Carregando... aguarde
São Paulo terá em outubro fim de semana dedicado à literatura - Guia das Artes
São Paulo terá em outubro fim de semana dedicado à literatura
São Paulo terá em outubro fim de semana dedicado à literatura
Entre 4 e 6 de outubro, 11 pontos da capital paulista serão ocupados por mais de 150 atividades gratuitas, entre conversas com autores, oficinas, espetáculos de rua, duelo de cordel, sarau, teatro, dança e música, em um fim de semana dedicado ao livro e à
inserido em 2019-09-30 21:08:29
Conteúdo

Entre 4 e 6 de outubro, 11 pontos da capital paulista serão ocupados por mais de 150 atividades gratuitas, entre conversas com autores, oficinas, espetáculos de rua, duelo de cordel, sarau, teatro, dança e música, em um fim de semana dedicado ao livro e à leitura.

Pela primeira vez na cidade, será realizado o Festival Mário de Andrade – A Virada do Livro, organizado pela Secretaria Municipal de Cultura (SMC). A meta é ser um grande encontro inspirado na cultura do livro. Estarão reunidos autores, editores, leitores, bibliotecários, livreiros, coletivos e públicos de todas as idades e de todo o Brasil. 

O eixo central do evento será o Corredor do Livro, trajeto entre a Biblioteca Mário de Andrade e a Praça das Artes, passando pela Rua Coronel Xavier de Toledo e pelo Theatro Municipal, compreendendo um quilômetro e meio ao ar livre, com tendas que abrigarão as principais editoras, livrarias, bancas e coletivos do país.

O festival se espalhará ainda pelos centros culturais Tendal da Lapa e Cidade Tiradentes, Centro de Culturas Negras e Centro Cultural da Juventude.

Participam do trajeto editoras como Companhia das Letras, Record, Todavia, Planeta, Editora 34, Ubu, Zahar, Saraiva, Banca Tatuí, Malê, Libre, Editora da Unesp, Imprensa Oficial, Edições Sesc SP, Senac, Giostri, Leia Mulheres, Flima (Festa Literária Internacional da Mantiqueira), Quilombhoje, Poetas do Tietê, Coletivos Ponte Cultural, Nômade, Perifatividade e Fantasistas, Livraria do Comendador e Território Geek, entre outros.

A Virada do Livro terá ainda espaço para iniciativas editoriais voltadas para a diversidade LGBTQIA+, a questão racial e o feminismo.

 
 

O evento de abertura será no dia 4, às 19h, na Praça das Artes, com a apresentação do espetáculo Yebo, no estilo gumboot (dança de botas de borracha). Esse estilo foi criado pelos trabalhadores das minas de ouro e carvão da África do Sul, no século 19, e a coreografia aborda a exploração dos minérios e dos povos que os extraíram, além da espera das mulheres por seus maridos mineiros. 

Em seguida, o autor moçambicano Mia Couto participará de uma conversa com a jornalista, escritora e atriz Bianca Ramoneda, na qual serão abordadas questões como a relação do homem com seus pares e o planeta. O ator Silvio Restiffe lerá trechos da obra de Couto. 

No sábado (5), no Theatro Municipal, a atriz Fernanda Montenegro, indicada ao Oscar pelo filme Central do Brasil, lançará o seu livro de memórias “Prólogo, Ato, Epílogo” (06), relembrando sua trajetória em conversa com a jornalista Marta Góes, colaboradora do livro.

Na Praça das Artes, a neta de Nelson Mandela, Zamaswazi Dlamini-Mandela e Sam Venther, organizadora das cartas da prisão, encerrarão o festival no domingo (6) com um tributo a Mandela, ganhador do Nobel da Paz. A conversa será mediada pela historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz e o ator Felipe Soares fará leituras das cartas de Mandala.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, disse que esse tipo de política pública tem como foco a resolução de problemas da cidade. como o desemprego, porque muitas ações culturais são vistas como estratégicas na geração de emprego e renda na cidade de São Paulo, sendo esse um dos motivos que justificam o investimento.

“Quando falamos em ampliação da leitura, difusão dos livros, estamos falando da formação da consciência, da cultura crítica, do conhecimento do mundo e, portanto, da formação dos paulistanos. Fomentar o livro é fomentar uma sociedade mais crítica e mais consciente do seu papel”, afirmou . 

 
 

A programação completa pode ser vista no site da prefeitura .

 
Compartilhe
Comente
Últimos eventos
Qua
01/Jan
ESCULTURAS NO PARQUE DA LUZ- O Parque da Luz, também conhecido como Jardim da Luz, conta com área de aproximadamente 113 mil m² . Foi criado como horto botânico por uma Ordem Régia da Coroa Portuguesa em 19 de novembro de 1798 foi aberto ao público em 1825 como Jardim Botânico já no
Saiba mais
Qua
27/Jul
Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
Dom
31/Jul
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
Sáb
17/Ago
Exposição: Sotaques Paulistanos da Bauhaus por Leonardo Finotti - A MOSTRA DESENVOLVIDA PELO FOTÓGRAFO LEONARDO FINOTTI ESTIMULA NOVOS OLHARES AO VOCABULÁRIO FORMAL DA BAUHAUS E DESTACA A PRODUÇÃO DA ARQUITETURA BRASILEIRA
Saiba mais
Dom
18/Ago
Exposição Scorzelli Megabichos - Museu reúne instalações e obras inéditas de Marcos Scorzelli
Saiba mais
Seg
14/Out
MUSEU DA CHÁCARA DO CÉU APRESENTA EXPOSIÇÃO “MUNDO”, CRIADA ESPECIALMENTE PARA O PÚBLICO INFANTO-JUVENIL - Crianças passarão por uma passagem secreta e terão acesso pela primeira vez a objetos de viagem de Castro Maya.
Saiba mais
Sáb
26/Out
Mostra ‘Sob Ataque’ volta à revolução de 1924 para abordar as bombas reais e simbólicas que contam a história do bairro dos Campos Elíseos - Exposição, idealizada pelo Coletivo Garapa, abre-se ao público dia 26 de outubro e segue em cartaz até 15 de março na Casa da Imagem.
Saiba mais
Dom
27/Out
Ameríndios do Brasil – A Antropologia da Beleza - O universo dos povos indígenas do Xingu sob o olhar de Renato Soares, em exposição no Rio de Janeiro. Até 18 de fevereiro!
Saiba mais
Ter
19/Nov
EXPOSIÇÃO DE CILDO MEIRELES NO RIO É PRORROGADA ATÉ 29 DE FEVEREIRO - Mostra com obras de diversos períodos da carreira do artistacontinua em cartaz na galeria Mul.ti.plo.
Saiba mais
Dom
24/Nov
SURSUM CORDA - No dia 23 de novembro de 2019, a Capela do Morumbi, unidade vinculada ao Museu da Cidade de São Paulo e à Secretaria Municipal de Cultura, abre a instalação “Sursum corda”, de Carlos Eduardo Uchôa.
Saiba mais