nordestinas - LEO LADISLAU
Saiba mais
332,3Km - Renato Russo - No dia 6 de setembro, o MIS inaugura uma das exposições mais aguardadas do ano.
Saiba mais
332,8Km - Oito décadas de abstração informal -
Saiba mais
333,0Km - Projeto Parede - Corpo Parede -
Saiba mais
334,7Km - Tunga: O Corpo em Obras -
Saiba mais
334,7Km - Histórias da Sexualidade -
Saiba mais
334,7Km - Acervo em Transformação - A volta dos radicais cavaletes de cristal de Lina Bo Bardi à exposição do acervo apresenta uma seleção de obras provenientes de diversas coleções do museu, abrangendo um arco temporal que vai do século 4 a.C. a 2008. Os cavaletes tiveram sua estreia na ab
Saiba mais