Carregando... aguarde
Antonio Henrique Abreu Amaral - Guia das Artes
Antonio Henrique Abreu Amaral
Informações
Nome:
Antonio Henrique Abreu Amaral
Nasceu:
São Paulo, São Paulo, Brasil (24/08/1935)
Faleceu:
São Paulo, São Paulo, Brasil (24/04/2015)
Biografia

Inicia sua formação artística na Escola do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp), com Roberto Sambonet (1924-1995), em 1952. Em 1956, estuda gravura com Lívio Abramo (1903-1992) no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP). Em 1958, viaja para a Argentina e o Chile, onde realiza exposições e entra em contato com Pablo Neruda (1904-1973). Viaja para os Estados Unidos em 1959, estudando gravura no Pratt Graphics Center, em Nova York. Voltando ao Brasil em 1960, trabalha como assistente na Galeria Bonino, no Rio de Janeiro, e conhece Ivan Serpa (1923-1973), Candido Portinari (1903-1962), Antonio Bandeira (1922-1967), Djanira (1914-1979) e Oswaldo Goeldi (1895-1961). Paralelamente à carreira artística, atua como redator publicitário. No início da carreira realiza desenhos e gravuras que se aproximam do surrealismo. A partir da metade da década de 1960, sua produção passa a incorporar a temática social, elementos da gravura popular e da cultura de massa, aproximando-se também da arte pop. Em 1967, lança o álbum de xilogravuras coloridas O Meu e o Seu, com apresentação e texto de Ferreira Gullar (1930) e capa deRuben Martins (1929-1968), em que apresenta uma crítica ao autoritarismo vigente no país. Passa a dedicar-se predominantemente à pintura. Recebe em 1971 o prêmio viagem ao exterior do Salão de Arte Moderna do Rio de Janeiro e viaja para Nova York. Retorna ao Brasil em 1981.

Cronologia

Realizou diversas mostras individuais, como as que se seguem: 1958 – Museu de Arte Moderna, São Paulo, SP; Instituto de Arte Moderna do Chile, Santiago do Chile; Universidade de Concepción, Chile. 1959 – Pan American Union, Washington D.C., EUA. 1960 – Galeria Antigonovo, São Paulo, SP; Petite Galerie, Rio de Janeiro, RJ. 1963 – Galeria Saber Vivir, Buenos Aires, Argentina; Galeria Mobilinea, São Paulo, SP. 1967 – Galeria Astréia, São Paulo, SP (primeira exposição de pintura). 1972 – Galerie du Theatre, Genebra, Suíça; Galeria Oscar Seraphico, Brasília, DF; Galeria Bonfiglioli, São Paulo, SP; Galeria Merkup, Cidade do México, México. 1978 – Lee Ault & Co., Nova York, EUA; Bienal de Arte Latino-Americana,. São Paulo, SP. 1983 – Galeria Tina Presser, Porto Alegre, RS; Galeria da Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, RS; Galeria Bonfiglioli, São Paulo, SP. 1986 – Museu de Arte Contemporânea José Pancetti, Campinas, SP; Museu de Arte Moderna, São Paulo, SP; Galeria Montesanti, São Paulo, SP. 1993 – Museu de Arte Moderna, São Paulo, SP; Andy Jilien Galeria, Zurique, Suíça. 1994 – Centro Cultural Mousonturm, Frankfurt, Alemanha; Haus der Kulturen der Welt, Berlim, Alemanha. 2001 – Márcia Barroso do Amaral Galeria de Arte, Rio de Janeiro, RJ. 2002 – Galeria Nara Roesler, São Paulo, SP. 2004 – Museu de Arte Moderna, São Paulo, SP. Entre as exposições coletivas de que participou, encontram-se as seguintes: 1959-67 – Bienal de São Paulo, SP. 1971 – Salão do Outono, Paris, França. 1977 – Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro, RJ. 1982 – III Salão de Arte Brasileira, Fundação Mokiti Okada, São Paulo, SP, Rio de Janeiro, RJ; Tóquio, Atami e Kioto, Japão. 1984 – Ottawa, Canadá; Tradição e Ruptura, São Paulo, SP. 1992 – Brasilien, Entdeckung und Selbstendeckung, Kunsthaus, Zurique, Suiça; 1997 – Itaú Cultural, São Paulo, SP; I Bienal de Artes Visuais do Mercosul, Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul, Porto Alegre, RS. 2000 – Mostra do Redescobrimento - Brasil 500 Anos. Pavilhão da Bienal do Parque do Ibirapuera, Fundação Brasil 500 Anos, São Paulo, SP; e Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal. 2004 – Natureza Morta - Still Life, Sesi, Museu de Arte Contemporânea da USP, SP; e British Council, São Paulo, SP.

Compre agora
iArremate leilões
27 de Setembro às 21:00

ANTÔNIO HENRIQUE AMARAL - 74 X 105 CM. T.M. 1983. ST. A.C.I.D.
iArremate leilões
02 de Outubro às 20:00

Antonio Henrique Amaral - Litogravura - CID - 15/30 - 43 x 56 cm. Consta catalogada no livro Obra Grafica do artista.
iArremate leilões
27 de Setembro às 21:00

ANTÔNIO HENRIQUE AMARAL - 74 X 104 CM. T.M. SD. ST. A.C.I.D.
iArremate leilões
02 de Outubro às 20:00

Antonio Henrique Amaral - Madona, do álbum O Meu e o Seu - Xilogravura / CID - Assinada e datada 1967 - 205 / 300 - 42,9 x 30,5 cm - Reproduzida no livro: Antonio Henrique Amaral: Obra gráfica - 1957-2003, p. 148 - Sem moldura.
iArremate leilões
27 de Setembro às 21:00

ANTÔNIO HENRIQUE AMARAL - 74 X 105 CM. T.M. 1983. ST. A.C.I.D.
Colabore conosco
Você tem informações sobre este artista ou acredita que algum dos tópicos do conteúdo está errado?
clique aqui e colabore conosco enviando sua sugestão, correção ou comentários.
Nome
Email
Mensagem
Enviar
Obras deste artista