Carregando... aguarde
"Memórias Concretas celebra movimentos" - Concretistas no Brasil e na América Latina- Guia das Artes
"Memórias Concretas celebra movimentos" - Concretistas no Brasil e na América Latina
"Memórias Concretas celebra movimentos" - Concretistas no Brasil e na América Latina
Artista radicada no Canadá abre seu estúdio para exposição virtual que poderá ser visitada por pessoas do mundo todo
inserido em 2021-06-08 17:49:32
Conteúdo

 

Toronto - A exposição virtual “Memórias Concretas - O que há de Moderno na Arte Contemporânea?”da artista visual brasileira Fabiana Salomão será lançada em 10 de junho de 2021, em Toronto, Canadá.

A artista (@fabianasalomao) aproveitou este período de reclusão para se aprofundar sobre o tema Modernismo (Concretismo) e a Arte Contemporânea. Neste ano de intensa produção, deu corpo a 30 obras que poderão ser visitadas de forma virtual e presencial.

A ideia foi aproveitar o momento atual e as novas tecnologias para expandir a visibilidade de sua produção. “A exposição virtual permite que pessoas de todos os cantos do mundo conheçam as obras”, afirma. “O público também terá oportunidade de trazer questões sobre o tema de forma mais interativa.”

Em seu amplo studio de 400 metros quadrados, as obras inéditas serão exibidas numa visão de 360 graus e em três dimensões. A exposição estará aberta a partir das 12h de 10 de junho no endereço eletrônico https://www.fabianasalomao.art. O agendamento prévio para visitas presenciais, realizadas entre 10 e 30 de junho, também poderá ser feito pelo site.

“Memórias Concretas” revela uma série de pinturas figurativas e abstratas, usando acrílico sobre tela, além de instalações geométricas tridimensionais em grande formato, estas em acrílico sobre madeira. O trabalho da artista, que tange a abstração geométrica com cortes e linhas, tem forte influência da Arte Concreta e do Neoconcretismo, (movimento genuinamente brasileiro) que ocorreram entre 1930 e 1980.

Com uma linguagem própria e singular, a artista cria novas formas, volumetrias e uma maneira de interagir com diferentes possibilidades arquitetônicas que dão ênfase na abstração geométrica.

“Trago na minha arte a consciência de que não somos hoje modernos, mas sim a reconfiguração do Moderno. Se, por um lado, o Modernismo foi uma sequência de rupturas, o Contemporâneo é conciliador e se apropria dos avanços e ideais do Moderno, para trazer novos desdobramentos e inovações na arte, na tecnologia ou no design”, afirma Salomão. “Somos a vanguarda que inova. Mas não aquela que rompe com seu passado, como fez o Modernismo”, diz a artista. “Minha produção é Contemporânea, pois adiciona um novo passo, outras experiências e diferentes tentativas.”

Suas peças geométricas em 3-D e volumetrias são exatamente isso: trazem a carga do Concretismo Moderno e Pós-Modernismo, numa nova produção, sem romper com o passado. É a Arte Contemporânea que agrega o novo.

A paixão pelo Modernismo e seu “eco” pelo mundo direcionou o interesse e produção de Fabiana Salomão por mais de uma década no Brasil. Traçando um caminho nada tradicional no mundo das artes, criou e costurou sua história na contramão do que é habitual. Artista que ilustrou mais de 100 obras literárias, publicou livros de sua autoria, hoje aos 45 anos, com maturidade artística e pessoal, expande sua produção com vigor no Canadá.

“Memórias Concretas é o resultado de um desejo contínuo da minha pulsão de criar, é uma busca incessante de crescimento e por novos desafios”, diz Salomão.

O que há de Moderno na Arte Contemporânea?

“Memórias Concretas” se propõe ainda a questionar ambiguidades conceituais sobre a Arte Moderna e a Contemporânea. Utilizando uma linha do tempo da História da Arte a partir do olhar europeu, norte-americano e da América Latina, a artista abre a discussão sobre o que há de Moderno na Arte Contemporânea. A linha do tempo, presente na exposição, situa os movimentos concretos e sua importância na Historia da Arte.

“Minha preocupação é trazer luz a este movimento que, de certa forma, prepara o terreno e segue influenciando de forma intensa a produção Contemporânea”, afirma.

Para ela, o Modernismo é algo fascinante. “No campo das artes, significa uma grande ruptura com os meios tradicionais da época. O Modernismo rompeu de forma brilhante com um tradicionalismo estrutural”, explica. “Já o Contemporâneo carrega todo o contexto da arte, o movimento arquitetônico, design e moda, mas sem adotar uma linha única que rompe com o passado.”

Reflexiva e com profundidade, Fabiana Salomão considera que o conceito do Moderno é hoje usado de forma generalista. “Mas qual a influência, de fato, do movimento Moderno na Arte Contemporâneo?”, questiona.

Resgate da arte brasileira Contemporânea

Distante do Brasil e da América Latina, Fabiana Salomão percebe com maior clareza suas raízes e a relevância e a riqueza da produção artística brasileira no período entre 1930 e 1980, época em que a arte no Brasil passou por uma explosão de criatividade.

“Percebo que a História da Arte não deu a devida importância ao Concretismo e ao Neoconcretismo na América Latina, dando mais atenção à cena norte-americana e deixando a história de países como Brasil, Venezuela e Cuba, por exemplo, em desmerecimento”, afirma.

De forma virtual e de qualquer fuso horário, “Memórias Concretas” tenta preencher um pouco essa lacuna e celebra o espaço da Arte Moderna brasileira em linha direta com o que há de mais significativo na Contemporaneidade.

 

Sobre a artista

A artista visual brasileira Fabiana Salomão tem significativa produção no campo das artes e da literatura. Atuando por mais de duas décadas, seu trabalho transita entre edição de livros, impressão, designe e arquitetura. Nos últimos dez anos, voltou sua produção para artes visuais, dando ênfase em fotografia, pintura e instalações. Estudou Artes Plástica, Letras e Teologia.

Serviço

Exposição “Memórias Concretas – O que há de Moderno na Arte Contemporânea?”
Quando: abertura em 10 de junho às 12:00 (Toronto)
Onde: 468 Queen Street East, Toronto
Horário: Online 24 horas e das 10 am as 5 pm para visitação no estúdio da artista em Toronto
Link: https://www.fabianasalomao.art
Agendamento para visitas presenciais: a partir de 10 de junho no website

Fotos
Compartilhe
Comente
Últimos eventos
Sáb
05/Jun
"DIVERSO" - COLETIVA 5 ANOS da CASA J GALERIA DE ARTE -
Saiba mais
Sáb
05/Jun
"DIVERSO" - COLETIVA 5 ANOS da CASA J GALERIA DE ARTE -
Saiba mais
Qua
27/Jul
Bruno Almeida Maia , em entrevista para o GuiaDasArtes - Bruno Almeida Maia , ministrante do curso Constelações Visionárias , a relação entre moda , arte e filosofia nos concedeu a ótima entrevista que se segue :
Saiba mais
Dom
31/Jul
Circuito de arte contemporânea do museu do açude ganha obras permanentes- CIRCUITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO MUSEU DO AÇUDE GANHA OBRAS PERMANENTES DE WALTERCIO CALDAS, ANGELO VENOSA E JOSÉ RESENDE
Saiba mais
Qui
22/Abr
O REAL RESISTE -
Saiba mais
Qua
05/Mai
'ARTE CONTEMPORANEA FEMININA' -
Saiba mais
Sáb
29/Mai
Mostra sobre 'Arte Italiana na Pandemia' será inaugurada em 29/5 - Exposição inédita será realizada na MAC USP até 22 de agosto
Saiba mais
Ter
01/Jun
"Arte Contemporanea Feminina" -
Saiba mais
Sáb
05/Jun
Exposição-
Saiba mais